Sites Grátis no Comunidades.net
Início

     

COMPRE AQUI

 

LOJA DE FILMES

 

 RARIDADES

COMPLETE SUA COLEÇÃO 

 R$3,00 cada DVD-R

 somente e-mail

 

DOSSIÊ JANGO (2013)

Capa - Dossiê Jango

SINOPSE:

João Goulart havia sido eleito democraticamente presidente do Brasil, mas foi expulso do cargo após o golpe de Estado de 1 de abril de 1964. Depois disso, Jango viveu exilado na Argentina, onde morreu em 1976. As circunstâncias de sua morte no país vizinho não foram bem explicadas até hoje. Seu corpo foi enterrado imediatamente após a sua morte, aumentando as suspeitas de assassinato premeditado. Este documentário traz o assunto de volta à tona e tenta esclarecer publicamente alguns fatos obscuros da história do Brasil.

DOWNLOAD: DEPOSITFILES / BITSHARE / UPLOADED

 

 

ONDE ESTÁ A FELICIDADE? (2011)

SINOPSE:

Até onde você iria para ser feliz? Nessa deliciosa comédia, a chef de cozinha Teodora embarca em uma jornada de descobertas que farão dela uma nova mulher. Crises no amor e na vida profissional a levarão - junto com o amigo Zeca e a espanhola Milena - à percorrer o Caminho de Santiago de Compostela, cenário ideal para encontros, reencontros e aventuras.

Direção:  Carlos Alberto Riccelli 

ELENCO:

Bruna Lombardi ... Teodora
Bruno Garcia ... Nando
Marcello Airoldi ... Zeca
Marta Larralde ... Milena
María Pujalte ... Aura
Wandy Doratiotto ... Arnon
Sérgio Guizé ... Juninho
Paulo Federal ... Manjuba
Luis Zahera ... Anxo
Pedro Alonso ... Ramon
Berta Ojea ... Secretária dos Peregrinos
Marcelo Adnet ... Nestor
Dani Calabresa ... Garota da TV
Kotoe Karasawa ... Kazuko / Katsumi
Hanna Rosenbaum ... Clarinha
Susana Ribeiro ... Garota da Internet
Paula Pretta ... Mãe das Cantoras
Olivia Araújo ... Vanesse
Fina Calleja ... Senhora do Cachorro
Adrían Ríos ... Camareiro do Hotel
Monti Castiñeiras ... Ator do Teatro
Dan Stulbach ... Amigo no Jantar
Sandra Corveloni ... Amiga no Jantar
Luis Miranda ... Amigo no Jantar
Fernando Alves Pinto ... Amigo no Jantar
Ciça Meirelles ... Amiga no Jantar
Kim Riccelli ... Peregrino Brasileiro
Rogério Márcico ... Seu Cezar
Cecília Homem de Mello ... Dona Cecília
Piti Sanz ... Músico da Estação de Trem
Isabel Risco ... Secretária de Roncesvalles
Antela Cid ... Peregrina Espanhola
Paula Cohen ... Garota da Festa
Leilah Moreno ... Garota da Festa
Ed Moraes ... Fã do Zeca
Luciana Paes ... Atendente da K.Air
Yunes Chami ... Árabe do Avião
Marc Riachi ... Árabe do Avião
Maurício Meirelles ... Giovanni
João Claudio Moreno ... Padre

DOWNLOAD:

CLICK AQUI

 


 

A MARQUESA DE SADE (2001)

A Marquesa de Sade

ELENCO:

ARETUZA LEMOS, ELISA SANCHES, DANNY PADILHA, MAYARA RODRIGUES, LARISSA DY MÔNACO, TONY TIGRÃO, KID JAMAICA

DIREÇÃO: ROGER LEMOS

 SINOPSE:

Forças ocultas, que me ouvem nesta primeira noite em que a lua cheia vem brilhar... Com o líquido da vida, tomando conta do meu íntimo, me façam, eternamente, jovem e bela ficar...
Com a ajuda de seu fiel feiticeiro, a poderosa Marquesa de Sade desenvolve uma poção mágica capaz de eternizar sua juventude e beleza. Toda a corte, sob este feitiço, torna-se um verdadeiro puteiro, onde lindas e deliciosas donzelas se entregam aos viris cavalheiros, dispostos a ofertar todo o esperma dessa suruba à poção da Marquesa.
Cenários belíssimos, figurinos fantásticos e as mais gostosas atrizes nacionais na mais cara produção pornô já realizada no Brasil. Imperdível!!!

DOWNLOAD:

  


  

Anal Forte com Princyany e Suas Amigas

Elenco: Princyany, Milly, Brenda, Daniela Matarazzo.

DOWNLOAD: UPLOADING

PARTE 1 / PARTE 2

 

 

 

 COMPRE AQUI

LOJA DE FILMES

 RARIDADES

 DVD-R / AVI


 

 

 

 

DIÁRIO PROIBIDO (Diary of a Nymphomaniac, 2008)

Valére (Belén Fabra) é uma jovem empresária de sucesso, que tem uma intensa vida sexual. Ela possui um diário, onde costuma escrever suas confissões mais íntimas. Decidida a não seguir qualquer convenção moral, ela passa a trabalhar como prostituta de luxo por mera curiosidade. Desta forma ela conhece um universo oculto, tendo acesso ao lado obscuro do sexo e das relações íntimas.

Download DepositFiles
Download BitShare 


 

O PODEROSO CHEFÃO III (THE GODFATHER PART III, 1990) DUBLADO

Nova York, 1979. A Ordem de San Sebastian, um dos maiores títulos dados pela Igreja, é dada para Michael Corleone (Al Pacino), após fazer uma doação à Igreja de US$ 100 milhões, em nome da fundação Vito Corleone, da qual Mary (Sophia Coppola), sua filha, é presidenta honorária. Michael está velho, doente e divorciado, mas faz atos de redenção para tornar aceitável o nome da família Corleone. Na comemoração pelo título recebido, após 8 anos de afastamento, Michael recebe "Vinnie" Mancini (Andy Garcia), seu sobrinho, que a pedido de Connie (Talia Shire) é apresentado a Michael manifestando vontade de trabalhar com o tio. Nesta tentativa de diálogo a conversa toma um rumo hostil, pois participava também da reunião Joey Zasa (Joe Mantegna), que agora mantém o domínio de uma área outrora mantida por Don Vito Corleone, o pai de Michael. Vinnie é chefiado por Zasa, mas fala que não quer continuar, principalmente pela traição de Zasa de não reconhecer o poder de Michael. Vinnie é quase morto pelos capangas de Zasa e uma guerra pelo poder tem início. Um arcebispo da Igreja solicita a Michael US$ 600 milhões, pois resolveria o déficit da Igreja, oferecendo em troca que Michael ganhe o controle majoritário da Immobiliare, antiga e respeitável empresa européia de propriedade da Igreja. Michael concorda, mas isto deixa vários membros do clero contrariados, que não o aceitam por sua vida duvidosa.

DOWNLOAD

 


 

O PODEROSO CHEFÃO II (The Godfather Part II, 1974) DUBLADO

A continuação da saga da família Corleone, voltando no tempo até a chegada de Vito Corleone (Robert De Niro) na América do Norte, fugindo da Sicília. Vito consegue se estabelecer com os seus negócios e o respeito que as pessoas têm por ele crescem, porém, é sempre a família que tem mais importância em sua vida. Na década de 50, seu filho Michael (Al Pacino) assume e expande o império da família. Vencedor de sete Oscars, incluindo Melhor Filme e Diretor.

DOWNLOAD 


 

O PODEROSO CHEFÃO (The Godfather, 1972) DUBLADO

Apesar da violência, O Poderoso Chefão é primeiramente um filme sobre o poder da lealdade e do amor na família Corleone e na comunidade em que eles vivem. A história se inicia com o casamento de Connie (Talia Share), a filha de Don Corleone (Marlon Brando). Como um senhor feudal, ele recebe os cumprimentos e promessas de lealdade da família e de clientes. Os outros filhos de Corleone estão presentes: o sangue-quente Sony (James Caan), o mais velho que irá substitui-lo, e Fredo (John Cazale), que não se adequa aos negócios da família. O preferido de Corleone é o filho mais novo, Michael (Al Pacino), que voltou como herói da II Guerra Mundial e não tem nenhum envolvimento com a máfia. Porém, devido à incapacidade do pai, se vê forçado a assumir a liderança da família, contrariando o que Corleone queria para seu futuro.

DOWNLOAD


 

Crônicas sexuais de uma família francesa

"Chroniques sexuelles d'une famille d'aujourd'hui", de Pascal Arnold e Jean-Marc Baar (2012)
Comédia dramática sobre um adolescente pêgo em sala de aula se masturbando. A partir desse fato, o filme destrincha a vida sexual de todos os integrantes da família do rapaz. Jean Marc Baar é mais conhecido como ator dos filmes "Europa", de Lars Von Trier e "Imensidão azul", de Luc Besson. Aqui, ele resolve co-dirigir esse filme de forte contexto sexual, recheado de cenas de sexo explícito envolvendo atores de várias faixas etáreas. Cenas de masturbaçao, penetração, sexo oral, tudo o que tem direito, e sem pudores. Me surpreendi que todos os atores tenham se sujeitado a fazer cenas de sexo reais. Talvez Jean Marc Baar, por já ter trabalhado com Lars Von Triers e sabendo do projeto dele "Nynphomaniac", tenha dirigido esse filme para poder provocar o cineasta dinamarquês e dizer: "Eu fiz filme com sexo real, você usou dublês para os atores!". Uma pena, no entanto, que o roteiro desse filme seja muito fraco. As ligações entre as várias histórias é ruim, parecendo que o filme se divide em vários sketches isolados. As cenas de sexo foram inseridas pelo visto, apenas com o intuito de chocar, porque não provoca nenhum tipo de excitação. Faltou erotismo, sensualidade. está tudo muito cru e automatizado. Uma pena, era um filme que prometia.

DOWNLOAD / LEGENDA


 

PARAÍSO: ESPERANÇA

"Paradies: Hoffnung", de Ulrich Seidl (2013)

 

Último filme da trilogia elaborada pelo cineasta austríaco Ulrich Seidl, que começou com "Paraíso: Amor", e se seguiu com "Paraíso: Fé". "Esperança" foi exibido no Festival de Berlin em 2013, e é o menos corrosivo dos 3 filmes. Talvez por ter menores no elenco, Ulrich segurou o freio nas cenas de sexo explícito e violência. Aqui, acompanhamos a história da menina de 13 anos Melannie, que é levada pela tia (a personagem cristã de "Paraiso: Fé") para um acampamento de férias destinado a menores obesos. Melannie vai passar um tempo no lugar, enquanto sua mãe tira férias no Kenya (A personagem de "Paraíso: Amor"). Nesse acampamento, os jovens obesos sofrem constrangimento e tortura psicológica, sendo privados da liberdade, uma espécie de metáfora de um Campo de concentração. Os professores são carrascos, inclusive um deles parece querer usar métodos de Fátima Toledo para poder doutrinar os jovens. Melannie acaba se apaixonando pelo médico do local, um cinquentão que fica dando corda para ela, mas quem, pelo código de ética, é proibido de se envolver com menores/pacientes. Mesmo tentando evitar de usar menores em cenas de sexo, Ulrich procura instigar a sexualidade da personagem, em cenas de tensão sexual (como a bizarra cena do médico lambendo a menina num matagal, ela bêbada), ou na cena da brincadeira "Verdade ou consequência". O que eu mais gostava nos 2 primeiros filmes da trilogia era a sensação de fim de mundo, de pessoas sanguessugas que dizimavam qualquer possibilidade da protagonista poder se levantar e seguir seu rumo com dignidade. Ou seja, muita depressão na tela. Aqui, fica-se um eterno estado de humor negro, aliado a diálogos ingênuos sobre sexualidade e anarquia. Mas vale pelo talento das jovens atrizes, despojadas e espontâneas nas cenas. A fotografia estonteante continua a cargo de uma dupla americana e alemã. Adoro a narrativa de Ulrich, que se utiliza de planos longos e estáticos, contemplativos, para contar sua história.

DOWNLOAD

Paradise: Hope film still


 

PARAÍSO: AMOR

"Paradies Liebe", de Ulrich Seidl (2012)

Filme austríaco que concorreu em Cannes 2012. O Diretor já havia realizado antes o excelente "Import Export". Aqui, o diretor explora o turismo sexual, como já havia feito em seu outro filme. Teresa, uma divorciada de meia idade, resolve tirar férias e seguir com 3 amigas igualmente de baixa auto-estima para o Quenia. Lá, elas se entregam aos prazeres do turismo sexual. Teresa, no entanto, tenta ensinar ao seu jovem nativo a diferença entre sexo e amor. O que ela deseja é ser amada. Mas o que encontra, é somente decepção. Um filme ousado, um soco no estômago. Muito da força do filme se encontra na performance extraordinária da atriz Margarethe Thisel, que se desfaz de qualquer vaidade e ego. Ela se deixa ficar nua, tocada, abusada sexualmente o seu corpo disforme, obeso, que ela mesmo diz, ninguém quer, por conta dos peitos caídos e gordura sobressalente. Várias cenas fortes, que chegam no limite da humilhação e degradação humana. Pasolini teria aplaudido o filme. Muitos momentos antológicos, de extrema beleza plástica. A fotografia faz sobressair a luz natural do local. Cores fortes e vibrantes, que parecem cartões postais, contrastando com a pobreza das favelas e do povo. Muitas feridas sociológicas abertas, num filme que incomoda, faz pensar e que nos deixa totalmente devastados pela sensação de que existe muita gente sem vida e sem amor no mundo.

DOWNLOAD


 

PARAÍSO: FÉ

"Paradies: Glaube", de Ulrich Seidl (2012)

 

Fatima Toledo pelo visto andou praticando seu método de direção de atores na Austria. A atriz Maria Hofstätter apanha o filme quase que todo, se pune, se chicoteia, se arrasta pelo chão, num processo de atuação que me deixou muito chocado. Sou muito fã dos filmes extremamente crus e hiper-realistas de Ulrich Seidl. Desde o seu 1º filme, "Dog days", passando por "Import Export", "Paraiso: Amor", Ulrich tem incomodado platéias e críticos com suas cenas de extrema violência física e psicológica, sexo explícito, em tramas que geralmente abordam o universo feminino, de mulheres maduras que sofrem de depressão e que desejam desesperadamente tentar fugir da rotina exasperante. "Paraíso:fé", é o terceiro de uma trilogia, que começou com "Amor", e prosseguirá com "Esperança". O filme narra a história de Anna, uma enfermeira católica que faz parte de um grupo de religiosos fervorosos que pregam a palavra de Deus, e cuja intenção é trazer a religião de volta na vida das pessoas. Quando ela tira férias do trabalho, ela resolve visitar os vizinhos e fazer com que eles se convertam ao catolicismo. Assustada com a falta de fé das pessoas, Anna se pune, como forma de se sacrificar pelos pecados dos homens. Um dia, porém, seu marido muçulmano e aleijado retorna para casa, e tenta Anna a voltar aos tempos de esposa que divide os prazeres da carne. Não é um filme fácil de ser visto: é lento, quase muito pouca coisa acontece em cena, e o que se vê são várias cenas onde a personagem apanha o tempo todo. A fotografia, a cargo do americano Edward Lachman ("As virgens suicidas", "Eu não estou aqui") e Wolfgang Thaler é estonteante. Existe uma cena de tempestade cuja cor é algo indescritível de tão bela. Ulrich sempre expõe o sexo de forma crua, feia, suja, sem tesão. Aqui, temos uma cena de orgia num parque, onde Anna irá flagrá-los em pleno ato. É uma cena repugnante, onde os atores praticam sexo real, explícito. Um filme pouco recomendável para pessoas sensíveis, principalmente os religiosos.

DOWNLOAD

 



 

"Passion", de Brian de Palma (2012)

 

Brian de Palma encontrou em "Crime de amor", filme francês de Alain Corneau, sua matéria-prima para poder retornar ao que ele mais gosta: filmes com inspiração Hitchcockiana. Desde "Femme fatale" que de Palma não usa o Mestre do suspense como referência. O mais curioso é que "Crime de amor" foi realizado em 2010, ou seja, apenas 2 anos antes dessa refilmagem. No original francês, temos as divas Kristin Scott Thomas e Ludivine Saignier como as ambiciosas publicitárias e uma agência de publicidade. Aqui, elas são substituídas por Rachel MacAdams (Christine) e Noomi Rapace (Isabelle). Isabelle trabalha para Christine, e cria uma campanha que faz o maior sucesso. Christine assume a autoria da campanha para si, e entre elas, surge um embate literalmente de vida e morte. A trama é diabólica, apesar de extremamente rocambolesca. O desfecho é uma loucura, daquelas de fazer os cinéfilos ficarem horas em um bar discutindo as possibilidades. O que será que aconteceu mesmo??? Com tantas pontas soltas, o filme reserva uma cena antológica, digna de seus melhores filmes: "Carrie", "Vestida para matar" e "Irmãs diabólicas": é a famosa técnica de De Palma dividir a tela em duas, criando um alto suspense orquestrado por ótima direção. Claro, tinha que ter o chuveiro de Hitchcock envolvido. Foi escolhido como filme de encerramento do Festival de Veneza de 2013, mas recebeu críticas que dividiram opiniões. A trilha sonora, a cargo de Pino Donaggio, seu fiel colaborador, é excessiva, mas lembra vários trechos de trilhas de seus filmes antigos. A fotografia fica a cargo de Jose Luis Alcaine. Além de Hitch, De Palma se referenciou, no caso, usou a narrativa do filme "Redacted" e se apropria de várias câmeras para narrar "Passion": webcam, câmeras de celulares, câmeras de segurança, monitores de datashow, etc. Um filme que não dá para ficar indiferente. Anunciado como trhiller erótico, o filme promete sensualidade, mas mostra muito pouco de tesão. Melhor prestar atenção na atuação das atrizes.

DOWNLOAD / LEGENDA


 

CLIP

"Klip", de Maja Milos (2012)

Retrato cruel da juventude Sérvia, dirigido pela atriz Maja Milos. Jasna (Isidora Simijonovic) é uma adolescente de 16 anos que mora com seu pai em estado terminal, sua mãe que vive cobrando atitude por parte dela, e com sua irmã caçula. Nesse ambiente de pouco amor, ela encontra refúgio com as amigas, fora de casa. Jasna perambula por festas, baladas, regadas a muito sexo, drogas e diversão inconsequente. Até que ela conhece Djole, por quem se apaixona, e que faz dela um mero objeto sexual. Devastadora visão da juventude pós-guerra da Sérvia, mostrando a cidade destruída não somente em termos materiais, mas também psicológicos. Os personagens são todos fora de rumo, desesperados, fugindo de sua realidade da forma que podem. A coragem da atriz Isidora Simijonovic em se expôr por completo, participando de cenas de sexo explícito (em sua maioria, conforme os créditos, usando dublê), vomitando, cheirando, enlouquecendo, dá ao filme uma dinâmica muito poderosa dessa personagem. Não é a toa que ela ganhou vários prêmios de interpretação. A juventude retratada não quer estudar, não quer trabalhar, se droga, bebe o dia todo, usam celulares para gravarem vídeos (inclusive, o celular é usado como narrativa no filme). O ritmo é lento, o filme é longo, a frieza da narrativa pode incomodar muita gente. Mas é um retrato poderoso de uma geração, assim como foi "Cristiane F" nos anos 80.

DOWNLOAD / LEGENDA


 

"Sharknado", de Anthony C. Ferrante (2013)

 

Quando eu li a matéria no jornal O GLOBO, sobre um filme que havia virado hit na Internet, não tive dúvidas: fui correndo assistir. "Sharknado"é um dos filmes mais divertidos e hilários que vi recentemente. Daqueles de dar gargalhadas gostosas. Queria entender de verdade, o que se passou na cabeça do produtor desse filme, de bancar 1 milhão de dólares em um filme que mistura "Twister", "Tubarão" e "Massacre da serra elétrica". E ainda fazer com muito humor, mais divertido do que muita comédia metida a besta que anda por aí. É o tipo de filme para juntar seus amigos e se esborrachar de rir em cenas inacreditáveis. A criatividade do produtor, do roteirista e do diretor não encontram limites aqui. Tudo é muito non-sense, surreal, estapafúrdio, com vários erros de continuidade, aquelas famosas cenas de personagem morrendo e ninguém dando a minima (logo no início, várias pessoas morrem num ataque de tubarões na praia, na cena seguinte, no mesmo dia, na mesma praia, ta todo mundo bebendo, rindo, falando merda no bar da praia). A história não podia ser mais tosca: por conta do aquecimento global, um tornado gigante varre o mar da Costa do México e traz consigo todos os tubarões existentes. Esse tornado se encaminha para Los Angeles e sai dizimando as pessoas, com seus vorazes tubarões matando geral. Claro, no filme os bichanos sobrevivem fora da água. A produtora do filme, The Asylum, é especialista nessas produções que mesclam filmes e gêneros. Ela tem todo um fã clube que devora seus filmes. O que menos se quer é gente pensando. É somente entretenimento sem compromissos. Para se ter uma idéia, a arma de um dos sobreviventes para lutar com o tubarão é uma cadeira!!!! E ele a leva consigo! O carro onde os personagens transitam pelas ruas, durante a tempestada, nota-se claramente que não sai do lugar. Deve ter algum contra-regra sacudindo o carro, e mangueiras de água jorrando chuva por sobre o veículo. É muito tosco!!! A cena final é antológica, com direito a serra elétrica saindo de dentro de um tubarão!!! Clássico B!! 

DOWNLOAD


 

 SÓ DEUS PERDOA

"Only God forgives", de Nicolas Winding Refn (2013)

 

A dobradinha do cineasta Dinamarquês e do ator Ryan Gosling, que foi extremamente bem-sucedida em 'Drive", se repete agora nesse super-mega-ultra-violento filme. Trocando Los Angeles noturna por uma Bangkok noturna, mas igualmente repleta de neons vermelhos e azuis, Refn recria um mundo de misticismo e horror que provoca arrepios e náuseas no espectador. É um filme sádico, cruel, perverso. Não há espaço para amor e humanidade. Apenas ódio e desejo de matar. O visual do filme é extremamente estilizado: as pessoas andam lentamente, quase não falam, tudo é muito colorido, a direção de arte bomba! Não parece um mundo real: e essa afirmação é mais clara quando descobrimos que as influências do cinema de Nicolas Winding Refn viera dos filmes de terror dos anos 80 e dos filmes do cult Alejandro Jodorowsky. Para quem não entende ou sabe dessa referência, vários momentos do filme vão parecer muito bizarros ou mesmo vistos como pontas soltas. O filme narra a história de Julian e Billy, dois irmãos americanos que moram em Bangkok e comandam um ringue de boxe tailandês, além de tráfico de drogas. Billy mata uma jovem prostituta e acaba sendo assassinado. A mãe deles, Crystal (Kristin Scott Thomas, absolutamente sensacional, fazendo um papel difícil e sem carisma) chega em Bangkok disposta a vingar a morte do filho predileto. Um policial corrupto (Vithaya Pansringarm, ator mega-famoso da Tailândia, e que apareceu em "Se beber não case 3"), resolve fazer justiça com as próprias mãos, aliás com sua espada afiadíssima, para manter a ordem em Bangkok. A cena da tortura de um dos capangas de Crystal em um bordel, deve provocar a mesma revoada de espectadores do cinema, quando "Irreversível"; foi exibido e metade da sala saiu na cena do extintor de incêndios. Não é filme para qualquer espectador. Em Cannes, ele competiu e foi execrado, considerado um dos piores do evento. É difícil indicá-lo para alguém, eu mesmo ficaria de pé atrás, por conta da violência e do artificialismo do filme. Porém, da minha parte, eu gostei bastante. Mas eu adoro esses filmes-experimentos, onde a diversão e busca de novas linguagens não são levadas muito a sério. Ah sim, Ryan Gosling não é o protagonista, ele fala umas 3 frases no filme e sim, ele faz aquela mesma cara de 'Drive". Mas gosto assim mesmo. Gosling calado atua melhor que muita gente.

DOWNLOAD / LEGENDA

 


 

EM TRANSE

"Trance", de Danny Boyle (2013).

 

Caraca, que roteiro!!! A medida que o filme vai avançando, minha cabeça ia pirando! É daqueles filmes que a gente precisa ficar atento a cada detalhe, a cada olhar do personagem. Tudo será apresentado depois, sem exceções. Talvez o fato do filme ser bem complexo seja o motivo do filme não ter feito muito sucesso de bilheteria. Mas sério, a reviravolta final lembra um pouco "O sexto sentido", no sentido de deixar o espectador de queixo caído. O filme narra a história de um funcionário de uma casa de leilão, que rouba um quadro famoso e que sofre um acidente, o que o faz esquecer aonde ele o escondeu. Seus comparsas o levam até uma terapeuta que usa a hipnose para fazer ele regredir no tempo para se lembrar. James Macvoy e Vincent Cassel estão ótimos (Cassel será um eterno vilão, não tem jeito. Quem manda ter aquela cara?). A direçào e a atmosfera do filme lembram bastante os primeiros filmes de Danny Boyle, principalmente "Cova rasa" e "Transpotting". É um filme ousado em sua narrativa, mas que exige muita atenção. Não dá pra ficar de papo, se não você se perde mesmo. No início o filme demora um pouco a engrenar, mas depois fica bem tenso.

DOWNLOAD


 

TERAPIA DE RISCO

"Side effects", de Steven Soderbergh (2012)

 

Alternando filmes artísticos e comerciais, bons e ruins, ele voltou à boa forma com esse instigante "Terapia de risco". Aparentemente um drama, o filme vai se desenvolvendo durante sua trama em um filme de suspense, no melhor estilo Hitchcock de ser. A trama, por assim dizer, diabólica, é revelado lá pelo terço final, e uma vez estando o espectador a par da trama real, fica a pergunta: como a personagem sairá dessa? Com um time de ótimos atores, (Jude Law, Catherine Zetha Jones, Rooney Mara - revelada em "O homem que não amava as mulheres"), o filme narra a história de uma mulher depressiva que durante um tratamento com um psiquiatra, toma remédios anti-depressivos que alteram o seu humor. Um dia, ela mata o marido, e a partir daí, fica o embate entre indústria farmacêutica, psiquiatras e pacientes. Mas como já dizia Hitchcock, "Nada é o que parece ser". O filme tem uma frase ótima: "A depressao é a inabilidade de construir o futuro". A trilha sonora de Thomas Newman é elegante e cria um clima de suspense interessante. O desfecho pode ser meio qualquer nota, mas mesmo assim, revelador e surpreendente. Goste-se ou não do filme, é um ótimo pipocão com cérebro. 

DOWNLOAD


 

 CHUVA NEGRA (1989)

Nick Conklin (Michael Douglas) e Charlie Vincent (Andy Garcia) são dois detetives da polícia de Nova York que se vêem envolvidos em uma guerra de gangue entre membros da Yakuza, a Máfia japonesa. Eles prenderam um dos assassinos e têm ordem de levá-lo de volta para o Japão, mas quando chegam lá o deixam escapar. Na tentativa de recapturá-lo, se vêem cada vez mais envolvidos pela Yakuza.

Download DepositFiles
Download Uploaded
Download BitShare


 

Django livre

"Django unchained", de Quentin Tarantino (2012)
Fazendo aqui a sua referência mais explícita ao cinema de Sergio Leone, Tarantino brinda o espectador com quase 3 horas de muita adrenalina, sangue e mise en scene formidáveis, isso sem contar com todo o elenco em seu total esplendor, irretocáveis. Aliás, a impressão que eu tenho, é que todo o mundo deve se divertir pra cacete no set de filmagem, tal a profusão de cenas bizarras e hilárias, do mais fino humor negro, e claro, diálogos inspiradíssimos. Dr Kurtz (Christopher Waltz) é um caçador de recompensas, que compra o passe de Django (Jamie Foxx) à força, para poder ajudá-lo a reconhecer 3 malfeitores. Feito isso, Django pede um favor a Kurtz: recuperar a sua esposa, que está nas mãos de Calvin (Leonardo diCaprio), um rico fazendeiro escravista de Missisipi. Samuel L. Jackson está fantástico, e é um absurdo seu nome não constar nas indicações a Oscar de coadjuvante, ele está irreconhecível como um escravo idoso filho da puta, totalmente de sangue "branco". Tarantino faz uma aparição antológica, aliás gordo e com cara de tia Velha. Outra cena hilária e memorável é a discussão de membros de Klu Klux Khan sobre os buracos dos olhos das máscaras que usam para poderem se difarçar. Jonah Hill faz uma ponta nessa cena. Apesar de ter gostado bastante do filme e achar que a homenagem ao cinema de Sergio Leone é emocionante (usando zoom, trilha de Morricone, Franco Nero no elenco), desejo que seu próximo filme saia dessa onda de reverenciar o cinema de outros. Está mais do que na hora de Tarantino criar o seu mundo sem citar o cinema de outros. Alguns personagens , eu senti que poderiam ter sido melhor explorados, como por exemplo, a da irmã de Calvin. 
DOWNLOAD

 

MARCADOS PARA MORRER

'End of watch", de David Ayer (2012)

Ótimo filme policial, uma aula de cinema. David Ayer, também roteirista, cria tensão e inova a linguagem dos filmes policiais, ao colocar o seu protagonista como um policial e também estudante de cinema, que quer fazer um documentário sobre a corporação policial de L.A. Assim, boa parte da trama é ponto de vista de sua câmera. Jake Gyllenhaal e Michael Peña estão excelentes, no papel da dupla de policiais incorruptíveis e defensores da ordem, lutando contra um cartel de narcotraficantes mexicanos. Todo o elenco de apoio é muito bom, e impressiona pelo realismo e naturalidade das interpretações. As cenas de ação são muito boas, e a parte final é eletrizante, além de emocionante. Uma pena que o filme tenha sido lançado sem qualquer alarde, para quem curte filmes de açao, é um prato cheio, além de ser um ótimo registro do dia a dia de policiais do bem, teve momentos que até achei que o filme era um institucional sobre a Polícia de L.A. Claro, os estereótipos continua lá, mas isso já faz parte do gênero. O que importa é que ele é muito bem conduzido e interpretado.

Download DepositFiles

Download BitShare


 

PERDITA DURANGO (1997)

Perdita Durango (Rosie Perez) é uma mulher jovem, sexy e orgulhosa de seu passado cheio de sangue e estranhas paixões. Ela conhece Romeo Dolorosa (Javier Bradem), um tipo durão e sensual que pratica rituais de magia negra, além de assaltos e tráfico de cadáveres e substâncias ilegais. Os dois se apaixonam e, juntos, vivem cruzando a fronteira que separa o México dos Estados Unidos, multiplicando seus delitos e inimigos. Eles raptam dois adolescentes com a intenção de sacrificá-los enquanto transportam um carregamento ilegal, mas começam a ser perseguidos por um ex-sócio de Romeu, pela polícia e por gangsters. Durante a fuga, muito sexo, cigarro, confidências e violência, enquanto os dois adolescentes passam por maus bocados. O filme é baseado no romance 59º And Raining, de Barry Gifford. A personagem Perdita Durango já havia aparecido em Coração Selvagem, interpretada por Isabella Rossellini.

DOWNLOAD / LEGENDA


 

KOTOKO

Uma mãe solteira que é atormentada por uma doença chamada "diplopia", cujo o principal sintoma é a visão dupla, tem que cuidar do seu filho em meio a crises nervosas. Seus vizinhos começam a suspeitar de que ela maltrata o bebê e lhe tiram a custódia da criança.

DOWNLOAD

 


  

O QUARTO SECRETO

"La cara oculta", de Andrés Baiz (2011)

Bom suspense que curiosamente, veio da Bolívia. Na tradição dos suspenses espanhóis, o filme reserva boas reviravoltas na trama. Mesmo que óbvia no seu desfecho, é um filme que possui um bom clima de tensão misturado a drama. Os atores sao bons, a fotografia bacana e o ritmo do filme sustenta os seus quase 100 minutos de trama. Um jovem maestro, acusado de ter dado um sumiço na namorada, que desapareceu, começa um novo relacionamento com uma garçonete. Apesar das suspeitas sobre ele, a jovem, interesseira, se deixa envolver. Para quem curte um bom filme de suspense, pode ver sem medo, mesmo o filme vindo da Bolívia. Engraçado como esse gênero funciona em outras linguas. Aqui no Brasil não teria feito nenhum sucesso, talvez fosse até constrangedor.

Download Uploaded
Download BitShare

 


 

"Pieta", de Kim Ki Duk (2012)

"Pietá", de Kim Ki Duk. Vencedor do prêmio de melhor filme em Veneza 2012, o filme suscita polêmicas por onde anda. Na Sessão que assisti, pessoas saíam revoltadas do cinema, tanto pela violência sugerida (mas nunca mostrada), quanto por uma cena de sexo (que não posso revelar). O filme me remeteu ä obra de Park Chow Woo, que tem como tema central em seus filmes o tema da vingança. Kang Doo (o ator Lee Jung-jin, magistral) é um cobrador de dívidas que, na imposssibilidade das pessoas pagarem, os aleija, para poder receber dinheiro do seguro. Um dia, uma mulher surge e se diz sua mãe, e a partir daí, ele entra em crise de personalidade, tentando entender o que está a acontecer. Duk é econômico nos diálogos (uma marca de seus filmes) e expressa todas as emoções no rosto de seus personagens. A atriz Jo Min-soo, que interpreta a mãe, é escandalosamente boa, e na sua cena final, é emoção pura. Excelente trama cheia de reviravoltas, e como dizia Hitchcock, "não acredite no que os seus olhos vêem". A cena final, na estrada, usa de um simbolismo que transforma a cena em poesia pura.

DOWNLOAD


 

UMA ESTRANHA AMIZADE 

 "Starlet", de Sean Baker (2012)

Bom drama americano independente, com 2 excelentes atrizes: Dree Hemingway, e Basidka Johnson. A 1ª com 21 anos, a 2ª com 85 anos. O filme narra a amizade entre uma garota que faz filmes pornôs, e uma senhora viúva, logo após a garota comprar um objeto na casa da senhora e descobrir que dentro tinha 10 mil dólares. Um filme sensível, e que contém inusitadamente cenas de sexo explicito. A atmosfera do filme traz um frescor do filme independente, que admiro bastante. O filme tem uns 20 minutos a mais, porém compensa admirar o trabalho dessas duas mulheres. Ah, tem também o cachorrinho Starlet, páreo duro pro cachorro de "O artista".

DOWNLOAD / LEGENDA


 

O ALBERGUE (2005) DUBLADO

Paxton (Jay Hernandez) e Josh (Derek Richardson) são dois mochileiros universitários americanos, que decidem viajar pela Europa em busca de experiências que entorpeçam os sentidos e a memória. Durante a viagem eles conhecem Oli (Eythor Gudjonsson), um islandês que passa a acompanhá-los. Seduzidos pelos relatos de outro viajante, eles decidem ir a um albergue particular em uma cidade desconhecida da Eslováquia que é descrito como um verdadeiro nirvana. Lá eles conhecem Natalya (Barbara Nadeljakova) e Svetlana (Jana Kaderabkova), duas beldades locais que se interessam por Paxton e Josh. Empolgados com as experiências novas que vivem, eles logo descobrem que nem tudo na cidade é a maravilha aparente.

DOWNLOAD


 

A PAIXÃO DE CRISTO (2004)

As últimas 12 horas da vida de Jesus de Nazaré (James Caviezel). No meio da noite, Jesus é traído por Judas (Luca Lionello) e é preso por soldados no Monte das Oliveiras, sob o comando de religiosos hebreus, que eram liderados por Caifás (Matti Sbraglia). Após ser severamente espancado pelos seus captores, Jesus é entregue para o governador romano na Judéia, Poncio Pilatos (Hristo Shopov), pois só ele poderia ordenar a pena de morte para Jesus. Pilatos não entende o que aquele homem possa ter feito de tão horrível para pedirem a pena máxima e eram os hebreus que pediam isto. Pilatos tenta passar a decisão para Herodes (Luca de Domenicis), governador da Galiléia, pois Jesus era de lá. Herodes também não encontra nada que incrimine Jesus e o assunto volta para Pilatos, que vai perdendo o controle da situação enquanto boa parte da população pede que Jesus seja crucificado. Tentando acalmar o povo e a província, que detesta, Pilatos vai cedendo sob os olhares incriminadores de Claudia (Claudia Gerini), sua mulher, que considera Jesus um santo.

DOWNLOAD


 

EFEITO BORBOLETA (2004) DUBLADO

Evan (Ashton Kutcher) é um jovem que luta para esquecer fatos de sua infância. Para tanto ele decide realizar uma regressão onde volta também fisicamente ao seu corpo de criança, tendo condições de alterar seu próprio passado. Porém ao tentar consertar seus antigos problemas ele termina por criar novos, já que toda mudança que realiza gera consequências em seu futuro.

Download DepositFiles
Download BitShare


 

 FILADÉLFIA (1993) DUBLADO

Promissor advogado (Tom Hanks) que trabalha para tradicional escritório da Filadélfia é despedido quando descobrem ser ele portador do vírus da AIDS. Ele contrata os serviços de um advogado negro (Denzel Washington), que é forçado a encarar seus próprios medos e preconceitos.

DOWNLOAD


 

O AMOR É CEGO (DUBLADO)

Hal (Jack Black) é um homem que segue à risca o conselho de seu pai e apenas se interessa por mulheres que tenham um físico perfeito. Mas tudo muda quando ele por acaso se encontra com Anthony Robbins, um guru de auto-ajuda que o hipnotiza e faz com que ele apenas possa visualizar a beleza interior das mulheres, em detrimento de seu físico. Sem saber que está sob o efeito de hipnose, Hal então se apaixona por Rosemary (Gwyneth Paltrow), uma mulher obesa que é vista por ele como se fosse uma verdadeira deusa. Até que, após ser retirado da hipnose por seu amigo Mauricio (Jason Alexander), ele passa a ver como Rosemary é de verdade fisicamente e precisa tomar uma decisão sobre seu relacionamento com ela.


Download BitShare


 

SPARTACUS (1960)

Spartacus é um homem que nasceu escravo, labuta para o Império Romano enquanto sonha com o fim da escravidão. Ele, por sua vez, não tem muito com o que sonhar, pois foi condenado à morte por morder um guarda em uma mina na Líbia. Mas seu destino foi mudado por Batiatus, um lanista (negociante e treinador de gladiadores), que o comprou para ser treinado nas artes de combate e se tornar um gladiador. Até que um dia, dois poderosos patrícios chegam de Roma, um com a esposa e o outro com a noiva.

As mulheres pedem para serem entretidas com dois combates até à morte e Spartacus é escolhido para enfrentar o gladiador Draba, que vence a luta mas se recusa a matar seu opositor, atirando seu tridente contra a tribuna onde estavam os romanos. Este nobre gesto custa a vida do gladiador e enfurece Spartacus de tal maneira que ele acaba liderando uma revolta de escravos, que atinge metade da Itália. Inicialmente, as legiões romanas subestimaram seus adversários e foram todas massacradas. Quando o Senado romano toma consciência da gravidade da situação, decide reagir com todo o seu poder militar indicando o ambicioso general Marco Licínio Crasso, atribuindo-lhe poderes extraordinários para deter a revolta e capturar Spartacus.

DOWNLOAD / LEGENDA


 

DREDD 

de Pete Travis (2012)

No futuro,as cidades estão super povoadas e existe um caos urbano. A violência impera nas grandes metrópoles. As autoridades policiais se chamam O JUIZ. Ele possui autonomia para prender, julgar e executar um criminoso, caso seja necessário. Dredd (Karl Urban) é acionado para entrar em um prédio no estilo favela-bairro, onde moram muitas famílias pobres e também, criminosos de alta periculosidade. Lá, ele precisa prender Ma-ma (Lena Headey), uma traficante que fabrica o SLO-MO, uma droga sintética que potencializa o tempo, retardando a sua duração. Anderson (Olivia Thirby) é uma novata, com poderes paranormais, que é obrigada a acompanhar Dredd na invasão do prédio. Porém, ao entrarem no local, eles ficam encurralados, impedidos de sair. Os criminosos resolvem matar Dredd e Olivia, e para isso, ambos precisam lutar pelas suas vidas. Impossível assistir a "Dredd"e não se remeter ao cult da Indonésia, "The raid". A premissa é a mesma, e a ambientação também. Em "The raid", um grupo no estilo Bope é acionado para entrar em um prédio e prender um traficante, mas são encurralados e mortos um a um pelos criminosos. A direção de arte, a fotografia, a extrema violência, tudo remete ao filme. Mas como poucas pessoas devem ter visto "The raid", essa referência deve ter passada batida. De qualquer forma, o filme é interessante, mas a falta de ritmo em vários momentos prejudica a narrativa. O filme tem uma inegável cara de Filme B, partindo do elenco, sem nenhum rosto conhecido, com exceção de Lena Headey, a Cercei de "Game of thrones". Aqui, ela praticamente repete as suas vilanias, fazendo o papel da mulher má e sem coração. Karl Urban, assim como Tom Hardy em "Batman rise", não mostra o seu rosto em momento algum, o que é curioso. Mas a semelhanca com o mesmo tom de prosa de Batman e de Robocop enfraquece o personagem, que sôa repetitivo. O que mais me chamou atenção é o efeito de super slow motion, o mesmo usado em "Melancolia", de Lars Von Trears. Acho bonito visualmente, e é usado em prol da história, devido ao uso da droga SLO-MO. Assim, água e sangue jorram belamente, causando impacto em 3D. No geral, um bom passatempo, violento, sem dúvida, e em alguns momentos, divertido. 

DOWNLOAD


 

"Killer Joe - Matador de aluguel", de Willian Friedkin (2012)

Willian Friedkin, fez um filme violento e recheado de humor negro. Um jovem traficante encomenda para um matador a morte de sua mã, que roubou sua remessa de drogas. Porém, tudo dá errado, e o rapaz fica devendo o matador, aos donos da droga e precisa deixar sua irmã como garantia. Divertido, tenso, surpreendente. Um ótimo roteiro, excelentes atores (Emile Hirsch, Gina Gershon, Matthew Macnaughney, Juno Temple e Thomas Haden Church), todos soberbos. O filme perde o ritmo lá pelo meio, e tem umas cenas longas, mas lá pelo desfecho cresce inesperadamente, com uma antológica cena na cozinha. Imperdível.

DOWNLOAD


 

DOIS SUPER TIRAS EM MIAMI

Agente do FBI chama ex-parceiro aposentado para ajudá-lo a solucionar o único caso que não resolveram até então. Sete anos depois de um grande assalto em Detroit, um ladrão de bancos é morto e a investigação começa para tentar recuperar 20 milhões de dólares. Uma super aventura com muita ação, com a dupla Terence Hill e Bud Spencer.

Download DepositFiles


 

UM DRINK NO INFERNO

Puteiros, zonas, night-clubs, inferninhos, cabarés… São vários nomes e apelidos para aquelas suspeitas “boates” onde moças deliciosas ficam dançando de topless enquanto outras vêm se esfregar nos clientes, oferecendo seus corpos e uma noite de luxúria em troca da devida soma em dinheiro…

Talvez estas casas noturnas sejam a melhor definição, como o próprio nome “casa noturna” já diz, de uma atividade realizada somente à noite, nas trevas, e que não tem seu lugar à luz do dia. São casas que funcionam estritamente do crepúsculo (anoitecer) até o nascer do sol. Ou, em bom inglês, From Dusk Till Dawn.

Quer lugar melhor que esse para esconder uma horda de vampiros sanguinários?????

 

Concebido por uma das dobradinhas mais criativas surgidas no cinema independente americano até então – o diretor Robert Rodriguez, de El Mariachi, e o também diretor, aqui roteirista e ator,Quentin Tarantino, de Pulp Fiction -, Um Drink no Inferno foi realizado em 1996 e se tornou um enorme sucesso de bilheteria, talvez mais até do que esperavam seus realizadores.

O grande segredo de Rodriguez/Tarantino é que a ideia de fazer um filme de terror podreira é elevada à enésima potência. Não basta apenas colocar vampiras gostosas arrancando braços e cabeças, é preciso fazer de conta que aquilo é um filme sério (e o roteiro realmente consegue enganar o espectador durante a primeira uma hora de projeção), e então de repente avacalhar com tudo.

Por isso, quando a história correta e realista de dois irmãos criminosos fugitivos, Seth e Richard Gecko, ultrapassa a fronteira do México, Um Drink no Inferno deixa de lado a trama policial que desenvolveu nos primeiros 60 minutos e cai de boca no trash, mostrando a dupla e seus reféns chegando a um puteiro, o Titty Twister (isso mesmo, o bar se chama “Torcedor de Tetas“), onde todas as vagabundas são vampiras sanguinárias, de olho não no dinheiro dos seus clientes, mas sim no seu sangue.

Assim que uma delas, já exibindo seus caninos salientes, anuncia “O jantar está servido“, o espectador é mergulhado numa orgia de sangue, tiros, estacas no coração, abobrinhas, mortes exageradas, gosma verde, sensualidade, bobagens diversas, atores legais e músicas do caralho. Ou seja, o ápice daquilo que pode ser considerado um “filme cool“, ou um filme muito legal, que na história do cinema provavelmente não vai fazer qualquer diferença, mas que diverte tanto que acaba se tornando um “clássico” pessoal de muitos espectadores – inclusive eu.

Para dar um toque ainda mais trash a Um Drink no Inferno, e jogar na cara do espectador que tudo aquilo é uma grande brincadeira, Tarantino e Rodriguez ainda encheram o filme com atores “sérios“, tipo Harvey Keitel e John Saxon, que acabam mergulhados até o pescoço na podreira e no sangue de groselha. E o melhor: sem perder o bom humor. De repente, todo mundo está matando vampiros, como se aquilo fosse a coisa mais normal do mundo… E o próprio espectador aprende a aceitar a existência (e a matança) dos vampiros!

Download DepositFiles
Download Uploaded
Download BitShare


 

100 ESCOVADAS ANTES DE DORMIR

Melissa (Maria Valverde) é uma garota doce e inocente que vive em uma pequena cidade. Seus pais, envolvidos com suas próprias vidas, não percebem que sua filha está à beira de se transformar em uma jovem mulher.

Na escola, perdida em seu próprio mundo, Melissa passa o dia sonhando com seu belo, mas indiferente colega de classe, Daniele (Primo Reggiani). Ingenuamente seduzida pelo charme de Daniele, ela é brutalmente iniciada no mundo adulto do sexo e tem suas ilusões sobre o amor destruídas.

Melissa acaba se tornando um peão nos jogos sádicos de Daniele e de seu amigo Arnaldo. Desnorteada e humilhada por sua experiência, ela decide tomar as rédeas de sua própria educação sexual e começa a manter arquivos de seus ousados encontros sexuais em seu diário. Mas, um trágico acontecimento faz com que Melissa saiba de forma definitiva o que é ser uma mulher.

Cem Escovadas Antes de Ir para a Cama tornou-se uma sensação literária, provavelmente pela tênue fronteira entre a autora e a personagem. Melissa Panarello afirma ter vivido todas as experiências narradas em sua obra, trocando apenas nomes e datas. O livro já vendeu mais de meio milhão de exemplares na Itália e teve seus direitos de tradução negociados em 24 países.

Download Uploaded
Download BitShare


 

ELEKTRA (2005)

Torturada pelo passado, Elektra (Jennifer Garner) é obcecada por sua morte e seu misterioso renascimento após ter sofrido ferimentos mortais em Demolidor - O Homem Sem Medo. Apesar de ter sido treinada na rígida disciplina do ninjutsu, ela não consegue controlar a fúria que sente pela morte dos pais.

Sua ânsia por vingança faz com que parta para o exílio e se torne uma perigosa assassina profissional. Seu novo alvo é Abby (Kirsten Prout), uma garota de apenas treze anos, e seu pai, Mark (Goran Višnjić), os quais precisam salvar de um perigoso inimigo, que possui poderes sobrenaturais.

A história mostra Elektra transformando-se numa letal assassina do Tentáculo. Ela tem como missão assassinar um homem, mas acaba apaixonando-se por ele. Irados com a traição, os líderes do clã decidem que chegou a hora de acabar com a vida de sua ex-integrante.

Agora em aventura solo, Elektra se vê em uma grande batalha entre o bem e o mal. Após não cumprir uma de suas missões assassinas, ela deve defender um pai e uma filha contra os novos assassinos que vêm para cumprir a missão que ela deveria ter feito.

Download Uploaded
Download BitShare


 

INVADINDO A RETAGUARDA 

 

Frota é absoluto e transa com todas, com fortes pegadas. Aqui o sexo anal é prioridade máxima!

     Estrelando: Alexandre Frota, Mayara Rodriques, Cristal de Luna e Mayara Anderson.

DOWNLOAD


 

O espetacular Homem-aranha

"The amazing spider man", de Marc Webb (2012)
Peter Parker (Andrew Garfield) é um adolescente nerd que mora em Nova York. Parker mora com seu tio Ben (Martin Sheen) e Tia May (Sally Field) desde criança, quando os seus pais o largaram lá e foram embora. O pai de Parker era um cientista que trabalhava em conjunto com o Dr Curt Connors (Rhys Ifans), mas acabou morrendo com sua esposa em um acidente de avião. Parker tem uma paixão platônica por Gwen Stacy (Emma Stone), uma brilhante estudante, que trabalha como coordenadora no laboratório onde se encontra o Dr Connors. Ao se inscrever em um programa de estagiários, Parker toma conhecimento da pesquisa que Connors está organizando, sobre a fusão genética entre seres distintos. Acidentalmente, Parker é picado por uma aranha e passa a sentir sensação estranha e o aparecimento de poderes fora do comum, se tornando, em breve, em o Homem-aranha. Por outro lado, Dr Connors se faz de cobaia de seus experimentos, ajudado por Parker, e se transforma no Lagarto. Impossível não fazer comparações com o filme de Sam Raimi, ainda tão presente em nossas mentes. O filme de Raimi era mais fiel aos quadrinhos, uma vez que até a escalação do elenco tinham traços mais convincentes. Sally Field está muito jovem para interpretar a Tia May, e Emma Stone, muito velha para interpretar uma adolescente de 17 anos. Andrew Garfield está ótimo, ele tem o physic de role pro personagem. Simpático, o personagem de Garfield transmite ingenuidade e timidez o suficiente para fazer de seu Parker um cara muito bacana, assim como era o de Tobey Maguire. Um ponto fraco é o roteiro: cresci lendo gibis da Marvel, e nunca me passou pela cabeça não existir o personagem de J. Jonah, o arrogante chefe de Parker na redação do jornal. O que eu achava divertido era a relação do patrão e do emoragado, no caso, o Parker fotógrafo, que conseguia uns trocados vendendo fotos exclusivas do Homem-aranha, que somente ele conseguia. Essa dupla rendia ótimas piadas, e inclusive no filme de Sam Raimi, o ator que interpretava J. Jonah, J. K. Simmons, era sensacional. Ainda falando de roteiro, no filme existem muitas situações que os roteiristas driblaram de uma forma muito simples ignoraram a lógica. Por exemplo, na cena que Homem-aranha é feito prisioneiro pelos policiais, ele estava algemado, com as mãos nas costas. E de repente, essas algemas sumiram! A cena também que os manobristas de guindastes resolvem ajudar o Homem-aranha. hum, sei não... meio estranho, né. Isso sem falar nas inúmeras cenas de treinamento de Parker para virar o Homem-aranha... gente, não existe uma única alma viva nas ruas de New York, que veja Parker treinando!!!!! Mas tudo bem, pipoca é pipoca, e eu não sei que não devemos ser tão chatos assim. Por isso, divirtam-se, sei que muitos preferem essa versão, mas eu que vos falo, fico com a anterior.
DOWNLOAD

 

Batman - O cavaleiro das trevas ressurge

"Batman - The Dark Knight rises", de Christopher Nolan (2012)
Batman (Christian Bale ) está ausente por 8 anos de Gothan. A cidade está tranquila. Porém, um novo vilão surge e obriga Batman a sair de seu período de reclusão. Bruce Wayne retorna o contato com os seus fiéis escudeiros, entre eles, Lucius (Morgan Freeman), mas Alfred (Michael Caine), temeroso por Wayne, se rebela e vai embora. Surge em cena a vilã Mulher-gato (Anne Hathaway) e Bane (Tom Hardy), um poderoso fugitivo de uma prisão que resolve tomar conta da cidade. Pra isso, vários personagens se unem para livrar a cidade dos vilões: entre eles, Gordon (Gary Oldman), um policial vivido por Joseph Gordon Lewitt. Super mega-producão que tem um desfecho mais empolgantes vistos no cinema. A direcão de Christopher Nolan é impressionante, criando cenas de acão impactantes, e tirando o melhor proveito de seus atores, sensacionais em suas composicões. O filme é muito longo (uma reclamacão de boa parte da platéia), 2:45 hrs, e sim, tem vários momentos de "barriga" no filme, principalmente na primeira parte do filme. Outro problema é o excesso de personagens que surgem. A gente fica confuso até entender a relacão entre eles. O roteiro, mesmo com excessos, tem uma virada muito boa, com a revelacão de 2 personagens e suas reais intencões. As cenas de acão são foda, muito fodas, ainda mais no terço final, quando realmente o filme se entrega para os efeitos e perseguições. No mais tudo já foi dito sobre o filme. Espero que o gancho final do filme se revele num próximo projeto com o novo personagem que surge, seria bom pra caramba! E a cena final, que se passa em Florenca, é muito emocionante. Um filme adulto, que ao contrário de "Amazing spider man", não faz consessões a piadas e auto-paródias.

DOWNLOAD


 

Anjos da Noite 4 - O Despertar

Embora não conte com os tradicionais personagens Viktor (Bill Nighy) e Lucian (Michael Sheen), um ponto positivo para os fãs da série é que a sensual vampira Selene (Kate Beckinsale) está de volta. Outra coisa boa, essa para quem não viu patavinas, é que o filme começa resumindo os anteriores para situar "os perdidos" dentro da nova história. Nela, os humanos tomaram conhecimento da existência dos vampiros, lobisomens e trataram tudo como uma infecção que precisava ser exterminada. Doze anos se passaram e a bela chupadora de sangue acorda em um laboratório, foge e acaba descobrindo que teve uma filha com sua eterna paixão (nos outros filmes). Só que a jovem tem o poder das duas criaturas e isso desencadeia uma nova conspiração de seus eternos - e escondidos - inimigos. 

Escrito e produzido por Len Wiseman, criador e diretor de dois longas da franquia, este de agora foi dirigido pela dupla sueca Måns Mårlind e Björn Stein, desconhecida do grande público, mas que soube segurar a peteca. Os efeitos especiais continuam honestos, o 3D vai na mesma onda e a violência - parece - ficou um pouco mais acentuada, até porque parte da "briga" é com humanos, mais frágeis, coisa e tal. Existem bons tiroteios, perseguições, muita pancadaria e as sequências da heroína são bem legais. O mesmo não pode ser dito de outra no trânsito, envolvendo lobisomens, que é totalmente gratuita e forçada. Aliás, vale lembrar: quem busca veracidade, vai entrar na sala errada. Agora, se aceita licenças criativas, um furinho ou outro no roteiro, existem razões para encarar essa aventura, que não dá sono e tem diminuta dose de duelo entre gerações, além de um fiapo de dilema científico sobre criador e criaturas. No mais, estão lá aquele estiloso registro azulado da fotografia e boas coreografias nas cenas de ação. Portanto, deixe-se morder pela ideia e aproveite porque a porta para um quinto filme foi escancarada.

DOWNLOAD

 

 


 

LATIN EYE CANDY 17

http://uploaded.net/file/ix1npw4s

http://uploaded.net/file/al3286sm

http://uploaded.net/file/e4si4oiv

http://uploaded.net/file/6azhucm0


 

LATIN EYE CANDY 16

http://uploaded.net/file/e5yghiz0

http://uploaded.net/file/w49qvnwy

http://uploaded.net/file/aodkk5a7

 


 

LATIN EYE CANDY 12

http://uploaded.net/file/jsu1do1q

http://uploaded.net/file/y90ypxea

http://uploaded.net/file/99u8kym1


 

 GLADIADOR

Após vencer várias batalhas, o general romano Maximus (Russell Crowe) quer apenas voltar para casa e rever sua família. Mas com a morte do Imperador Marcus Aurelius (Richard Harris), que desejava fazê-lo seu sucessor, Maximus é perseguido por Commodus (Joaquin Phoenix), filho do soberano. Ao escapar da morte, o ex-general torna-se escravo de um ambicioso e velho gladiador, que o leva a participar dos jogos violentos no Coliseu e a vingar o assassinato de sua mulher e filho.

DOWNLOAD


 

CÃES DE ALUGUEL

Durante um assalto a uma joalheria, Mr. White (Harvey Keitel), Mr. Orange (Tim Roth), Mr. Pink (Steve Buscemi) e Mr. Blonde (Michael Madsen), os quatro assaltantes contratados por Joe Cabot (Lawrence Tierney), são surpreendidos pela polícia e, após um tiroteio, conseguem escapar. O experiente Mr. White desconfia que alguém do grupo é um policial disfarçado. Mas como descobrir o delator? O que fazer com Mr. Orange, que foi baleado e sangra lentamente até a morte? Por que Mr. Blonde voltou tão diferente e incontrolável da cadeia?

DOWNLOAD


 

CODE BLUE

de Urzsula Antoniak ( 2011)

Marian é uma enfermeira de meia -idade, que trabalha em um Hospital com pacientes de terceira idade. Devota aos seus pacientes, ela muitas vezes resolve acabar com o sofrimento deles injetando um remédio mortal. Marian é uma mulher solteira, poucos amigos e solitária. Uma noite, de sua janela, ela presencia um estupro, e se excita. Percebe que no prédio da frente, o seu vizinho também observa interessado no estupro. Convidada por uma colega de trabalho, Marian vai para uma festa e conhece Konrad, o seu vizinho. Entre eles, cresce um sentimento que envolve práticas sadomasoquistas. Bom drama com alto potencial erótico, incluindo uma cena de masturbação masculina explícita. Mais um da leva de bons filme holandeses, e de novo, com o tema do fetiche sexual. A excelente atuacão dos dois atores, Blen de Moor, como Marian, e Lars Eldinger, como Konrad, garantem qualidade ao filme, que contém cenas até mesmo polêmicas, como a cena que a protagonista encontra uma camisinha usada e a usa nela mesmo. O ritmo é bem lento, mas a fotografia é excelente, realçando a melancolia e a depressão do local. O filme usa em sua narrativa uma mistura de realismo e fantasia, através de pensamentos da pesonagem, que delira. Não é para todos os gostos, mas com certeza, um belo entretenimento adulto.

DOWNLOAD


 

À TODA PROVA

"Haywire", de Steven Soderbergh (2011)

Mallory Kane (Gina Carano) é uma agente especial de uma organização de espionagem. Ela é convocada para libertar um refém em Barcelona, e a ela se junta Aaron (Channing Tatum). Após a bem-sucedida operação, ela retorna para a casa, nos Eua, para reencontrar o seu pai, John Kane (Bill Paxton), um escritor de livros sobre guerras civis. O seu ex-namorado e diretor da agência no qual ela trabalha, Kenneth (Ewan Macgregor) pede para que Mallory faça um serviço rápido em Londres: acompanhar um agente britânico, Paul (Michael Fassbender), fingindo ser a sua esposa. O que ela não percebe é que está sendo manipulada por Rodrigo (Antonio Banderas) e por Studer (Mathieu Kassovitz), que têm seus interesses políticos na operação. O agente do Governo americano, Coblenz (Michael Douglas) tenta entender toda a armação e ajudar Mallory. Ótimo filme de ação dirigido por Soderbergh, que aqui quiz fazer um filme atípico: Soderbergh faz críticas aos atuais tipos de filmes no Gênero.

Download Uploaded
Download BitShare


 

OPERAÇÃO INVASÃO

"The Raid- Redemption" "Serbuan maut", de Gareth Evans (2011)

Em Jacarta, capital da Indonésia, Rama, um policial do esquadrão de elite, se junta a outros 19 políciais, com a missão de tomar de assalto um prédio na periferia, considerado um antro de assassinos, bandidos e traficantes. Tama é o traficante responsável pelo prédio, e assim que ele descobre que o local está sendo invadido, faz uma chamada interna no prédio para que todos os criminosos unam forças para exterminar a polícia. Rama testemunha a morte de boa parte de seus companheiros, e procura salvar a sua vida e de seus companheiros. Para a sua desilusão, descobre que ninguém da base da polícia sabe da existência da batida policial. Isolados, Rama e seus amigos precisam descobrir uma forma de sair do local. Para sua surpresa, Rama descobre que o seu irmão Andi é um dos bandidos, e que tentará salvar o irmão da morte. Excelente exercício de filme de ação, brilhantemente coreografado como um filme de artes marciais. Os efeitos são ótimos, a direção segura e os atores com umas performances de tirar o fôlego. Porém, o que o filme tem de menos interessante são os diálogos, pobres. O filme quase não tem diálogo, aliás. Muita porradaria, que faz com que "Oldboy" seja uma brincadeira de criança. Impressionante as cenas de luta, o que fez com que muita gente considerasse esse um dos melhores filmes de ação em anos.

DOWNLOAD


 

FLORES DO ORIENTE

"The Flowers of war", de Zhang Yimou (2011)

Em 1937, a cidade de Nanquim, na China, é tomada pelas tropas japonesas, que promovem verdadeiras barbáries contra a população, massacrando-os. John Miller, um agente funerário, se esconde numa igreja católica, e lá, ele encontra o garoto George e um grupo de meninas, estudantes católicas. Nessa mesma igreja, um grupo de prostitutas de um bordel local também buscam abrigo. Um conflito se estabelece entre esses dois universos: o das estudantes católicas, e a do grupo libertino das prostitutas. Porém, os japoneses tomam de assalto a igreja, e John Miller resolve vestir a batina de padre e assumir o seu posto, na tentativa de defender as mulheres. Grandioso filme de Yimou, que aqui estabelece um rigor técnico, nas inúmeras cenas de batalha e violência. A direção de arte, a fotografia, o trabalho de câmera, se unem para trazer a tona essa história de barbárie. As cenas de estupro e assassinatos são pesadas, mas de inegável força dramática. O trabalho de todo o elenco é a grande força do filme, que estabelece conflitos e valores morais, que fazem os personagens passarem por constantes tranformações. As cenas de efeitos especiais também são muito boas. O roteiro do filme é tenso, mantendo sempre o interesse do espectador, mesclando melodrama, sem medo de exagerar no piegas. A cena que Shu, a jovem estudante, imagina as prostitutas dançando e cantando, é antológica, de uma beleza plástica incomum. O filme é longo, 146 minutos, mas vale cada segundo. Imperdível. A curiosidade fica em ver Christian Bale de novo ao personagem muito próximo ao filme que o lançou, "O império do dol", de Spielberg. Na mesma situação, ele fica enclausurado numa espécie de campo de concentração, na mesma China que sofreu a invasão na segunda guerra mundial.

Download DepositFiles
Download BitShare


 

" Shame", de Steve McQueen (2012) DUBLADO



Brandon (Michael Fassbender) é um executivo em uma empresa em Manhattan. Ele é bem-sucedido, e tem um apartamento próprio. O que ninguém sabe, é que Brandon é viciado em sexo. Ele se masturba várias vezes ao dia, em casa, no trabalho: acessa sites pornográficos o tempo todo; flerta com mulheres na rua, nos bares, transando com todas elas: contrata prostitutas. Brandon não tem limites. Um dia, sua irmã, Sissy (Carey Mullighan), uma cantora, se hospeda em sua casa. Sissy é carente e promíscua. Brandon e Sissy não se dão bem, e a presença dela o incomoda, ela ocupa o seu espaço e impede que ele manuseie seus apetrechos pornográficos. Brandon se interessa sexualmente por uma colega de trabalho, mas ela o recusa, pois deseja relacionamentos sérios. Sissy e essa colega o desestruturam psicologicamente, e ele sai então para uma longa noite de loucuras. Nesse meio tempo, Sissy, depressiva, tenta o suicídio.
Bom drama, participou da Competição em Veneza em 2011, levando o prêmio de melhor ator para Michael Fassbender. Tanto Fassbender quanto Carey Mullighan se despojaram de sua condição de estrelas do cinema e participam de fortes cenas de nudez e sexo. O filme é um alento ao moralismo e caretice que se apossou do cinema nas últimas décadas. Um filme erótico, belamente emoldurado por embalagem de filme cult. A fotografia é um deslumbre, ressaltando a solidão e melancolia das noites Nova Iorkinas. A edição é curiosa, alternando momentos desconexos com outros de longos planos-sequência. O ritmo é lento, às vezes sem muito foco. O roteiro não traz novidades, apelando inclusive para clichês do tema homem-solitário em Nova York em busca de aventuras. O que realmente interessa aqui são as performances dos 2 atores. É uma bela entrega de ambos para os personagens, destrutivos. 

Download DepositFiles
Download Uploaded
Download BitShare


 

"Tyrannosaur", de Paddy Considine (2011)



Joseph (Peter Mullan) é um desempregado viúvo, de índole violenta, que prega a raiva e a violência contra tudo e todos. Sua vida está um caos, e a violência está ao seu redor. Ele mora em uma vizinhança no subúrbio, e tem como vizinho um garoto que mora com sua mãe solteira, às voltas com o namorado barra-pesada. Em um attaque de raiva, Joseph chuta o seu cão e o mata. Ele acaba conhecendo uma dona de uma loja de caridade, Hannah (Olivia Calman), uma mulher religiosa e que tenta ajudar Joseph em sua recuperação. Hahhan é casada com o violento James (Eddie Marsan), que acredita que Hannah o trai com Joseph. A partir daí, Joseph precisa reviver os seus momentos de violência. 
Belo drama, um petardo emocional, na tradição dos melhores dramas ingleses dos anos 70 e 80, que tinham a violência doméstica como tema central. O ponto forte desse filme vencedor do Bafta 2011 de melhor drama é o seu elenco. O trio principal está impressionante, em um tour de force que deve ter desgastado emocionalmente os atores. O roteiro é bom, apesar de carregar em clichês de temáticas parecidas, sobre o tema do ciúme e da ignorância. 
A fotografia favorece o clima de melancolia e tensão, em tons escuros. A trilha sonora é pontual, e tem um belo momento musicado lá pelo meio do filme. A cena de Hannah implorando ao telefone para o seu marido não bater nela é antológica, e somente por essa cena Olivia deveria ter ganho prêmios, muitos recebidos com louvor.
Um filem difícil de assistir pela sua força e drama, mas obrigatório para quem quer assistir a um ótimo drama com excelentes performances. 

DOWNLOAD / LEGENDA / LEGENDA


 

ENQUANTO VOCÊ DORME (MIENTRAS DUERMES, 2011)

César é um zelador de um prédio, recém-contratado. Ele toma conta da portaria e faz serviços nos apartamentos dos moradores. César, no entanto, é obcecado pela felicidade de Clara, uma das moradoras do prédio. Ele sente ódio pela alegria da jovem, mesmo sabendo que ela está em dificuldades com o namorado. César resolve então passar as noites na casa de Clara, escondido, e observar o comportamento dela, planejando algo macabro.
Suspense do mesmo cineasta de " Rec" e " A sétima vítima", dois bons exemplares do gênero na Espanha.

DOWNLOAD / LEGENDA


 

 TOMB RAIDER - A ORIGEM DA VIDA

A arqueóloga Lara Croft (Angelina Jolie) precisa encontrar a Caixa de Pandora, famosa por conter em seu interior todos os males do mundo. O objeto está escondido em um local conhecido como Origem da Vida, localizado no continente africano. Porém em sua jornada Croft terá que enfrentar o dr. Jonathan Reiss (Ciarán Hinds), um cientista ganhador do Prêmio Nobel que também está atrás do objeto.

DOWNLOAD



 

HANCOCK (DUBLADO)

Hancock (Will Smith) é um super-herói que perdeu a popularidade que tinha, devido às suas tentativas de resgate pouco convencionais. Após salvar Ray Embrey (Jason Bateman), um agente de relações públicas, ele se oferece para ajudá-lo a melhorar sua imagem. A idéia não é bem aceita por Mary (Charlize Theron), a esposa de Ray, que mostra ao marido que Hancock teve uma ordem de prisão contra si lançada. Ray então sugere que Hancock se entregue, mesmo podendo escapar da prisão na hora que quisesse, para dar o exemplo e iniciar a mudança de sua imagem junto ao público. Ray acredita que, com Hancock preso, a criminalidade irá disparar e, com isso, a população chamará de volta seu herói.

Download Uploaded


 

POSSUÍDA (GINGER SNAPS) DUBLADO

Entediadas com as coisas da adolescência, as irmãs Ginger (Katharine Isabelle) e Brigitte (Emily Perkins) procuram algo que provoque um pouco de agito em suas vidas. Só que elas conseguem muito mais do que esperavam quando Ginger é atacada por uma fera selvagem, que lhe causa uma incrível metamorfose. Uma força terrível rapidamente se apodera de Ginger, ameaçando destruir o laço que une as irmãs e todas as pessoas em torno delas. Na medida em que Ginger se transforma numa horrível fera sedenta por sangue, Brigitte luta para libertá-la das garras do demônio, mas seu comportamento selvagem se torna cada vez mais incontrolável.

DOWNLOAD


 

 A ÚLTIMA CASA À ESQUERDA (DUBLADO)

Refilmagens são cada vez mais comuns no cinema norte-americano. Especialmente de filmes de terror. Para ser mais específica ainda, de filmes de terror pouco vistos, mas cultuados. É este o caso de A Última Casa, nova versão de Aniversário Macabro. Dirigido e escrito pelo mestre do terror Wes Craven em 1972.

O argumento de A Última Casa lembra muito Violência Gratuíta, de Michael Haneke: família feliz viaja para uma casa no campo a fim de passar uma temporada de pura tranqüilidade, mas é atrapalhada pela presença de malucos violentos. Mas os Collingwood – o marido, John (Tony Goldwyn), a esposa Emma (Monica Potter) e a filha adolescente Mari (Sara Paxton) – tem um elemento do passado que os faz traumatizados e, por isso, um tanto quanto preocupados. Quando Mari resolve passear de noite com a amiga local Paige (Martha MacIsaac, a Becca de Superbad – É Hoje), o casal fica ressabiado. Mal sabe o terror que os aguarda quando seus caminhos cruzam os da gangue liderada por Krug (Garret Dillahunt).

A Última Casa tem cenas de extrema violência, o que agrada aos fãs do terror. O clima de suspense é bem construído pelo diretor Dennis Iliadis (escolhido para este trabalho pelo estúdio dentre outros 100 candidatos), que é capaz de lidar de uma forma mais perturbadora ainda com a já incômoda violência do filme. Além disso, a reviravolta que o roteiro guarda na medida em que caminha para a conclusão é interessante. Mas a cena final, em particular, é tão absurda que acaba depondo contra todo o restante do filme. As cenas noturnas têm fotografia escura demais e algumas cenas não são claramente vistas. O que não contribui para a narrativa – como ocorre em O Massacre da Serra Elétrica, por exemplo -, somente atrapalha o espectador. Trata-se de um filme irregular, com seus defeitos, mas também qualidades, como o clima de suspense já citado e as atuações dos protagonistas.

Download Uploaded
Download DepositFiles
Download BitShare


 

CAPITÃO AMÉRICA (1979)

Steve Rogers (Reb Brown) é um desenhista publicitário que gosta de rodar por aí em seu furgão, até que um dia sofre um atentado por parte de uns terroristas que estavam atrás dos segredos de seu falecido pai. À beira da morte, ele recebe uma injeção de um soro supersecreto chamado FLAG e adquire força e agilidade sobre-humanas. O governo então se manifesta e revela o porque do ataque dos terroristas. O pai de Steve era nada mais, nada menos que o Capitão América! Steve dotado de superforça assume o manto de seu pai e persegue algozes dele que estão contrabandeando armas nucleares. O furgão de Steve é reformado pelo governo americano que o mune de uma parede retrátil onde era guardada uma supermotoca que ele usava para combater os vilões.

http://depositfiles.org/files/mr87gynuf
http://depositfiles.org/files/b0bu7wv4y
http://depositfiles.org/files/xjc8ugmz7
http://depositfiles.org/files/7jzc3m73d


 

FOME


"Hunger", de Steve McQueen (2008)

Filme baseado em fatos reais, no caso a greve de fome implementada por Bobby Sands (Michael Fassbender) na Inglaterra do Governo de Margareth Tatcher, 1981.
Sands e outros revolucionários exigiam que os presos do IRA fossem considerados presos políticos, o que não aconteceu. Tatcher implementou a linha dura contra os terroristas. Maltratados e torturados na prisão, os presos se rebelam. Enquanto isos, policiais são assassinados a sangue frio pela ruas, a mando do IRA. Nesse clima de completo caos, Bobby Sands, em uma conversa com o Padre Don (Liam Cunningham), decide começar uma greve de fome. A partir daí, em seus 66 dias de calvário da fome, Sands ganha adeptos e seguidores entre os presos, até sua morte. Outros 9 presos também acabaram morrendo.
Forte e visceral drama, brilhantemente interpretado por Fassbender e outros atores desconhecidos. É impressionante a entrega de Fassbender ao personagem, em sua fase greve de fome, ele chegou a amagrecer mais de 30 kilos, ficando carne e osso, inclusive com costelas aparentes. 
A fotografia é densa, a trilha sonora discreta e sensível. O roteiro, co-escrito por McQueen (mesmo diretor de "Shame"), é forte, sem cair no didático. O filme tem uma cena corajosa, em termos de narrativa. O diálogo entre Bobby Sands e o padre Dom se consiste em um plano-sequência, câmera fica, com mais de 10 minutos de duração, com ambos os atores filmados de perfil. Uma ousadia, uma vez que numa cena densa dessas, o que se espera é ver os atores de frente. Mas a cena ficou ótima.

DOWNLOAD / LEGENDA

 


 

O ESQUARTEJADOR DE NOVA YORK

"The new york ripper", de Lucio Fulci (1982)

Um serial killer está atacando mulheres nas ruas de Nova York, e as mata com requintes de crueldade. Um detetive tenta desesperadamente descobrir o paradeiro do assassino, e conta com a ajuda de uma sobrevivente de um ataque para reconhecer o suposto criminoso, mas ele tenta de novo atacar a jovem.
Delicioso filme do cultuado Lucio Fulci, que ele dirigiu em Nova York, em esquema de baixo orçamento. O tema lembra bastante um outro filme polêmico da época, "Parceiros da noite", de Willian Friedkin. Ambos são filmes que lidam com o universo sórdido da noite nova yorquina, com personagens perversos, e outros ligados a pornografia, perversões e taras. As pessoas são punidas pela sua libertinagem. É um filme de tom moralista.
O elenco, dublado, está maravilhosamente canastra, como devem ser nos filmes de Fulci. As cenas de violência são extremas, alguns com requintes de barbaridade. Temos até detalhes de gilete cortando um olho de uma das vítimas. Várias cenas antológicas, nesse verdadeiro clássico do filme B.

DOWNLOAD


 

Millenium - Os homens que não amavam as mulheres

"The girl with dragon tattoo", de David Fincher (2012)

Refilmagem americana do filme sueco homônimo, por sua vez baseada em um livro best seller, "Millenium". 
Mikael (Daniel Craig) é um jornalista, que trabalha para uma editora, Millenium, comandada por Erika (Robin Wright), também sua amante. Mikael é processado por um político corrupto, que o acusa de difamação. Mikael não tem provas para incriminar Wageningen e cai em desgraça. Afundado em dívidas e na depressão, ele é contratado por um milionário, Henrik (Christopher Plummer), que quer saber do paradeiro de sua sobrinha, Harriet, que sumiu a 40 anos. Em troca, Henrik diz que dará a Mikael provas que possam incriminar Wigeningen. Mikael aceita o trabalho, e se muda para uma cidade distante de Estocolmo, para uma casa situada nas terras de Henrik. Aos poucos, Mikael descobre que o sumiço de Harriet pode envolver familiares dela. Paralelo, ele acaba pedindo auxílio a uma hacker, Lisbeth (Roney Mara), uma jovem violenta e anti-social, que entre várias reviravoltas na vida pessoal, se dedica a descobrir com Mikael o assassino de Harriet e de outras mulheres.
Brilhante adaptação de Fincher, que conseguiu a proeza de fazer uma adaptação ainda melhor que o original, que já era ótimo. O filme é longo, ma vai seduzindo o espectador lentamente. A fotografia é um deslumbre, favorecendo o branco e cinza da região gélida. Os atores , composto de grandes nomes, estão todos fabulosos, com destaque absoluto para Roney Mara, que foi indicada ao Oscar 2012, e que até então, tinha papéis em produções de terror B, como a refilmagem de "A hora do pesadelo", e um pequeno papel em "A rede social".
A trilha sonora é foda, dando um clima de constante tensão. A edição de som, inteligente, suja o filme com sons estranhos. 
A parte técnica é impressionante: montagem, direção de arte, figurino. Tudo remete a um filme noir, maldito, assustador.
O filme remete a outros clássicos do gênero suspense, como "O silencio dos Inocentes" e "Seven", do próprio Fincher. A cena final dentro da casa é tensa, e provoca arrepios.
Vale notar a homenagem que os produtores fizeram a Daniel Craig, fazendo uma paródia de James Bond nos créditos iniciais. 

DOWNLOAD


 

 

ISOLADOS (2014)

Quando um casal em crise aluga uma casa na serra eles pretendem se livrar do estresse do dia a dia. Porém ele começa a escutar boatos sobre ataques violentos na região, mas decide esconder a informação da namorada.

DOWNLOAD

BITSHARE / FREAKSHARE / UPLOADED


 

 A FLORESTA DE JONATHAS (2012)

Jonathas vive com os pais e o irmão, Juliano, em um sítio na área rural do Amazonas. A família colhe e vende frutas regionais. Uma barraca de frutas na beira da estrada é o lugar de contato com novos amigos e as novidades do mundo. Os irmãos conhecem Milly, uma visitante da Ucrânia, e o indígena Kedassere. O grupo decide então passar o fim de semana em um camping. Mesmo contra a vontade paterna, seduzido por Milly e pela Floresta, Jonathas empreende a mais transformadora de suas jornadas.

DOWNLOAD

BITSHARE / FREAKSHARE / UPLOADED


 

 OS VINGADORES (2012) DUBLADO

Novidade nas telas, a parceria entre heróis é comum em histórias em quadrinhos. A primeira equipe de superpoderosos a fazer sucesso foi a Liga da Justiça, da DC Comics, rival da Marvel no seguimento. Três anos depois a Marvel criaria os Vingadores, que reunia os heróis mais populares da editora numa mesma revista e foi a resposta ao sucesso alcançado pela concorrência. Eles agora ganham as telas no longa Os Vingadores, que soube reunir com competência e equilíbrio os personagens Thor, Capitão América, Hulk e Homem de Ferro numa parceria jamais vista no cinema. 

Aos heróis citados acima, que já haviam feito sucesso em carreiras-solo nas telas, juntam-se Viúva Negra (Scarlett Johanson) e Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) numa espécie de tropa de elite organizada por Nick Fury (Samuel L. Jackson). O apelo, naturalmente, é o mesmo alcançado pelas HQs. A lógica é fácil de ser entendida: dificilmente um leitor do Homem de Ferro se interessaria pelas histórias de Thor, mas ver ambos reunidos no mesmo grupo e confrontando suas habilidades é irresistível para qualquer fã de super-heróis. 

Os Vingadores dá ao espectador justamente o que ele espera de um encontro como esse. No longa os vemos tentando superar sua inevitável tendência individualista e atuar como um time para vencer o oponente. No meio do caminho, claro, há conflitos de toda ordem que permitem aos espectadores satisfazer aquelas típicas curiosidades nerds: quem leva a melhor num confronto, a armadura tecnológica do Homem de Ferro ou a força bruta de Hulk? E este, seria capaz de erguer o martelo de Thor? O Mjolnir é capaz de atravessar uma montanha e voltar para as mãos do Deus do Trovão, mas conseguiria romper o escudo do Capitão América? É preciso assistir a Os Vingadores para saber as respostas. E elas estão todas lá. 

O vilão que promove a união do grupo é Loki (Tom Hiddleston), o Deus da Trapaça, irmão de Thor. Ele vem para a Terra e rouba o Tesseract, um cubo cósmico de poderes mágicos, para fazer aquilo que todo vilão sonha em fazer: dominar o mundo. E ele não vem sozinho; traz consigo um exército de alienígenas pouco amigáveis. Diante da iminência da catástrofe, Nick Fury, o diretor da agência secreta S.H.I.E.L.D, tem de unir os heróis diante da causa e convencê-los a fazer em conjunto aquilo que é rotineiro na vida de um herói: salvar o mundo. 

Quando a turma finalmente resolve suas diferenças e se une, o filme que já estava bom chega a seu ápice. As sequências são movimentadas, divertidas (o humor se faz presente a todo momento) e as mais de duas horas de projeção não são sentidas em momento algum. Ao subir dos créditos você quer mais deste filme que supera qualquer um dos anteriores da Marvel em todos os quesitos: ação, tensão, diversão, emoção...

Ao contrário de uma revista em quadrinho, na qual reunir diversos heróis depende apenas da vontade da editora, fazer um longa-metragem desse porte envolve muitos nós a desatar, como pagar polpudos cachês a atores do primeiro time, alinhar suas agendas de trabalho e ainda satisfazer os egos que costumam ser tão inflados como os dos personagens que interpretam. Edward Norton, interprete do Hulk no filme de 2008, ficou de fora da produção por “falta de espírito de colaboração”, segundo executivos da Marvel. Com isso, foi descartado de Os Vingadores e substituído por Mark Ruffalo, que assumiu o papel tão bem que nem se sente falta de Norton. 

A Marvel conseguiu a proeza de reunir todos os atores e o diretor e roteirista Joss Whedon a de fazer um dos melhores filmes de super-heróis dos últimos tempos, capaz de agradar aos fãs e àqueles que não necessariamente cresceram cultuando esses personagens. 

Após o término da sessão, aguarde na sala a subida dos créditos. Uma breve cena especial abre espaço para uma possível continuação. Esta, no entanto, depende do sucesso de bilheteria de Os Vingadores. A julgar pela qualidade do filme, a reunião do grupo de heróis vai virar rotina. 

Download DepositFiles
Download BitShare


 

 TROVÃO TROPICAL (DUBLADO)

 

Esqueça os tombos de “Entrando numa fria”, as trapalhadas de “Quem vai ficar com Mary?” e as caretas de “Starsky & Hutch”. O humor agora é diferente. Stiller usa o mesmo modelo escrachado que o consagrou, mas volta sua mira para a indústria cinematográfica americana, suas estrelas de talento duvidoso, os agentes bajuladores e os esnobes executivos de estúdios (Tom Cruise, em participação quase inacreditável).
A seqüência inicial de “Trovão tropical” mostra uma cena de guerra, com soldados sendo mortos, amputados, tripas expostas e muito sangue. Prestes a morrer e já com as duas mãos arrancadas, Ben Stiller encara fortes emoções ao se despedir do amigo vivido por Robert Downey Jr. Frases como “estou com frio”, “não sinto minhas pernas” e “você foi um irmão para mim” fazem parte do diálogo travado entre os dois.
Trata-se da filmagem de um longa dentro do filme. O diretor (Steve Coogan) manda cortar, não consegue que seus atores sigam à risca o roteiro, já está atrasado no cronograma e vem sendo pressionado pelo estúdio. Numa medida desesperada, ele decide abandonar seu elenco à própria sorte no meio de uma floresta, apenas com um mapa e um roteiro nas mãos, na esperança de que eles consigam terminar a produção.
Stiller interpreta Tugg Speedman, o típico ator decadente que após uma aposta errada rumo ao Oscar tenta reerguer sua carreira. O grande papel de sua vida foi o retardado (e incompreendido) Jack, que acabou sendo um enorme fracasso. Speedman vive sendo mimado por seu agente (Matthew McConaughhey), que o faz acreditar que ele é uma grande estrela hollywoodiana.
Downey Jr. é Kirk Lazarus, ator que encarou uma intervenção cirúrgica para escurecer a pele e interpretar um personagem negro. Com fala e posturas exagerada, ele ironiza os atores –admirados e freqüentemente premiados pela Academia– que encaram grandes mudanças físicas para seus papéis.
O personagem causou polêmica antes mesmo de o filme entrar em cartaz nos Estados Unidos. Não foi considerado politicamente correto mostrar um ator branco intepretando um personagem negro, apesar de tratar-se de um filme cômico. Muito se questionou, inclusive, sobre a existência de bons atores negros no mercado.
O trio protagonista fica completo com a chegada de Jack Black, que vive o viciado Jeff Portnoy. Os três, mais Alpa Chino (Brandon T. Jackson) e Kevin Sandusky (Jay Baruchel) seguem uma jornada cômica Vietnã adentro, tentando concluir o filme que pode salvar suas carreiras. Tudo ao som de muito rock, com uma trilha sonora que vai de Rolling Stones a Creedence Clearwater Revival.

Download DepositFiles
Download Uploaded


 

HULK (2003) DUBLADO

O cientista Bruce Banner (Eric Bana) teve problemas na sua infância, Passou por uma experiência traumática após a morte de seus pais, e depois foi adotado. Juntamente com ele trabalha Betty Ross (Jennifer Connelly), sua grande paixão. Ambos trabalham em um projeto que envolve a reconstituição de tecidos através da radiação gama, um projeto o qual o Exército está bastante interessado. Ao consertar o gammasphere, aparelho usado para aplicar a radiação gama em animais, um dos cientistas do projeto o aciona acidentalmente. Em uma tentativa desesperada de salvar o amigo, Banner se atira defronte o gammasphere e absorve a radiação gama lançada. Inexplicavelmente o acidente não o mata, fazendo com que permaneça durante algum tempo no hospital sob observação. É quando a reaparição de seu pai biológico, o qual considerava morto, revela segredos sobre o passado de Bruce Banner o qual nem ele mesmo conhecia, ao mesmo tempo em que precisa lidar com estranhas modificações em seu corpo a cada vez que fica com raiva.

DOWNLOAD


 

BATMAN ETERNAMENTE (1995) DUBLADO

 

Duas-Caras (Tommy Lee Jones) e Charada (Jim Carey), dois excêntricos bandidos, decidem descobrir a identidade do Homem-Morcego (Val Kilmer) para depois matá-lo. Este por sua vez recebe a ajuda de um jovem (Chris O'Donnell) que tem sede de vingança, por ter perdido a família em um acidente provocado exatamente pelo Duas-Caras.

DOWNLOAD


 

DRACULA DE BRAM STOKER (1992) DUBLADO

O filme conta a história do líder romeno Vlad Tepes (Drácula), que, ao defender a igreja cristã na Romênia contra o ataque dosturcos, tem sua noiva Elisabetha enganada: esta crê que seu amado morreu e então atira-se no rio chamado "Princesa". Vlad, ao retornar da guerra e constatar a morte de sua amada, e condenada ao inferno (pois se matara), renuncia e renega a Deus, à igreja e, jurando só beber sangue a partir daquele momento, sendo assim condenado à sede eterna, ou seja, ao vampirismo.

Quatro séculos se passam, e ele redescobre a reencarnação de Elizabetha, em Londres, agora conhecida como Wilhelmina Murray (Mina). Jonathan Harker, noivo de Mina, parte a trabalho para a mansão do Conde Drácula, onde irá vender dez terrenos na área de Londres para este estranho Conde.

Lá é feito prisioneiro, enquanto o conde se encaminha à Inglaterra para reencontrar sua amada. O resto do filme consiste em uma busca desesperada e sofrida do amante para reconquistar sua amada.

DOWNLOAD 


 

MADRUGADA DOS MORTOS (Dawn of the Dead, 2004) DUBLADO

 

Os zumbis desejam dominar uma cidade de Wisconsin e começam a atacar as pessoas. Ana (Sarah Polley) é uma jovem enfermeira, que consegue escapar do ataque deles e é ajudada pelo policial Kenneth (Ving Rhames). Juntos eles encontram abrigo em um shopping center, onde outros sobreviventes estão escondidos. Lá os zumbis não conseguem entrar e eles conseguem ter uma vida razoavelmente normal. Mas a situação piora quando começa a faltar energia e comida, o que faz com que eles tenham que sair do abrigo para conseguir sobreviver.

DOWNLOAD


 

PRECISAMOS FALAR SOBRE O KEVIN 

"We need to talk about Kevin", de Linney Ramsay (2011)
Filme baseado no best-seller mundial, escrito por Lionel Shriver. Diferente do livro, que consiste em ser um romance epistolar (a mãe escreve cartas para o marido), aqui o filme segue na cronologia, sendo que na montagem, alterna os tempos passado e presente. Eva (Tilda Swinton) é uma mulher bem-sucedida que resolve ter um filho com o seu marido, Franklin (John C. Reilly). O que Eva não esperava, é que a sua dedicação como mãe é zero. Ela não sabe lidar com crianças. E assim Kevin cresce em um lar que ele mesmo hostiliza, e que a mãe não consegue controlar. Até que um dia, aos 15 anos de idade, Kevin mata 11 pessoas, entre colegas da escola e familiares. Eva sofre todas as consequências desse ato trágico, e é escurraçada pela comunidade.
Drama tenso, com uma pegada de trillher, que explora de forma fria a relação familiar entre pais e filhos, e as responsabilidades de cada um nesse processo de educação. O elenco está fantástico, com destaque para Tilda Swinton e para as crianças de várias fases que interpretam Kevin. Curiosa é a forma como a direção mostra Kevin: um pequeno psicopata, desde criança. Lembra bastante Damien, de "A profecia". Tecnicamente o filme é ótimo: fotografia, trilha sonora, montagem. Muita gente não gostou da forma como Kevin é explorado no filme, quase um serial killer psicótico. É um filme porrada, que já na sua exibição em Cannes, dividiu opiniões.

 

 A CENTOPÉIA HUMANA 2

"The human centipede 2 - full sequence", de Tom Six (2011)

Martin é um segurança de um estacionamento de um subsolo sinistro. Ele é mentalmente desequilibrado, gordo, calado e anti-social. Seu filme preferido é "A centopéia humana", que ele venera. Martin resolve reproduzir a experiência da ficção, só que, ao contrário do filme, que usa 3 pessoas, ele resolve usar 12 pessoas. Assim, ele sequestra as suas vítimas na garagem, e através de uma cirurgia amadora, ele as une pelo ânus e boca. Uma de suas vítimas é uma das atrizes do filme de ficção, que cai na cilada de seu algoz.
Um filme extremamente bizarro, grotesco e claro, não recomendável para ninguém de bom senso. Como eu assisto de tudo, fiquei curioso em assistir. Mas o que se vê na tela é uma sucessão de situações degradantes, exdrúxulas, e de extremo mau gosto. Pode-se dizer que o filme é uma versão de horror escatológica de "Saló", de Pasolini. O filme é todo rodado em preto e branco, e o clima é muito sinistro. O ator Lawrence Harvey, que interpreta Martin, é perfeito para o papel. 

DOWNLOAD / LEGENDA


 

 VISITOR Q

"Bijitâ Q / Visitor Q", de Takashi Miike (2001)

Kyoshi é pai de uma família. Possui uma filha, que atualmente trabalha como prostituta. Sua esposa vive apanhando do filho adolescente. Ela também é viciada em heroína e também se prostitui para manter o seu vício. O filho, por sua vez, sofre constantemente de bullying na escola. Kyoshi está fazendo um documentário sobre violência juvenil. Ele entrevista sua filha prostituta, e acaba transando com ela. Ao mesmo tempo, grava imagens de seu filho sofrendo maus tratos da parte dos outros estudantes. Súbito, um estranho, o "Visitante Q" surge na vida dessa família, e a sua presença faz com que todos tomem atitudes diferentes.
Um dos filmes mais bizarros a que já assisti, "Visitante Q" tem uma óbvia inspiração em "Teorema", de Pasolini. Ao discutir a questão da violência doméstica e da desintegração familiar e da sociedade, Miike faz uma parábola macabra com cenas antológicas e escabrosas. Uma cena realmente inesquecível, é quando o Visitante seduz a mãe, e aperta seus mamilos, e daí, começa a jorrar leite dos mamilos. Muito louco!
O filme é polêmico: tem cenas de incesto, cenas de necrofilia (o pai transando com o cadáver de sua funcionária), cenas com fezes, cenas de espancamento de filho com a mãe, o pai sendo estuprado por garotos, e outras sandices. Definitivamente, não é um filme que irá agradar a qualquer público. Ele choca, incomoda, deixa muitas questões em aberto a serem discutidas. Basicamente, o filme poderia ser resumido em uma única palavra: humilhação. É assim que os personagens se sentem em momentos chave do filme. Miike não quiz fazer concessões aqui no filme. As cenas de sexo beiram quase o explícito. A fotografia é granulada, por conta do uso do vídeo na captação das imagens. A narrativa segue o padrão de realities shows: parece que estamos assistindo as cenas ao vivo, junto com os atores. Um estilo quase documental.

 


 

"Drive", de Nicholas Winding Refn (2011)

Ryan Gosling interpreta um stunt de cenas de ação em Hollywood. Ele é especialista em cenas de perseguição de carros. Sujeito frio e sem expressar emoção, ele vai levando uma vida paralela de crimes. Ele faz parte de uma gangue que pratica assaltos, ele sempre como motorista da ação, fugindo pelas ruas de Los Angeles, que ele conhece na palma da mão. Um dia, ele conhece sua vizinha Irena (Carey Mullighan), mãe de um filho pequeno. O marido dela é um bandido envolvido com uma gangue violenta. Ao pedir ajuda ao stunt, o marido acaba sofrendo uma morte violenta. O stunt foge com o dinheiro, e descobre toda a armação pregada pela gangue comandada por Nino (Ron Pearlman). Todos a sua volta vão morrendo, e ele fará de tudo para salvar a vida de Irene e seu filho.
Vencedor do prêmio de melhor Direção em Cannes 2011, "Drive" é um dos filmes mais impressionantes que vi na safra recente. Dirigido pelo dinarquês Nicholas Winding Refn, o filme é uma maravilhosa respirada nos filmes de ação. Dosando drama com muita pancadaria, Nicholas faz aqui uma obra-prima. As cenas precisamente estudadas, a interpretação minuciosa e fantástica de todo o elenco, o roteiro imprevisível e uma fotografia deslumbrante. O filme tem ecos de "Taxi Driver" (O personagem de Ryan Gosling passeia pelas noites de Los Angeles) e "Coração selvagem", de David Lynch. A jaqueta que Gosling usa durante o filme com certeza irá virar um ícone do cinema.
Ryan Gosling está soberbo. Com poucas falas e trabalhando mais com o olhar, frio, ele cria um personagem extraordinário. Carey Mullighan é a atriz perfeita para personificar a doce Irene, às voltas com a violência urbana. A cena da briga no elevador é antológica, um clássico.
A trilha sonora, comandada por Angelo Badalamenti (habitueé de brian de Palma e David Lynch) traz uma sonoridade típica dos anos 80: sintetizadores, vozes gélidas. Boa demais.
O filme reserva muitas cenas extremamente violentas. Uma estilização que apenas Tarantino e os irmãos Coen até então tinham.
Seja bem-vindo Nicholas Winding, e que nos traga outras maravilhas como esse " Drive".

 


 

 CONTÁGIO



"Contagion", de Steven Soderbergh (2011)

Beth Emhoff (Gwynett Paltrow), uma empresária que representa uma indústria que favorece o desmatamento de florestas, está em Hong Kong a negócios. Ao chegar em casa, nos Estados Unidos, ela passa mal. Seu marido, Mitch (Matt Damon), fica preocupado, mas de início acredita ser uma simples gripe. Até que ela tem convulsões e vem a morrer no hospital. Logo, outros casos vão surgindo. Alan (Jude Law) é um blogueiro oportunista, que se utiliza da doença para se promover. O Dr. Elis ( Lawrence Fishburne), representante do Governo, manda a Dra. Erin (Kate Winslet) vir até a cidade tentar descobrir o que está acontecendo. Ao mesmo tempo, a Dra. Lenora (Marion Cotillard), francesa, segue até Hong Kong, em busca das origens da doença. Trava-se uma batalha entre cientistas americanos e franceses na busca de uma vacina contra a doença, que vai dizimando milhões em dias.
Interessante filme catástrofe dirigido por Steven Soderbergh, que vem na tradição dos filmes do gênero nos anos 70, onde o que prevalecia era o elenco mega star: Jude Law, Kate Winslet, Gwynett Paltrow, Matt Damon, Marion Cotillard, Lawrence Fishburne... todos a serviço de um filme denúncia: o ser humano responsável pela sua própria destruição. O filme também é um alerta contra o sistema de saúde, inócuo em casos de extrema urgência. Tudo no filme parece ser bastante real. O tom, documental, contrasta com outros filmes de tema semelhante, produzidos em Hollywood, que previlegiam a aventura. Aqui, o lado dramático mostra o individualismo, o egoísmo do ser humano, que ignora a ajuda ao próximo e só pensa em si mesmo. A direção de arte e a fotografia impressionam pelo realismo.

 

"Secuestrados/Kidnapped", de Miguel Angel Vivas (2010)

Uma família composta pelo pai, mãe e uma filha adolescente acabam de se mudar para uma residência em um condomínio fechado. Porém, uma noite, um trio de bandidos invade a casa, e os fazem de reféns. O chefe deles leva o pai para sacar dinheiro. Os outros dois permanecem em casa, cuidado da mãe e filha. O que se segue é uma intensa noite de terror.
Uma brilhante direção e uso de câmera. O filme é tecnicamente impecável. São ao todo 12 planos-sequências. O filme é tenso, sofrido, difícil de assistir. É quase que um tratado de sadismo. Você passa 1:30 assistindo uma família sendo destroçada. Algo muito semelhante a "Funny games", de Michael Heneke. O filme tem um tom realista, daquele que poderia estar acontecendo com você, ao ser redor. Os atores são ótimos, intensos. O filme abusa de clichês de filmes de invasão domiciliar ( "O quarto do Pânico", inclusive com um bandido fazendo o papel do bonzinho). O que eu posso dizer é que esse filme não é recomendado para pessoas sensíveis, nem para quem já sofreu qualquer tipo de assalto, porquê pode deixar traumas. Fortes emoções. Inclusive, rola uma cena homenageando "Irreversível". Quem viver, verá.

 

AFTERMATH

de Nacho Cerda (1994)

Um médico legista faz autópsias de vários cadáveres, até se deter no corpo de uma jovem, Marta, recém falecida em acidente de carro. O legista faz dela sua obsessão: a mutila, retira seus órgãos internos, para depois transar com ela, retirar seu coração e dar ao seu cão para comer.
Esse curta de 31 minutos é, inacreditavelmente, uma experiência doentia, que com certeza, inspirou vários cineastas adeptos do gore a desenharem cenas em seus filmes da linha "torture porn". A diferença aqui é que não há gritos: as pessoas já estão mortas. Os efeitos são perfeitos, realistas. Um filme que com certeza irá impressionar muita gente, mais pelo tratamento sobre o tema da necrofilia do que pelas cenas sangrentas em si.
O filme não tem diálogos, e nem vemos o rosto do protagonista, apenas seus olhos, vistos através de uma máscara cirúrgica. Medonho, sombrio, brutal. A trilha sonora é composta de temas sacros, e compões um painel mais aterrorizante ainda, pois a calmaria do som contrasta com as imagens barra-pesadas. 

 

HANNA (dublado)

"Hanna", de Joe Wright (2011)

Filme de ação, que narra a história de Erik (Eric Bana), um ex-agente da CIA que mora com sua filha de 16 anos, Hanna (Saoirse Ronan) em uma cabana abandonada na floresta gélida da Finlândia. Hanna passa seus 16 anos afastada da civilização, tendo apenas seu pai como mentor. Ele a alfabetiza, e ensina a ela todas as técnicas de sobrevivência, tornando-a uma assassina profissional. Erik avisa a Hanna que quando ela estiver "pronta", deve acionar um botão, que fará com que uma caçada se inicie. No caso, a agente da CIA Marissa (Cate Blanchett) começa a busca em torno de Hanna. Erik foge, e Hanna é presa e interrogada, mas logo consegue escapar. Após longa travessia até Berlim, Hanna antes passará pelo Marrocos, onde irá conhecer uma família a quem ela pede ajuda.
Excelente filme de ação, com furiosas cenas de embates, além de um fantástico plano-sequência, que o diretor John Wright elabora perfeitamente. Na cena, Erik caminha por um aeroporto até desembarcar em uma estação de metrô, eliminando vários agentes que tentam matá-lo. Tudo sem corte.
O elenco, soberbo, conta com as interpretações incríveis de Saoirse Ronan e Cate Blanchett, como a vilã. Eric Bana cumpre bem o seu papel de coadjuvante. O vilão de Tom Hollander é divertido, tendo um assovio como seu elemento a enunciar um crime.
Muitas cenas beiram o inverossímel, mas em um filme com tantas qualidades, isso passa despercebido. A trilha sonora é muito boa, evocando ritmo eletrônico, que dá um puta dinamismo as cenas.

 

BEDEVILLED

"Kim Bok-Nam/Bedevilled", de Chul-Soo Yang (2010)

Filme sul-coreano, narra a história de Kim, uma jovem que trabalha em uma financiadora. Uma noite, andando pelas ruas de Seul, ela testemunha uma mulher ser atacada por 3 jovens. Ela nada faz, e a mulher é encontrada morta. Kim é chamada para depôr na delegacia, e é ameaçada pela gangue caso ela os entregue. Ao mesmo tempo, isso gera um stress em Kim, que explode emocionalmente em seu trabalho. Seu chefe pede para que ela tire um tempo de férias. Kim resolve então visitar o seu avô, que ela não vê a anos. Ele mora em uma ilha isolada, habitada por uma família distante de Kim. Chegando lá, Kim reencontra Hae Won, sua amiga de infância. Kim, quando menina, morava na Ilha, e antes de partir, prometera a Hae Wong que voltaria para buscá-la. Promessa não cumprida, Kim descobre que Hae Won sofre maus tratos por parte dos habitantes sendo escravizada e seviciada.
Curioso filme, que começa como um drama que narra os problemas das mulheres perante a violência doméstica e a questão da pedofilia. Na metade para o fim, no entanto, o filme muda de enfoque, se transformando em um suspense. Hae Won resolve se vingar de todos que a maltrataram, após um ápice emocional, decorrente de um acidente envolvendo sua filha pequena. O filme se torna então extremamente violento, chegando ao nível de violência de "Old boy". A primeira parte acontece com uma narrativa lenta, quase investigativa. Acompanhamos com sofrimento os maus tratos que Hae Won enfrenta, e o que mais queremos é que chegue logo o momento da vingança. Algo meio Sam Peckimpah: cru, frio, sem piedade.
O elenco atua de forma um pouco caricata, mas em se tratando de cinema oriental, é coerente. Muitos gritos, caras e bocas. Os efeitos são bons, e as cenas de violência, gráficas, chegam a ser engraçadas, de tão surreais.
Um filme que merece ser visto, uma vez que o cinema sul-coreano tem sido a cinematografia da vez. O desfecho é um caso à parte: surreal, lírico, melancólico.

DOWNLOAD


 

 DEADGIRL

"DeadGirl", de Marcel Sarmiento e Gadi Harel (2008)

2 amigos de faculdade, Rickie e JT se sentem frustrados por não conseguirem nada com as garotas. Ambos também possuem poucos amigos. e são anti-sociais. Um dia, perambulando por um local ermo, eles descobrem um asilo abandonado, que outrora foi um sanatório mental. Ao vasculhar o local, ouvem sons estranhos vindo de dentro de um galpão. Ao abrir o galpão, descobrem que existe uma garota amarrada, aparentemente morta. Porém, ela não está morta. Os dois se mostram assustados de início, mas logo JT passa a se aproveitar da moça. A estupra diversas vezes, e sempre retorna ao local. Rickie não concorda com a atitude do amigo. Logo JT traz outros amigos, para que todos se aproveitem dela. Paralelo, Rickie tem uma paixão platônica por uma colega de faculdade.
Interessante e controverso suspense, uma produção de baixo orçamento, mas muito bem conduzido. O elenco está ótimo, o clima sugerido pelos diretores também funcionam a contento. Tecnicamente o filme é bom, considerando o parco orçamento que tiveram. É um filme de teor polêmico, devido a cenas de necrofilia e estupro. Não é para qualquer um, e pode chocar sensivelmente quem não curte filmes masoquistas.

DOWNLOAD / LEGENDA


 

I SAW THE DEVIL

Akmareul Boatda (2010)

Policial de suspense sul coreano, dirigido por Ji-Woon Kim.
O filme narra a história de Kim, um agente de polícia que tem a esposa assassinada por um serial killer. Ele jura vingança, e que fará o assassino sofrer muito mais do que sofreu sua esposa. Ele conta com a ajuda de seu sogro, um detetive aposentado. O assassino (Min Sik Choi, protagonista de "Oldboy") tem como alvo mulheres jovens. Kim consegue descobrir o paradeiro do assassino, mas ao invés de matá-lo, injeta em seu corpo um gps. Dessa forma, ele consegue ir atrás do assassino, lhe dar várias surras, e soltá-lo de novo. Até que o assassino consegue retirar o gps, e a caçada recomeça.
Ótimo thriller, com roteiro que remete a vários filmes de serial killer, entre eles, "O Silêncio dos Inocentes", "Seven" e o recente e excelente sul coreano "O caçador".
A interpretação dos atores é magistral, com destaque para Min Sik Choi, no papel do assassino. Curioso que ele foi o anti-herói em "Oldboy", e aqui, ele faz uma inversão de personalidade, mostrando saber interpretar várias facetas distintas. Impossível não sentir ódio pelo seu personagem: frio, calculista, arrogante, obsceno.
O roteiro faz um paralelo entre a vingança de Kim e sua obsessão em caçar o assassino, e com o próprio assassino, obcecado em novas vítimas. Matar para ele é algo impulsivo, e incontrolável. A violência é de ambas as partes. O filme dosa altas cenas de tensão, com ação e drama. A violência, como não poderia deixar de ser nas produções sul-coreanas, é gráfica e abusa do gore. Existe um certo sadismo nos filmes orientais em querer mostrar doses cavalares de violência, e principalmente contra a mulher. Incomoda esse misoginismo, a forma como a mulher é retratada no filme. Sempre submissa, sem voz. É um filme essencialmente masculino.
Muitas passagens do filme me deixaram profundamente irritado, justamente por esse pouco valor ao ser humano. Mas a história é essa, e é muito bem contada, apesar de alguns momentos de inverossimilhança, apenas para deixar a história fluir (por ex, as cenas quando o assassino invade uma clinica e uma farmácia). A direção é ótima, criando altos climas de suspense. 

DOWNLOAD

PARTE 1 / LEGENDA

PARTE 2 / LEGENDA


 

DOCE VINGANÇA (DUBLADO)

"I spit on your grave", de Steven Monroe (2010)

Refilmagem de um filme homônimo de 1978, originalmente chamado no Brasil de "A vingança de Jennifer", este foi banido em vários países.
A história, breve, narra o drama de Jennifer Hills. Escritora, ela aluga uma cabana isolada numa cidadezinha, afastada da cidade. Sua intenção é escrever um roteiro com tranquilidade, Porém, ela logo é atacada por um bando de 4 homens. O Xerife local se une no estupro coletivo. Largada praticamente à morte, ela consegue fugir de seus algozes. Os homens resolvem apagar qualquer evidência da presença dela na região. Porém, o tempo passa, e logo Jennifer reaparece, dessa vez, sedenta de vingança.
Provavelmente, essa refilmagem foi inspirada nos gores de "Jogos mortais" e "O albergue". As cenas de morte são sádicas e brutais. Alguns chegam a ser hilários, tal a perversidade da ação.
O filme é polêmico, porque faz com que o espectador torça para que todos os homens morram, e da pior forma possível. E isso não é difícil, uma vez que os personagens são desenhados de forma caricata: são todos maus, muito maus. A exceção é a de um rapaz doente mental, que acaba cedendo aos encantos do estupro, aliciado pelos outros amigos. Esse fica traumatizado pelos seus atos. Mas Jennifer não quer nem saber de crises existenciais.
O filme todo se desenvolve nesse fiapo de história: uma história de vingança. Nada mais do que isso. O curioso é o título alternativo do original de 1978 : "Day of the woman" , como se fosse uma comemoração pelos direitos da mulher. Ficou bizarro.
O filme tem um ritmo lento na primeira parte, e só ganha força a partir do estupro, quando ganha mais dinâmica. Porém, faltou mais clima de suspense, e tudo fica extremamente previsível. O elenco se esforça como pode, mas o desenho dos personagens é unilateral. Os maus, e a mocinha. Sarah Butler, no papel de Jennifer, não decepciona. É um papel difícil, e incômodo. Ela lembra fisicamente a atriz Kistern Stewart.

DOWNLOAD


 

DENTES CANINOS

"Kynodontas/Dogtooth" , de Giorgos Lantimos (2009)

Filme grego, ganhador do Prêmio em Cannes 2010 da mostra "Un certain regard", cedido a novos cineastas.
Perturbador, ousado, bizarro, polêmico. Adjetivos são o que não faltam para descrever esse drama familiar.
Um casal de alta classe mora em uma mansão, com os seus 3 filhos adultos (duas moças e um rapaz). Os pais isolam os seus filhos do mundo externo. Eles não podem ver tv, não existe computador, internet, livros, nada. Tudo o que eles sabem, é através do que os seus pais contam. Todos os dias, eles escutam um gravador com vocabulários novos, gravados por seus pais, dando novos significados a palavras (por ex, Zumbi significa pequena flor amarela). O único que sai é o pai, que trabalha em uma fábrica ali perto. Ele costuma trazer Cristina, a segurança da empresa, para a casa para poder satisfazer os impulsos sexuais do filho. Ela é a única estranha que invade a casa. Os filhos agem como retardados, como crianças, e vivem fazendo brincadeiras violentas que envolvem sexo, agressões verbais e físicas.
O filme me remeteu a vários outros: "Os idiotas", de Lars Von Triers, "A Vila", de Shayamalan, "O Pântano", de Lucrecia Martel, "Funny Games", de Michael Haneke. Frio, seco, pungente e cruel. O filme reserva cenas muito fortes, e a entrega dos atores as propostas feitas pelo diretor é impressionante.
O filme é lento, porém, sempre interessante. A fotografia e o trabalho de câmera são ótimos.
Confesso que gostei bastante do filme, ousado para os padrões americanos. Por isso me espanta a indicação feita pela Academia em indicá-lo como um dos 5 concorrentes ao prêmio de filme estrangeiro, uma vez que o filme possui cenas de sexo explícito, incesto, violência.

DOWNLOAD / LEGENDA


 

CONFESSIONS

"Kokuhaku", de Tetsuya Nakashima (2010)

A Professora Morigushi se prepara para mais uma aula para a sua turma. Porém, essa aula é especial. Ela resolve comentar sobre um fato ocorrido: a sua filha foi encontrada morta em uma piscina, afogada. Morigushi investiga e descobre que a morte dela não foi acidental, e que sim, dois de seus alunos que estão presentes na sala são os responsáveis por sua morte.
A partir dessa confissão, a professora prepara a sua vingança, que culminará em mudanças radicais de todos os envolvidos, terminando em eminente tragédia para todos.
Fascinante e perturbador filme japonês, indicado pelo Japão para concorrer ao Oscar de Filme estrangeiro em 2011. O filme no entanto é ousado, e seria muito difícil ter sido selecionado pela Academia.
O roteiro acompanha a vida de vários personagens: A professora, os 2 alunos acusados do crime, uma aluna que se interessa por um dos acusados, e as respectivas mães dos acusados. Cada um deles tem o seu momento de confissão no desenrolar do filme. As reviravoltas são uma constante, revelando detalhes que antes passaram despercebidos.
O visual do filme é um caso a parte: belíssimamente fotografado, o diretor abusa de câmera lenta, trilha sonora melancólica, enquadramentos estranhos, e muito efeito especial, porém sem interferir negativamente no filme. O filme tem um constante clima de pesadelo sem fim. A gente nunca sabe o que acontecerá a seguir. O espectador fica em suspense, querendo absorver mais detalhes. O constante vai e vem na narrativa pode ser um recurso já batido, mas funciona bem.
A atuação do elenco é impressionante. Os garotos são fantásticos, e é incrível como conseguem traduzir tão bem a infelicidade e o escárnio perante a vida dos outros. Takaku Matsuo, no papel da professora, tem uma performance sensacional, mantendo sempre a elegância e postura que a profissão de professora exige, mesmo em momento tão difícil, como o de revelar a identidade dos criminosos.
Para o espectador não familiarizado com as performances dos atores japoneses, podem estranhar a constante gritaria, mas isso é um fato cultural. Os japoneses são assim, extravazam suas emoções através do grito.
Com um tema tão forte como a vingança, o filme poderia facilmente ser confundido com uma produção de Park Chow Woo, cineasta sul-coreano que dirigiu a trilogia da vingança. capitaneado por " Oldboy". Até mesmo o uso da violência gráfica, mostrada em excessos. Lembra bastante. Sinal de que o cinema asiático tem muito a oferecer a cinematografia mundial.

DOWNLOAD

 

 

  

 COMPRE AQUI

LOJA DE FILMES

 RARIDADES

DVD-R / AVI