Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
INFANTIL
INFANTIL

 

Resultado de imagem para castelo rá tim bum o filme

Castelo Rá-Tim-Bum, o Filme (1999)

A história expande o conceito dos Stradivarius, uma família tradicional de feiticeiros, que é meramente mencionada na série original. Com a chegada iminente do alinhamento dos planetas, um evento que fortalece os poderes de todos os magos, Losângela (Marieta Severo) rouba o livro de magia de Morgana (Rosi Campos) o que causa a perda dos poderes de Morgana e do Dr. Victor (Sérgio Mamberti). Losângela se alia ao Dr. Abobrinha (Pascoal da Conceição) e seu ajudante Rato (Matheus Nachtergaele), ambos com intenções de demolir o Castelo.

As esperanças do Castelo ficam nas mãos do sobrinho de Morgana e Victor, Antonino ''Nino'' Stradivarius, um menino de 300 anos aprendiz de feiticeiro. Nino também procura lidar com o fato de que não é um garoto normal, o que dificulta sua capacidade de fazer amigos. No entanto, é justamente fazendo amizade com as crianças Cacau, João e Ronaldo que ele encontra um meio de salvar o Castelo e seus tios. 

Sítio do Picapau Amarelo -  (2015) / Minhateca

Um lugar diferente, onde a realidade se mistura com o faz de conta e a imaginação é algo real. Um lugar onde uma boneca pode falar, um sabugo de milho é cientista e a vilã não passa de um jacaré com cabelos loiros.

Um lugar gostoso de viver e se aventurar, com novas histórias para ver, rever e guardar. Confira os 7 episódios – ‘Um Lugar Diferente’; ‘O Roubo do Pirlimpimpim’; ‘A História do Gato’; ‘A Princesa do Reino das Águas Claras’; ‘Um Grande Aventureiro’; ‘As Tarefas do Visconde’; ‘As Promessas do Rabicó’. 

FOFÃO E A NAVE SEM RUMO (1989) / 4SHARED

Dirigido por Adriano Stuart

ELENCO:

Orival Pessini/Fofão
Jessica Canoletti
Paulo Caruso
Danilo Faro
Ivo Lopes
Karina Palatnik
Eleonora Prado

Fofão é convocado para defender a nave que orbita a Fofolândia das garras de uma vilã que quer um sinal colocado no seu nariz para, assim que ele nascer, poder governar todas as galáxias. Assim, Fofão conta com ajuda de Aliemac, fofolo, e as crianças Bruno e Patricia.. 

Xuxa só para Baixinhos 5 - Circo / MINHATECA

Xuxa Só Para Baixinhos 3 - Country / Minhateca

XUXA EM O MISTÉRIO DE FEIURINHA (2009) / MINHATECA

As seis principais princesas dos contos de fadas (Cinderela, Rapunzel, Bela Adormecida, Branca de Neve, Bela, do conto "A Bela e a Fera" e Chapeuzinho Vermelho), apesar das diferenças entre elas, unem-se para tentar investigar o desaparecimento da princesa Feiurinha. Temerosas de que também possam desaparecer, as mesmas atravessam para o mundo real, para saber do paradeiro da princesa. O trabalho é duro, uma vez que ninguém conhece Feiurinha ou mesmo sua história.

Elenco:

Sasha Meneghel ... Feiurinha

Xuxa Meneghel ... Cinderela

Angélica ... Rapunzel

Daniele Valente ... Branca de Neve

Lavínia Vlasak ... Bela da Fera

Simone Soares ... Bela Adormecida

Samantha Schmutz ... Chapeuzinho Vermelho

Hebe Camargo ... Rainha-mãe

Bernardo Mesquita ... Príncipe da Feiurinha

Lesliana Pereira ... Fadona

Bruna Marquezine ... Bruxa Belezinha

Fafy Siqueira ... Bruxa Malvada

Alexandra Richter ... Bruxa Ruim

Ana Ribeiro ... Bruxa Pior Ainda

Luciano Szafir ... Príncipe da Cinderela

Luciano Huck ... Príncipe da Rapunzel

Paulo Gustavo ... Caio Lacaio

Daniela Dondo ... Confúcia

Leandro Hassum ... Gênio

Antônio Pedro Borges ... Pedro Bandeira

Zezé Motta ... Jerusa

Rafael Miguel ... João

Raquel Bonfante ... Maria

André Marques ... Edson (Motorista do caminhão)

Karla Dalvi ... Mãe da Feiurinha

Direção de Tizuka Yamasaki

 

BRASIL ANIMADO (2011) / Minhateca

Stress é um empresário que sempre pensa em novas formas de enriquecer. Relax é um diretor de cinema, que sempre tenta convencer Stress a investir em seus projetos. Um dia Relax propõe que eles encontrem o grande jequitibá rosa, a árvore mais antiga do Brasil. Stress gosta da ideia, pois logo vê a possibilidade de ganhar dinheiro vendendo ingressos para visitá-la. Só que a dupla não tem a menor ideia de onde ela esteja. Desta forma, partem em viagem pelo Brasil dispostos a encontrá-la.  

Cine Gibi - O Filme / MINHATECA

Sempre com ideias e invenções estranhas, desta vez Franjinha criou uma máquina de transformar quadrinhos em cinema. A invenção deixou toda a turminha animada com a chance de assistir suas aventuras. Para participar dessa grande experiência, amigos famosos da televisão também aparecem na estreia.

 

As Aventuras do Avião Vermelho (2015) / MINHATECA

A animação brasileira As Aventuras do Avião Vermelho se baseia no livro homônimo de Érico Veríssimo, escrito no longínquo ano de 1936. Uma história familiar de aventura, calcada em valores importantes, e que estimula a imaginação da criança.

Com uma abordagem colorida, a adaptação para o cinema pelos diretores Frederico Pinto (mais conhecido por sua função como diretor de arte, ele tem no currículo o infantil Eu e Meu Guarda Chuva, Entre Nós e VIPs) e José Maia (diretor de animação) acerta na escolha do texto, de forte cor local – gaúcha, é verdade, sobretudo no sotaque, já que o Rio Grande do Sul é a terra de grande parte da equipe que realizou o longa (a começar pelo autor da obra original), mas de fácil apelo para o restante do país. E a despeito da idade do texto, há uma preocupação válida de atualizar a obra com referências a 2001 - Uma Odisséia no Espaço, Guerra nas Estrelas e até Chapolin.

A trama apresenta a história de Fernandinho (voz de Pedro Yan), um garoto que, com a perda da mãe e a ausência do pai (Sergio Lulkin), sempre ocupado com o trabalho, acaba se tornando bagunceiro – e solitário. Culpado, o pai, então, tenta se reaproximar presenteando-o com toda a sorte de agrados, e o menino acaba desenvolvendo uma especial afeição por um livro da época da infância do pai, que conta as aventuras do Capitão Tormenta.

O herói é um aviador que ficou preso na península de Kamchatka. Fernandinho, então, decide salvá-lo no outro lado do mundo e convoca seus brinquedos Ursinho (Wandi Doratiotto) e Chocolate (Lázaro Ramos) para embarcar no Avião Vermelho (que também tem voz, de Milton Gonçalves). Juntos, eles vão da lua ao fundo do mar, passando pela África, China e Índia até chegar à Rússia.

A exemplo de produções internacionais caprichadas como Toy Story, os brinquedos ganham vida – aqui, na cabeça de Fernandinho. E, para um público acostumado ao estímulo constante de filmes estrangeiros de orçamento estratosférico (Disney, Pixar, Dreamworks), o 2D tradicional de As Aventuras do Avião Vermelho pode parecer um tanto quanto rudimentar – e vai ter que gastar muito combustível para prender a atenção das crianças.

Apesar dos ótimos diálogos, os episódios de aventura são um tanto quanto repetitivos, talvez para atrair os menores, o que resulta em um arco do personagem central forçosamente estendido para caber no formato de longa-metragem. Porém, além de propagandear o prazer da leitura, o filme tem como mérito discutir a relação pai e filho, por meio de um enredo lúdico e educativo. E sem legendas.

Um filme de Frederico Pinto, José Maia com Pedro Yan, Milton Gonçalves, Lázaro Ramos, Fernando Alves Pinto.

O MENINO NO ESPELHO (2013) / MINHATECA / DEPOSITFILES

Belo Horizonte, anos 1930. Fernando (Lino Facioli) é um garoto de 10 anos que está cansado de fazer as coisas chatas da vida. Seu sonho era criar um sósia, que ficasse com estas tarefas enquanto ele poderia se divertir à vontade. Até que, um dia, é exatamente isto que acontece, quando o reflexo de Fernando deixa o espelho e ganha vida.

Elenco
Lino Facioli
Giovanna Rispoli
Gisele Fróes
Laura Neiva
Mateus Solano
Murilo Grossi
Regiane Alves
Ricardo Blat

Direção: Guilherme Fiuza Zenha 

RIO (2011) Dublado / Minhateca / MEGA

Blu (Jesse Eisenberg) é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda (Leslie Mann), com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio (Rodrigo Santoro) entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade (Anne Hathaway). Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar.

Tainá - A Origem (2011) / Minhateca

Um filme de Rosane Svartman

Elenco:

Wiranu Tembé .... Tainá

Beatriz Noskoski .... Laurinha

Igor Ozzy .... Gobí

Mayara Bentes .... Maya

Nuno Leal Maia .... Vô Teodoro

Gracindo Júnior .... Vô Tigê

Guilherme Berenguer .... Vitor

Piratas da biodiversidade invadem a área da floresta amazônica onde vive Maya, jovem índia que é vítima do ataque predatório, deixando orfã a bebê Tainá.Abrigada entre as raízes da Grande Árvore (sapopema), a criança é salva e criada pelo velho e solitário pagé Tigê. Cinco anos depois, ele leva Tainá à aldeia do seu povo, onde está para ser recolhido o novo líder defensor da natureza. Por ser menina, Tainá é impedida de se apresentar ao combate, mas pela herança de Maya, a última das amazonas guerreiras, e com apoio de Laurinha, esperta menina da cidade, e do índio nerd Gobí, a indiazinha parte para derrotar os malfeitores, desvendando os mistérios de sua própria origem.

 

VOCÊ JÁ FOI À BAHIA? (1944, Dublado) / Minhateca

O Pato Donald recebe uma grande caixa no dia de seu aniversário, trazendo três presentes. O primeiro traz um projetor de cinema, contendo um filme sobre aves da América do Sul. O segundo contém um livro sobre o Brasil, que o leva à Bahia ao lado de Zé Carioca. O terceiro tem uma piñata, acompanhada de Panchito. Com os amigos, Donald vive aventuras no Brasil e no México.

 

ALÔ AMIGOS (1942) Dublado / Minhateca

Vamos fazer uma viagem pela América Latina com Pato Donald, o aviãozinho Pedro, e muitos outros personagens da família Disney. Que tal dançarmos uma rumba, um samba ou um mambo com esta turminha animada? Alô Amigos é um desenho especial. Walt Disney queria com ele fazer uma grande homenagem aos povos sulamericanos e, em particular, ao Brasil. É em Alô Amigos que nasce Joe Carioca, que aqui conhecemos como Zé Carioca, o papagaio com espírito bem brasileiro. Alô Amigos fala do folclore, da música, das lendas e dos temas de vários países. Os personagens viajam pela Colombia, venezuela, Argentina e Brasil, dando, em cada lugar, uma paradinha para fazer amigos. Nos pampas, o desengonçado Pateta coloca roupa de gaúcho e parte numa engraçada aventura. No Brail, o carnaval será o ponto alto da festa. Ao om de Aquarela do Brasil, a música brasileira mais famosa em todo mundo, Zé Carioca comanda a festa. Alô Amigo é tudo isso e muito mais… humor, alegria, empolgação.

Menino-Maluquinho2-poster.jpg

Menino Maluquinho 2: A Aventura (1999) / Minhateca

Nesta nova aventura Maluquinho está passando as férias na casa de seu avô Tônico (Stênio Garcia) um inventor que mora numa pequena comunidade no interior de Minas Gerais.Seus amigos Junin (Samuel Brandão) Lúcio (Cauã Bernard Souza) Bocão (João Romeu Filho) e Nina(Fernanda Guimarães) estão chegando a cidade para ajudar Maluquinho a arrumar o circo para o centenário da cidade.Nessa viagem Eles conhecem Tatá-Mirim,uma pequena chama que acaba por fazer a cidade acreditar que estão sendo invadidos pelo Capeta.Assim Eles acabam vivendo muitas aventuras.

Elenco:

Samuel Costa — Menino Maluquinho

Fernanda Guimarães — Nina

João Romeu Filho — Bocão

Cauã Bernard Souza — Lúcio

Samuel Brandão — Junin

Antônio Pedro — Tatá-mirim

Betina Viany — D. Margarida

Cláudia Shapiro — Beata

Cláudio Cavalcanti — Pedro Fogueteiro

Lú Grimaldi — Beata

Martha Overbeck — Vovó Iaiá

Nelson Dantas — Prefeito Costa

Pedro Bismarck — Monsenhor

Ruy Rezende — Seu Zé

Stênio Garcia — Vovô Tonico

Ziraldo — Delegado

Flávio Migliaccio

Dirigido por Fernando Meirelles

MENINO MALUQUINHO (1994) / Minhateca

Maluquinho (Samuel Costa), um menino travesso da classe média, adora brincar e pregar peças nos amigos, mas sofre quando seus pais se separam. Mas aí aparece o Vovô Passarinho (Luiz Carlos Arutin), que o leva para umas férias na fazenda, onde vive agitadas aventuras.

Elenco:

Samuel Costa — Menino Maluquinho

Patrícia Pillar — Mãe

Roberto Bomtempo — Pai

Luiz Carlos Arutin — Vô Passarinho

Hilda Rebello — Avó

Edyr de Castro — Irene

Vera Holtz — Professora

Othon Bastos — Padre

Tonico Pereira — Motorista

Fernanda Guimarães — Nina

João Romeu Filho — Bocão

Caio Reiss — Herman

Thiago Rodrigues — Lucio

Samuel Brandão — Junin

Camila Paes — Shirley Valeria

Cristina Castro — Julieta

Carolina Galvão — Carol

Levildo Barbosa Júnior — Tonico

Teuda Bara — Faxineira

Bernardo Cunha — Toquinho (Menino do Itaú e imitador do Bob Esponja, e o cara do tchauzinho no The Early Show, com Cindy Lopez)

Felipe Malzac — Bruce Lee

Dirigido por Helvécio Ratton

COCORICÓ - ESPECIAL DE NATAL / Minhateca

Júlio e João resolvem ajudar a Avó com os preparativos de Natal e ficam responsáveis por montar a árvore. Contém 3 histórias de Natal. 

Cocoricó - o Pacote Surpresa - DVD

Cocoricó: O Pacote Surpresa / Minhateca

O que será que a Turma do Júlio vai encontrar no pacote surpresa deixado no paiol? Uma missão nada fácil que requer muita imaginação, chacoalhas para um lado e outro e cheira aqui e ali. Esta turminha é mesmo muito curiosa. 

RIO 2 (2014) Dublado / MEGA

Blu (Jesse Eisenberg) vive feliz no Rio de Janeiro ao lado da companheira Jade (Anne Hathaway) e seus três filhotes, Carla (Rachel Crow), Bia (Amandla Stenberg) e Tiago (Pierce Gagnon). Seus donos, Linda (Leslie Mann) e Túlio (Rodrigo Santoro), estão agora na floresta amazônica, fazendo novas pesquisas. Por acaso eles encontram a pena de uma ararinha azul, o que pode significar que Blu e sua família não sejam os últimos da espécie. Após vê-los em uma reportagem na TV, Jade insiste para que eles partam para a Amazônia. Blu inicialmente reluta, mas acaba aceitando a ideia. Assim, toda a família parte em uma viagem pelo interior do Brasil rumo à floresta amazônica sem imaginar que, logo ao chegar, encontrarão um velho inimigo: Nigel (Jemaine Clement).

 XUXA E O TESOURO DA CIDADE PERDIDA (2004) / MINHATECA

Diretor: Moacyr Góes

Elenco:

Xuxa.... Bárbara / Deusa Blomma

Marcos Pasquim.... Ígor

Juliana Knust.... Jéssica

Zezé Motta.... Aurora Hipólito

Milton Gonçalves.... Hélio Hipólito

Paulo Vilhena.... Lisandro

Natália Lage.... Helena

Sérgio Hondjakoff.... Demétrio

Leandro Hassum.... Bunzão

Márcia Cabrita.... Flauta Morena

Luiz Carlos Tourinho.... Curupira

Rocco Pitanga.... Márcio

John Klarner.... Léo

Glaucio Gomes... dr. Egeu Oberon

Zé Victor Castiel.... Dario

Kiko Mascarenhas.... Bóris

Alexandra Richter.... Dóris

Sérgio Malheiros.... Thor

Bruna Marquezine.... Manhã

Peter Brandão.... Riacho

Marina Ruy Barbosa.... Mylla

Arduíno Colassanti.... chefe dos selvagens

Na Amazônia desconhecida, uma cidade subterrânea perdida no tempo. Fundada por vikings, que atravessaram o Atlântico e se embrenharam rio Amazonas adentro, ela abriga um tesouro misterioso. Para encontrá-la, Bárbara (Xuxa Meneghel) e as crianças Manhã (Bruna Marquezine) e Riacho (Peter Brandão), 9 e 7 anos, precisarão enfrentar inúmeros desafios e passar pelo Curupira (Luiz Carlos Tourinho). Cobras e perigosas lâminas pendulares são apenas o começo da jornada dos nossos heróis ao embarcarem na aventura de "Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida". O filme traz ainda elementos da comédia clássica de Shakespeare "Sonho de uma Noite de Verão", misturando fantasia a acontecimentos históricos, além dos momentos de suspense e emoção próprios para pessoas de todas as idades.

Meu Pé de Laranja Lima (2012) / Minhateca

Dirigido por Marcos Bernstein

Elenco:

João Guilherme Ávila como Zezé
José de Abreu como Portuga
Caco Ciocler como José Mauro de Vasconcelos
Eduardo Dascar como Paulo (pai de Zezé)
Fernanda Vianna como Estefânia (mãe de Zezé)
Pedro Vale como Totoca
Leônidas José como Luís
Julia de Victa como Glória
Kathia Calil como Jandira
Eduardo Moreira como Ladislau
Tino Gomes como Ariovaldo
Inês Peixoto como D. Cecília
Ricardo Bravo
Tadeu Silva Timote
Adim Martins Monteiro Neto
Emiliano Queiroz

Meu Pé de Laranja Lima começa com José Mauro de Vasconcelos (Caco Ciocler) recebendo uma edição de sua obra recém-impressa. Em seguida, o filme começa a contar a história a partir das recordações do escritor, através de flashbacks. Zezé (João Guilherme Ávila), um garoto de quase seis anos que vive no interior de Minas Gerais, em uma casa muito humilde com sua família, constituída por seu pai (Eduardo Dascar), desempregado e alcoólatra, e sua mãe (Fernanda Vianna), que trabalha para sustentar o lar e seus quatro irmãos. Apesar da incompreensão, da falta de afeto e das agressões sofridas tanto por parte do pai quanto por parte dos colegas, o menino tem uma grande habilidade para contar histórias usando sua imaginação.

Com as dificuldades financeiras, a família tem que mudar de casa. No novo lar, Zezé encontra acalanto em um pé de laranja lima, que ele apelida de Minguinho. No entanto, por ser extremamente extrovertido ele acaba arranjado diversas confusões. Numa delas, ele tenta surfar no para-choque de Manoel Valadares, o "Portuga" (José de Abreu), porém é flagrado e o mesmo lhe dá diversas palmadas. O garoto se sente humilhado e quer se vingar, no entanto Valadares acaba compreendendo Zezé, que por sua vez compartilha de seu mundo de fantasias com o senhor; e uma nova amizade surge.

Xuxa em Sonho de Menina (2007) / Minhateca

Dirigido por Rudi Lagemann

Kika é uma professora que vem do interior para realizar seu sonho de ser atriz na cidade grande. Incentivada por sua amiga de infância, Lara, ela decide realizar um teste de elenco no Rio de Janeiro, mas perde sua carteira com todos os documentos e dinheiro. Já na rodoviária, ela conhece uma simpática senhora que decide ajudá-la a embarcar. Ao mesmo tempo, uma poderosa produtora de TV, Pandora, coloca policiais atrás de Kika por ela ter destruído seu cenário em um teste para um espetáculo teatral. A vovozinha, juntamente com sua neta Juju, decide ajudar a moça dando-lhe um bolo de maçã mágico que a transforma em criança novamente.

A partir daí, Kikinha começa uma longa aventura a bordo do ônibus Stromboli que está levando várias crianças para a capital carioca para um teste de matemática. Guiados pelo aloprado motorista Jeandro e pela rigorosa coordenadora da excursão, Tia Memélia, a menina começa uma viagem rumo ao Rio de Janeiro, mas o motor do ônibus quebra e eles são obrigados a se hospedar no Hotel Paratodos onde, além de conhecerem um pouco mais de si mesmos, se divertem como podem para passar o tempo.

Elenco:

Xuxa Meneghel.... Kika

Carlos Casagrande.... Ricardo

Letícia Botelho....... Kikinha (kika criança)

Serjão Loroza.... Jeandro

Dirce Migliaccio.... Deolinda (linda/Vovó)

Betty Lago.... Pandora Raquel

Raquel Bonfante.... Juju

Marcelo Adnet.... Elói

Milton Gonçalves.... diretor da escola

Letícia Spiller.... mãe de Kikinha

Alice Borges.... Lara

Isabella Cunha.... Vanessa

Maria Clara David.... Glorinha

Gabrielly Nunes.... Thayane

Luan Assimos.... Olavo

Victor Andrade.... Batata

Ilana Kaplan.... tia Memélia

Gabriel Lepsch.... Maicon Pereira (MP9)

Gilberto Torres.... pai de Glória

 

 

O Meu Pé de Laranja Lima (1970) / Minhateca

Zezé é um menino de seis anos inteligente e peralta, que é cuidado pelas irmãs mais velhas enquanto a mãe trabalha numa fábrica e o pai está desempregado. Mudando para uma nova casa em Bangu, Zezé adota um pé de laranja lima que acredita que fala com ele. É matriculado na escola e se torna o melhor aluno da professora Cecília, fica amigo de um músico vendedor ambulante de panfletos com letras de tangos e valsas populares, e de "Portuga", um homem bom que possui um belo carro. Zezé vive sofrendo com abusos da família que não tem paciência com suas peraltices mas seus amigos sabem que ele é uma criança muito sensível e de bom coração.

Dirigido por Aurélio Teixeira

Elenco:

Júlio César Cruz .... José Mauro Vasconcelos "Zezé"
Aurélio Teixeira .... Manuel Valadares "Portuga" (participação especial)
Leilany Chediak.... Jandira
Henrique José Leal .... Serginho
Elisa Fernandes .... Lili
Julio Hofacker...Tio Edmundo
Janet Chermont...Glória
Catulo de Paiva...Ariovaldo
Rubens Abreu...Paulo
Maria Gladys .... professora Cecília
Vitório Veríssimo...Luís
Jorge Luiz Trannin...Totoca
Maria Helena Lott...Estefânia
Iva West...Dindinha

Eliana em O Segredo dos Golfinhos / Mega

Durante a gravação de um programa sobre golfinhos, Riviera Maya no litoral do Caribe, no México, a apresentadora Eliana se envolve em uma das maiores aventuras de sua vida. Ao lado do biológo que cuida dos golfinhos, um garoto apaixonado pelos bichos que vê o mar pela primeira vez e, claro, um golfinho muito especial, ela terá de enfrentar os desafios lançados por um eco-predador responsável por acidentes ecológicos em todo o mundo. A grande chave para ajudar a desvendar O Segredo dos Golfinhos será um antigo crânio de cristal.

Elenco:

Eliana.... Eliana

Daniel Del Sarto.... Fred

Fernanda Souza.... Veralú

Fúlvio Stefanini.... Esquivel

Francisco Milani.... voz do crânio

Ângela Dip... Tânia

Jackson Antunes.... Pepe

Eliana Fonseca.... Cris

Roney Facchini.... Gonzalez

Elias Andreatto.... juiz

João Paulo Bienemann.... Calé

Thomas Levisky.... Rogerinho

Camila Quadros.... Clarinha

Netinho de Paula.... repórter

Supla.... ele mesmo

Karin Rodrigues.... dona dos parques

Rouge.... elas mesmo

Dirigido por Eliana Fonseca

 

As Aventuras da Turma da Mônica (1982) Minhateca

Nesse filme são contadas quatro histórias. Entre cada episódio aparece Mauricio de Sousa sempre recebendo uma ligação da turma sobre um filme que ele pretende fazer, mas algum imprevisto ocorre para que a turma não apareça no filme.

As histórias contadas são:

O Plano Infalível: Lá vem Mônica, dançando e cantando, batendo nos meninos e fofocando com as meninas. Cebolinha e Cascão atacam, pintam bigode e chifrinho, implicam com a amiga. Como sempre, Mônica se vinga, dando uma surra nos dois. Mas Cebolinha e Cascão preparam um plano de vingança, o plano “Pizza a Jato”. Com a ajuda de Magali, companheira gulosa, tentam atirar uma pizza no rosto de Mônica, mas é o próprio Cebolinha que acaba todo lambuzado. Inconformado e incentivado por Cascão, ele concebe outro plano: “Mônica na Jaula”. Acompanhado de Bidu, tenta derrubar uma jaula em cima da amiga, mas erra a pontaria. Um novo plano talvez dê certo, com Franjinha e sua flor que esguicha água. Cascão, que tem medo de água, é convencido por Cebolinha a acionar o jato, mas se atrapalha, e Cebolinha molha-se todo. Quando se aproxima a amiga, o jato a atinge, mas uma jaula cai e prende os três juntos. Cebolinha e Cascão apanham mais uma vez.

Um Amor de Ratinho: Maurício de Sousa em seu estúdio, tem uma nova estória em mente. Telefona para Mônica, mas a menina vai a uma festa. Lá, Mônica é surpreendida pela última invenção de Franjinha: uma máquina que a faz muito pequena, do tamanho de um rato. Encontrando seus amigos, é obrigada a fugir, pois todos a pisoteiam e atacam, sem perceber que se trata de Mônica. No mundo das pequenas coisas, Mônica percorre o jardim da casa de Franjinha, deparando-se com uma briga de gato e rato. Aproxima-se e dá uma surra no gato, salvando o ratinho, que se comove e a leva à sua comunidade, onde todos vivem sob a pressão dos gatos. Uma enorme jaula e uma ratoeira ameaçando-nos constantemente. Mônica reúne os ratos e avança contra os invasores. Mãe, filha, avó, sobrinha, todos juntos arremessam tomates contra os felinos, que acabam derrotados. Mônica é aclamada grande heroína pela comunidade, e homenageada até pela corte. O ratinho, apaixonado, entrega-lhe um presente em nome de todos: o brinco que Mônica tanto queria. A festa da vitória continua, todos dançam rock’n’roll. Mônica e o ratinho escapolem na pista de dança e vão passear longe de todos; sentam-se lado a lado, mas, envergonhados, não sabem o que fazer. Completamente apaixonado, ele sonha com Mônica pelos céus e pelo mundo. Quando se volta para ela, cheio de amor, Mônica perdeu seu encanto e recupera o tamanho natural. O ratinho chora, inconformado, e foge pelo jardim, enquanto Mônica reencontra seus amigos. De repente, tudo se transforma em sonho: o ratinho encontra sua amada, outra Mônica do seu tamanho, e os dois se vão felizes.

A Ermitã: Novamente em seu estúdio, Maurício de Sousa busca desenvolver sua estória. Mas nada consegue. Cascão está ocupado, preparando com a turma uma surpresa para Mônica. Esta passeia pela rua, mas ninguém lhe dá atenção, todos fingem desprezo. Floquinho chega até a urinar no seu pé. Ela não se conforma, chora e, vendo algo na televisão sobre a vida de um ermitão das montanhas, resolve fugir de tudo e de todos. Arruma as roupas e vai em busca de sua solidão. Enquanto Mônica conhece os mistérios dos bichos e das plantas e montanhas, seus amigos preocupam-se com seu desaparecimento. O plano do aniversário, a surpresa, não dava certo: todos se entristecem, o aniversário da amiga não podia ser comemorado com tanta infelicidade. Mas Magali lembra a paixão de Mônica pelas montanhas, e saem todos, Cascão, Magali, Franjinha, Bidu e Cebolinha, em busca da desaparecida nas montanhas. Mônica dificulta o caminho com placas, procurando evitar que os outros se aproximem, e chora ante seu abandono. Ouvindo os soluços, seus amigos sobem montanha acima, e após ultrapassarem as placas os cinco sentem-se cansados e com fome. Abrem o lanche no chão, em frente a uma caverna, sem perceberem que lá está Mônica. Enraivecida com todos e faminta, ela veste sua máscara de monstro e assusta-os como homem das cavernas. Ao deter-se na toalha do piquenique, Mônica vê escrita no bolo a homenagem ao seu aniversário, descobrindo o porquê do abandono da turma. Enquanto todos se abraçam comemorando o retorno da amiga, um verdadeiro homem da caverna sai e devora o lanche.

O Império Empacota: Esta é a história principal do filme. Mais uma vez em seu estúdio, Maurício de Sousa traz nova ideia, mas Cebolinha está dormindo, e a coisa emperra. Em meio aos roncos de Cebolinha, vem do espaço um pequeno extra-terreno. Em sua tela surgem as ordens do chefe do Cosmos: atacar o planeta com todas as forças, para a criação de uma grande plantação de cenouras. O pequeno extra-terreno inicia seu trabalho, mas pouco consegue. O despertador, a água do chuveiro, o desentupidor de ralo nas mãos de Cebolinha nada permitem. Sem perceber a presença estranha, Cebolinha, no jardim da casa, confunde o ser espacial com o coelhinho querido da Mônica. Os dois brigam, puxam um de cada lado e acabam desmantelando o “imaginado coelhinho”. Reconstituído, enorme, ele recebe novas ordens do espaço, e captura Mônica e Cebolinha. Os dois prisioneiros caem dentro de uma nave, tomada por vários extra-terrenos. Mônica é empacotada e imobilizada, e o grande chefe Coelhão surge numa tela, anunciando seu objetivo de empacotar todos os seres humanos. Mas Cebolinha reage, foge das armadilhas com Mônica nos braços e assume uma pequena nave. Capaz de enfrentar a nave gigante, Cebolinha empacota milhares de obstáculos e derruba o Coelho chefe, enfiando-lhe uma cenoura enorme na boca. Vitorioso, Cebolinha continua triste, já que Mônica permanece imobilizada. Mas ao pegar o coelhinho querido da amiga, Cebolinha a vê voltar ao normal. Começam então a brigar e voltam à Terra.

Assim que voltam à Terra eles se encontram com Maurício, enquanto isso toda a turma entra no estúdio onde Maurício estava. Todos se apresentam e perguntam sobre o tal filme que o cartunista pretendia fazer, mas Maurício diz que a turma não precisa mais fazer o filme porque ele já está pronto.

O MENINO E O MUNDO (2013) / 1Fichier

Alê Abreu já dirigiu vários curtas de animação e trabalha como artista plástico e publicitário. Tendo trabalhado para Cinema, Tevê e revistas, ele é um artista completo. Aqui, através da história de um menino pequeno, Cuca, Alê faz a sua visão crítica sobre a modernidade e de como ela destrói a individualidade e os sonhos. Desemprego, mídia massiva, máquinas substituindo o trabalho humano, desmatamento. São muitos os alertas descritos no filme. Talvez esse excesso torne o filme com um discurso panfletário demais, mas a trilha sonora nos preenche com tanto lirismo que nos deixamos levar pela narrativa. Cuca mora no campo com seus pais. Um dia, seu pai se despede para ir trabalhar na cidade grande. Cuca passa seus dias triste com saudades do pai, até que um dia, magicamente, ele é levado pelo vento e vai seguindo o caminho do campo até a cidade grande, tendo assim, a oportunidade de encontrar o seu pai. Mas no caminho ele encontra vários percalços que futuramente irão refletir em sua vida adulta. Curioso como na essência o filme tem algo semelhante a "Shaun, o carneiro", que também está na disputa do Oscar. Campo X Cidade grande, a ausência de fala nos personagens (nos 2 filmes os adultos falam uma língua própria), o uso da trilha sonora como forma de encantamento e a crítica ao homem da cidade grande e ao mundo dos adultos. São filmes que enaltecem o lirismo e a inocência (criança X carneiros). Visualmente o filme é sensacional, recheado de cores e de magia através de amostragem de grupos folclóricos que surgem no filme. No final, senti até uma breve homenagem a "Noites de Cabíria", de Fellini, com um grupo meio cigano entoando flautas e seguindo a estrada, felizes. Fico na dúvida se esse filme atinge o público infantil. Ele tem um ritmo bem lento e a mensagem um pouco complexa para os pequeninos. Vale assistir pela beleza e pela magia.

Patati Patatá 4 - No Mundo Encantado (2010)

Neste DVD, Patati Patatá faz a festa com a garotada cantando e dançando 15 músicas de grande sucesso, intercaladas a números de mágica.

Patati Patatá 5 - Os Grandes Sucessos (2010)

 Desde a década de 80 Patati e Patatá vem animando crianças e adultos, com seu carisma e alegria contagiantes. Uma história de sucesso que confirma o apelido de ‘a dupla de palhaços mais amada do Brasil’, com milhares de fãs no país inteiro. Eles têm inúmeras músicas de sucesso, fazem muitas palhaçadas e sabem como divertir as crianças. Em “Os Grandes Sucessos de Patati Patatá” estão reunidos os melhores vídeos já gravados pelos palhaços e algumas das suas mais animadas canções, como Se você quer sorrir e A dança do macaco. A supercompilação ainda traz nos seus extras e karaokê, desenhos animados e histórias engraçadas. Este é, sem dúvida, um presentaço para o Dia das Crianças.

Patati Patatá 6 - Volta ao Mundo (2010)

Neste trabalho, Patati Patatá convida as crianças para dar a volta ao mundo num tapete mágico de sonho e alegria. Além disso, este produto mostra as diferenças culturais entre as nações, valoriza a paz mundial e a amizade.

 

Patati Patatá - A Vida É Bela (2014)

São 14 músicas INÉDITAS, cantadas pelo Patati Patatá sendo uma delas, uma nova composição da música “Luzes da Ribalta” com a participação especial de Heidi Maria.