Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
SUSPENSE
SUSPENSE

Imagem

Apassionata (1952) / Senha: cinebra

Após a consagração, ao interpretar Apassionata de Beethoven, a pianista Sílvia Nogalis é acusada da morte de seu marido, o maestro Walter Hauser. Após provar sua inocência, sai em viagem primeiro para repouso, depois numa grande turnê internacional. Conhece dois homens que se interessam por ela: Pedro, o diretor de um reformatório na praia, e Luiz Marcos, um pintor, com quem se casa, e que, após a volta ao Brasil, passa a duvidar da inocência de Sílvia, por causa das intrigas da antiga governanta.

Dirigido por Fernando de Barros

ELENCO

Tônia Carreiro (Sílvia Nogalis)
Ziembinski (Wlater Hauser)
Anselmo Duarte (Pedro)
Alberto Ruschel (Luiz Marcos)
Abílio Pereira de Almeida (Delegado)
Paulo Autran (Advogado)
Salvador Daki (Rogério)
Renato Consorte (Investigador)
Edith Helou (Governanta)
Jaime Barcelos
Xandó Batista
Elíseo de Albuquerque
Rubens de Falco

Resultado de imagem para perfume de gardenia filme 

Perfume de Gardênia (1992)

A dona-de-casa Adalgisa torna-se uma estrela da pornochanchada, o que provoca o ciúme de seu marido, o taxista Daniel, que havia matado um casal que tentou assaltá-lo. Após assistir a estreia do filme ele, corroído pelo ciúme, investe contra a mulher, mas é rechaçado sob a mira de uma arma apontada por ela. Ele vai embora prometendo que Adalgisa nunca mais verá Joaquim, o filho do casal. O tempo passa. Joaquim vira taxista, a carreira de Adalgisa entra em decadência, e Daniel, atormentado pelas sombras do passado, vive a confessar crimes que não cometeu. Até que uma tragédia acontece.

Direção: Guilherme de Almeida Prado

ELENCO

Christiane Torloni (Adalgisa)
José Mayer (Daniel)
Cláudio Marzo (Delegado)
Betty Faria (Odete Vargas)
José Lewgoy (Ody Marques)
Raul Gazzola (César Lamas)
Nelson Parente
Oscar Magrini
Participação especial:
Sérgio Mamberti
Helena Ignez
Matilde Mastrangi
Susana de Moraes
Paulo Vilaça
Renato Consorte
Maria Alice Vergueiro

 

 

 Resultado de imagem para quem matou anabela

Quem Matou Anabela? (1956) / Senha: cinebra

Anabela, a belíssima bailarina, é assassinada, e seu corpo encontrado à beira de uma represa em São Paulo. O comissário Ramos é encarregado do caso e interroga as testemunhas que moravam com ela numa pensão. De cada uma delas, obtém uma confissão do assassinato e uma descrição completamente diferente da personalidade da vítima. O mistério cresce, até o final surpreendente.

ELENCO

Os acima citados e
Aurélio Teixeira
Ary Fernandes
Marina Prata

Resultado de imagem para uma fêmea de outro mundo 

Uma Fêmea do Outro Mundo (1979)

Márcia conhece empresários com problemas na justiça, relacionados às mortes de funcionários deles, e os chantageia fazendo-os acreditar que as vítimas eram irmãos dela. Após encontros amorosos, Márcia desaparece deixando sua roupa e uma rosa vermelha sobre a cama. Aos empresários que vão procurá-la, a avó de Márcia conta sobre a morte da neta acontecida há anos. No cemitério, eles encontram o túmulo de Márcia. O que teria acontecido?

Direção: Jorge Figueira Gama

ELENCO

Kate Lyra
Milton Villar
Roberto Pirilo
Anilza Leone
Wilson Grey

 

O Mistério no Colégio Brasil - 1988

Direção de José Frazão

Elenco:

  • Othon Bastos
  • José de Abreu
  • Beth Goulart
  • Carlos Augusto Strazzer
  • Marieta Severo
  • Silvia Buarque
  • Deborah Evelyn
  • Gilda Nery
  • Enrique Diaz
  • André Barros
  • Procópio Mariano
  • Danielle Daumerie
  • Paulinho Moska
  • Alexandre Akermann
  • Kátia Bronstein
  • Tina Águas
  • Clemente Viscaíno
  • Beatriz Moreira

No Colégio Brasil, no Rio de Janeiro, estuda um grupo de amigos que estão de recuperação no último ano do colegial. Bebel namora Dan e é guitarrista de uma banda que está sem vocalista. Após um ensaio os dois vão namorar no parque numa gruta misteriosa. Lá, encontram o cadáver de uma moça e correm para avisar o diretor, Prof. Duarte. Levam-no até o local e não encontram o corpo. O diretor ameaça expulsar os dois por terem mentido e mesmo os seus amigos não acreditam na história do corpo. Intrigado, Dan resolve investigar e descobre o caso de uma professora de biologia, Patrícia, que sumiu do colégio anos atrás. Numa conversa com o Prof. Olow, Dan também descobre, por acaso, um porta-retrato com a foto da aluna Ludmila, que também havia desaparecido. Eles procuram alguma informação sobre elas no arquivo enquanto distraem Assembléia, funcionário da escola. No rastro de Ludmila chegam até Bartira, nova vocalista da banda de Bebel, sua antiga companheira de quarto. Bartira vive com a filha de Ludmila, que se revela neta do prof. Olow, o pai de Ludmila. O professor Duarte engravidara Ludmila e, não querendo assumir a gravidez já que tinha um caso com Patrícia, acabara por assassiná-la, para evitar um escândalo. Ao ser desmarcado, o prof. Duarte ameaça os dois garotos. Exige que eles parem com a investigação e conta com o descrédito do testemunho de Patrícia que vive num sanatório desde o crime. Ela reaparece e atira em Duarte. Resta o mistério do desaparecimento do corpo. É então que no meio do show da banda de Bebel aparece o cadáver no cenário. Foi Vermelhão o amigo da turma que tinha escondido o corpo para assustar a rapaziada.

Resultado de imagem para trabalhar cansa filme
Trabalhar Cansa é um bem-vindo risco cinematográfico. Flertando entre o literal e o simbolismo, o longa de estreia dos premiados curta-metragistas Marco Dutra e Juliana Rojas transita entre filme de monstro e suspense com um ácido comentário das relações sociais e de poder. Um teste para o espectador desacostumado com esse percurso entre gêneros tão distintos.

Dizer que “gostando ou não, é um filme que não dá para ficar indiferente” é um tremendo clichê. Mas quem disse que os clichês não têm um pé na realidade? Exibido em maio no Festival de Cannes dentro da mostra Um Certo Olhar e detentor de uma Menção Honrosa no Festival de Paulínia, o longa já sai em vantagem por ousar mexer com um gênero raro na cinematografia brasileira em longa-metragem (terror/fantástico) e mostra-se um filme cujo resultado é só um: Cinema. Dutra e Rojas narram um filme cujas imagens dispensam gorduras de diálogos.

Temos uma família de classe média até então bem estabelecida financeiramente. Helena (Helena Albergaria, atriz preferida da dupla de realizadores) é uma dona de casa que decide abrir um mercadinho. Empolgada por ter encontrado o imóvel perfeito, volta a casa para compartilhar a notícia com o marido. Surpresa: Otávio (Marat Descartes) acaba de ser demitido após dez anos na mesma empresa. Desempregado aos 40 anos. Enquanto eventos inexplicáveis acontecem no mercado, o marido tenta voltar ao mercado de trabalho.

São dois registros diferentes, o que não implica dois filmes diferentes ou inorgânicos. Após a sessão em Paulínia em julho, quem não gostou de Trabalhar Cansa apontou uma inaptidão do filme em fazer com eficiência a ponte entre os dois registros. Mas, um questionamento: seria mesmo um problema do filme que não consegue cruzar saudavelmente as fronteiras ou do espectador desacostumado com essa ousadia?

A pergunta surge depois de pensar também em Cópia Fiel, grande filme de Abbas Kiarostami. Em geral, quem gostou do longa achou que existem duas encenações inteiramente diferentes do casal. Supostamente existiria o momento do fingimento e, após a cena do café com a mamma italiana, surgiria dali outra encenação, na qual Juliette Binoche e William Shimell se assumiriam como um casal em crise. Ou seja, uma delimitação clara entre um antes e um depois, um isso e um aquilo.

Não seria justamente esse o mais interessante desafio de Trabalhar Cansa: propor ao espectador uma narrativa cinematográfica em que o “isso” (terror) acontece ao mesmo tempo do “aquilo” (drama social), em vez de delimitar claramente duas esferas? Não seríamos nós a pedir uma distinção clara – por ser mais fácil de racionalizar – do que um problema do filme em não fazê-la? Não seria uma necessidade nossa de, como espectador, enquadrar o filme?

Atmosfera de suspense

Criar a atmosfera de mistério e incompreensão de fenômenos estranhos não é nenhuma novidade na obra de Marco Dutra e Juliana Rojas. Especialmente em Um Ramo, premiado em Cannes em 2007 como o Melhor Curta-metragem da mostra paralela Semana da Crítica, a manutenção do clima é precisa.

No caso de Trabalhar Cansa, a criação é ainda mais meticulosa, pronta a jogar o espectador num outro tempo narrativo e testar sua sensibilidade, principalmente ao inserir objetos de cena aparentemente deslocados. Simplesmente não se sabe qual será o próximo plano, para onde o filme será encaminhado. Um filme instigante com a saudável disposição de se arriscar.

Nessa criação de atmosfera, descobrimos juntos dos personagens os estranhos fenômenos que rondam o mercadinho. Um odor estranho, um cano estranhamente entupido, uma infiltração são alguns dos elementos que conduzem o suspense. Quanto mais o mistério aumenta, mais a natureza contraditória dos personagens se revela.

Com isso, Trabalhar Cansa cresce e cai, ao mesmo tempo. Tanto na relação entre Helena com a empregada Paula (Naloana Lima) ou com os funcionários do mercadinho, o poder é sutilmente delineado. Mas a inserção da mãe de Helena é a passagem mais caricata de um filme que tem como pilar a adesão do espectador, mesmo que numa postura distanciada.

Também é mal resolvida uma viagem que Otávio, o marido, faz com a filha para uma casa de fim de semana da família. Porém, são detalhes que não tiram muitos dos méritos do filme de unir organicamente dois registros narrativos distintos.

Trabalhar Cansa é um lançamento interessante do cinema brasileiro em 2011. Mesmo não gostando, provocar discussão em torno dos gêneros cinematográficos é um mérito que o filme de Marco Dutra e Juliana Rojas esbanja a rodo.

Resultado de imagem para filme tempo de violencia 1969

Tempo de Violência - 1969

 Direção: Hugo Kusnetzoff

Elenco:

  • Antero de Oliveira
  • Antonio de Cabo
  • Carlos Koppa
  • Fernando José
  • Glauce Rocha
  • Hugo Carvana
  • Isabel Ribeiro
  • João Bennio
  • Mário Lago
  • Maurício Barroso
  • Nildo Parente
  • Paulo Padilha
  • Raul Cortez
  • Rubens de Falco
  • Tônia Carrero

Antônio, um bancário em boa situação financeira, presencia um assassinato, a partir daí, ele e a mulher, Marta, passam a ser implacavelmente perseguidos. O homem morto era um jornalista que denunciava as atividades de uma grande quadrilha de contrabandistas de minérios. 

Resultado de imagem para shock diversão diabólica

Shock: Diversão Diabólica (1986)

Dirigido por Jair Correia

Após o termino de uma festa, realizada em uma casa afastada da cidade, alguns jovens decidem passar a noite no local e começam a serem assassinados um a um.

Elenco:

  • Cláudia Alencar
  • Aldine Muller
  • Mayara Magri
  • Taumaturgo Ferreira
  • Elias Andreato
  • Kiko Guerra
  • Vandi Zachias 

Resultado de imagem para o estripador de mulheres

O Estripador de Mulheres - 1978

Um assassino está a solta pela cidade, colecionando vítimas. Sem nenhuma prova evidente e agindo pelo impulso de dar uma resposta à população, a polícia prende um funcionário de um frigorífico - que conhecia duas das vítimas e tem um comportamento muito suspeito.

Um filme de Juan Bajon com Ewerton de Castro, Renato Master, Henrique César, Paulo Domingues.

O Outro Lado da Rua (2004) / MINHATECA

Elenco:

  • Fernanda Montenegro .... Regina
  • Raul Cortez .... Camargo
  • Laura Cardoso .... Patolina
  • Luiz Carlos Persy .... Alcides
  • Miguel Lunardi .... filho de Regina
  • Caio Ramos .... neto de Regina
  • Eliana César .... filha de Camargo
  • Mauro José
  • Milene Pizarro .... Célia
  • Marcio Vito .... Walmir
  • Deo Garcez

Dirigido por Marcos Bernstein

Regina é uma mulher de 65 anos que vive em Copacabana com sua cachorrinha vira-lata. Para esquecer a solidão e se distrair, ela participa de um serviço da polícia, no qual aposentados denunciam pequenos delitos. Em uma noite ela vê através de seu binóculo o que acontece nos edifícios do outro lado da rua, e presencia o que lhe parece ser um homem matando sua mulher com uma injeção mortal. Ela chama a polícia, mas o óbito é dado como morte natural. Desmoralizada, Regina resolve provar que estava certa e acaba se envolvendo com o suposto assassino. 

Resultado de imagem para Bufo e Spallanzani nudez

Bufo & Spallanzani (2001) / MINHATECA

Dirigido por Flávio R. Tambellini

Elenco:

  • José Mayer .... Ivan Canabrava
  • Gracindo Junior .... dr. Eugênio
  • Isabel Guéron .... Minolta
  • Juca de Oliveira .... Ceresso
  • Maitê Proença ....Delfina
  • Tony Ramos ....Guedes
  • Zezé Polessa
  • Matheus Nachtergaele
  • Milton Gonçalves
  • Otávio Augusto

Ivan Canabrava é um detetive da Companhia Panamericana de Seguros que está investigando o caso de um fazendeiro que morreu pouco após fazer um seguro de um milhão de dólares. Desconfiado de que a empresa onde trabalha esteja sendo vítima de uma fraude, Ivan passa a investigar a viúva e descobre, no apartamento do casal, um sapo morto e uma planta exótica. Pesquisando sobre o assunto com a ajuda do cientista Ceresso e a jovem Minolta, Ivan passa então a se envolver cada vez mais com suas investigações, o que desagrada seu chefe. 

 Resultado de imagem para orpo 2007 rejane arruda

Corpo (2007) / MINHATECA

Um filme de Rossana Foglia, Rubens Rewald com Leonardo Medeiros, Regiane Alves, Rejane Arruda, Chris Couto

Em São Paulo, o cadáver de uma garota que parece ter morrido há décadas é encontrado numa vala comum. Apesar de ter se passado 30 anos desde a morte da moça, o corpo ainda está conservado. A descoberta agita a vida do entediado médico-legista Artur (Leonardo Medeiros) que trabalha em um necrotério público. 

Imagem

Vítimas Do Prazer (1977) / 4SHARED

Diz-se que nos snuff movies as atrizes são estupradas e assassinadas. Dois americanos, MIchel Tracy, o produtor, e Bob Channing, o diretor, vêm ao Brasil filmar um snuff movie. Será verdade o que se fala sobre tais filmes? Os americanos recrutam o elenco e começam sua macabra filmagem.

Diretor: Cláudio Cunha

ELENCO
Carlos Vereza (Edson Lima)
Rossana Ghessa (Lia de Souza)
Nadyr Fernandes (Tati Ibañez)
Lúcia Alvin (Glória)
Roberto Miranda (Sérgio Bandeira)
Hugo Bidet (Michael Tracy)
Fernando Reski (Bob Channing)
Canarinho (Juarez)
Sérgio Hingst (Advogado)
Patrícia Celere (Maria Rosa)
Geraldo Louzano (Oficial de justiça)
Walter Prado (Ator do filme)
Fátima de Jesus (Atriz do filme)
Xuxa Lopes (prostituta no bordel)
Maria Graciela (Maria Graciela) 

A Maldição do Sanpaku (1991) / MINHATECA

Ao tentar dar golpe em perigosa quadrilha, rapaz compra a ira do chefe, homem disposto a qualquer coisa para reaver sua fortuna. Envolvidos na trama estão também o melhor amigo do rapaz e sua namorada, linda mulher que traz nos olhos a marca da tragédia.

Elenco:

  • Felipe Camargo .... Poeta
  • Patrícia Pillar .... Cris
  • Roberto Bomtempo .... Gafanhoto
  • Sérgio Britto .... Velho
  • Rogéria .... Loura
  • Paulo Barbosa .... Negão
  • Jonas Bloch .... Bruce
  • Nelson Dantas .... Gold
  • Carlos Gregório .... Sivuca
  • Anselmo Vasconcelos
  • Wilson Grey

Direção: José Joffily 

180 GRAUS (2010) / Minhateca

Direção: Eduardo Vaisman

Anna (Malu Galli) e Russell (Eduardo Moscovis) são jornalistas e vivem juntos. Bernardo (Felipe Abib) começou a trabalhar há pouco tempo na redação, mas logo se torna amigo da dupla. Quando Anna e Russell decidem se separar, ele abandona a carreira e decide tocar o negócio do pai, envolvendo a plantação de laranjas, enquanto que ela resolve abrir uma editora. Um dia, após uma noite de bebedeira, Bernardo encontra uma caderneta que o inspira a escrever um livro. Ele o apresenta a Anna, que decide publicá-lo. Logo o livro torna-se um best seller, fazendo com que Bernardo vire uma estrela da literatura nacional. Só que, repentinamente, ele passa a receber ameaças do dono da caderneta. 

QUANDO EU ERA VIVO (2014) / MEGA

Direção: Marcos Dutra

Após o fim do casamento e a perda do emprego, Júnior (Marat Descartes) retorna à casa do pai (Antônio Fagundes). Mas esta não é mais a casa de sua infância. Seu quarto agora é habitado pela jovem inquilina Bruna (Sandy Leah) e todo o ambiente lhe parece inóspito e opressor. No quartinho dos fundos, Júnior encontra objetos estranhos que pertenciam à sua mãe, incluindo uma misteriosa mensagem criptografada. Certo de que a compreensão da mensagem é a chave para entender melhor seu passado e seu presente, Júnior desenvolve uma obsessão pela história da família, ao mesmo tempo em que acontecimentos sombrios passam a fazer parte da rotina da casa.

Reflexões de um liquidificador (MINHATECA)

de André Klotzel (2010)

Comédia de humor negro, que bebe na fonte dos Irmãos Cohen, esse filme paulistano, conta com um ótimo elenco, encabeçado por Ana Lucia Torre. A história gira em torno do sumiço de um homem, e a mulher dele (Ana Lucia torre) é acusada por um policial de tê-lo matado. Um liquidificador antigo, que habita a cozinha dessa mulher, faz o relato do filme, através da voz off de Selton Mello.
Apesar da premissa absurda e do bom elenco de comediantes (Fabiula Nascimento, Aramis Trindade, Gorete Milagres), falta ao filme uma "viajada" que não acontece. O filme se permite uma fábula fantástica, Klotzel deveria ter apostado mais nessa linha. O filme na maior parte do tempo sôa muito realista, caindo as vezes em um humor ingênuo, televisivo. Li uma crítica comparando o filme a "estômago". É possível, até por conta da presença de Fabiula Nascimento no elenco.
De curioso, apenas a cena final, que mostra o ocorrido com o homem. Vale pela curiosidade de ver um filme de baixíssimo orçamento. 

"Romance policial", de Jorge Duran (2014)  / Minhateca

Drama de suspense escrito e dirigido pelo cineasta chileno e radicado no Brasil Jorge Duran. Diretor de filmes como "A cor do seu destino" e "Proibido proibir", Duran exercita aqui uma verve baseada em tramas de Hitchcock e de Patricia Highsmith: a eterna história do homem errado, no lugar errado. Pensou em "O homem que sabia demais"? Pode ser um bom ponto de início. Antonio é um burocrata que trabalha em repartição pública, e nas horas vagas exercita a escrita, seu grande desejo. Vazio de idéias, Antonio resolve tirar férias e seguir até a região do deserto de Atacama, no Chile, para poder extrair conteúdo para um romance. Ele pega carona na estrada, faz amizade com o motorista e conhece uma jovem em um bar. No dia seguinte, ao passear no deserto, encontra o motorista assassinado. Sem revelar nada à polícia, Antonio enxerga ali uma oportunidade para extrair ideias para o romance. O que ele não contava, era que a polícia o tenha como suspeito do crime, e o seu envolvimento com Florencia (Daniela Ramirez). O filme se passa 90% no Chile, portanto Daniel de Oliveira passa o tempo todo conversando em castelhano. O Elenco, majoritariamente chileno, é ótimo, com destaque para Daniela Ramirez. A fotografia de Luis Abramo intensifica a beleza da luz e das locações no Deserto de Atacama. A trama é curiosa, mas o ritmo lento pode ser que afaste espectadores que busquem um drama mais calcado na trama policialesca. 

"Mundo cão", de Marcos Jorge (2016) / MINHATECA / MEGA

Suspense psicológico dirigido pelo Cineasta de "Estômago", tem em seu elenco a grande força que segura a atenção do espectador do início ao fim. Babu Santana, Lázaro Ramos, Adriana Esteves e Thainá Duarte estão soberbos em seus personagens ambíguos, que transitam entre o humor, drama e tensão. A história, co escrita por Marcos Jorge, é ambientada em São Paulo. Santana ( Babu), é um coletor de cachorros soltos na rua. Ele trabalha para um canil, e após 3 dias, sacrificam o animal, caso o dono não apareça. O dono do cachorro (Lázaro Ramos) surge e irritado por terem sacrificado sue cachorro, planeja uma vingança contra a família de Santana: sua esposa Nilza (Adriana Esteves), uma costureira evangélica e seus 2 filhos. O filme é ambientado em 2007, 1 ano antes da promulgação de uma lei que proíbe o sacrifício dos animais. Marcos Jorge homenageia o Universo de 2 cineastas: Os irmãos Coen, e o argentino Juan Campanella, de quem ele homenageia explicitamente "O segredo de seus olhos". Dos irmãos Coen, ele busca criar em Lázaro Ramos aquele tipo de psicopata de Javier Barden em "Onde os fracos não tem vez". A trilha sonora é boa, porém abundante e em determinados momentos ela atrapalha a ação. O roteiro é que surpreende, provocando reviravoltas na história. Um filme que fala de culpa e principalmente de vingança, é uma ousada experiência de mistura de gêneros: drama, suspense, comédia de humor negro. A destacar a excelente fotografia de Toca Seabra. 

O VENDEDOR DE PASSADOS (2015) / MEGA

Direção: Lula Buarque de Hollanda

O mais curioso nesse filme livremente adaptado do livro do escritor angolano José Eduardo Agualusa é a busca por um gênero. Inicialmente lançado como uma trama de suspense, na sequência veio como romance e drama. Porém, na exibição do filme no Festival de Pernambuco de 2015, onde saiu com os prêmios de Melhor Ator para Lazaro Ramos e Melhor edição de som, ele recebeu um carimbo de Comédia dramática. E isso é surpreendente. O filme pode ser visto por várias matizes distintas. Quem quiser pode buscar qualquer um desses gêneros no filme e vai se divertir. Essa é a riqueza de uma história que brinca com vidas, passados e futuros de personagens e fatos históricos. Em uma complexa rede de imagens, sejam elas fotos ou vídeos, o filme na verdade são dois: acompanhamos a trama principal, que conta a história de Vicente (Lazaro Ramos) e de uma mulher misteriosa, Clara (Alinne Moraes), e também nos deixamos seduzir pela trama paralela. Essa segunda história é a revelação de um possível passado que envolve ditadura militar argentina, torturas, assassinatos, narrada exemplarmente através de fotos e vídeos de arquivo. Vicente tem uma profissão sui generis: ele reconstrói passados dos clientes, que desejam ter a chance de terem sido uma outra pessoa no passado. Um dia surge uma mulher encantadora e provavelmente fatal, como nos bons filmes Noir: uma mulher sem nome, que ganhará a alcunha de Clara. Ela encomenda para Vicente um passado criminoso, onde ela tenha assassinado alguém. Seduzido por essa estranha, Vicente se vê preso a um jogo de verdades e mentiras, que acaba trazendo conflitos para o seu próprio passado. É real? É inventado? Visualmente o filme é muito elegante, embalado pela fotografia de Toca Seabra. A trilha sonora, charmosa e que trabalha também sonoridades clássicas com modernas, traz o elemento pop para o filme. A direção de arte também merece louvor. É um filme brasileiro que flerta com a forma de se narrar uma história trazendo o espectador para refletir sobre o que está vendo. Afinal, como na famosa frase do filme de John Ford , "O homem que matou o facínora, "se a lenda é mais interessante do que o fato, publique-se a lenda". E que se foda a verdade. 

O AMULETO (2015) / Minhateca

de Jeferson De

Suspense co-escrito e dirigido pelo mesmo cineasta do premiado drama "Broder", é uma colcha de retalhos de vários filmes de terror teen americano. É muito difícil de um verdadeiro fã de filmes de terror se assustar com esse filme. Talvez a melhor forma de assisti-lo seja juntando uns amigos e se divertindo a valer com a trama, a parte técnica e as atuações. De verdade, não sei se o filme foi realizado para ser levado a sério ou se é uma grande brincadeira com o cinema de gênero, ainda mais que na ficha técnica existe o nome do preparador de elenco Sergio Penna, conceituadíssimo no cinema e na tevê. Por isso achei que era para ser tudo um grande pastiche, de fato não levei a sério mesmo porque tinham cenas que é quase impossível não rir. Bruna Linzmeyer interpreta uma jovem sobrevivente de uma chacina que ocorreu em uma floresta na região de Moçambique, Florianópolis. Ó delegado a interroga e ela se torna suspeita da morte de três amigos. Sua mãe, interpretada por Maria Fernanda Cândido, é a única que acredita em sua inocência e guarda um segredo, baseado em um amuleto. O roteiro é tão simplório que a solução da trama já se encontra no prólogo. O elenco de apoio impressiona pela falta de espontaneidade e experiência. No final das contas, o charme do filme reside justamente ainda.

AMOR VORAZ (1984) / MINHATECA

Dirigido por Walter Hugo Khouri

Elenco:

Vera Fischer.... Anna

Márcia Rodrigues.... Sílvia

Bianca Byington.... Júlia

Cornélia Herr .... Mariana

Beth Martinez .... Beatriz

Marcelo Picchi.... Homem

Marcelo Viviane

Ricardo Negreiros

Leonor de Almeida

Lucinha Lins.... Cléia

Ana sofre de distúrbios psicológicos e Cléia, sua amiga desde a infância, cuida de seu tratamento. Ambas decidem retornar ao lugar onde passaram a infância na busca de melhores resultados para o tratamento. Mas, o encontro com um homem desconhecido vai alterar a calma perseguida. 

A COLEÇÃO INVISÍVEL (2012) / Minhateca

Um acontecimento inesperado deprime Beto que abandona o seu trabalho e viaja para Itajuípe, na Bahia, em busca de um colecionador.

Dirigido por Bernard Atal

Elenco:

Vladimir Britcha ... Beto
Clarisse Abujamra ... Clara
Walmor Chagas ... Colecionador
Ludmila Rosa ... Saada
Wesley Macedo ... Wesley
Frank Menezes ... taxista
Paulo César Pereio ... radialista
Conceição Senna ... Iolanda

Imagem

O SIGNO DE ESCORPIÃO (1974) / 4Shared

Pessoas dos doze signos zodiacais são reunidas em uma ilha, a convite de um famoso astrólogo. Os convidados começam a ser misteriosamente assassinados, antecedidos de um aviso emitido por um computador. A desconfiança de um em relação ao outro é inevitável. E o desespero atinge o clímax quando o anfitrião aparece morto.

Direção: Carlos Coimbra

ELENCO
Sebastião Campos (Mauro - Capricórnio)
Kate Lyra (Angela - Aquário)
Wanda Kosmo (Marta - Peixes)
Alan Fontaine (Kiko - Áries)
Maria Viana (Sônia - Touro)
Roberto Orosco (Clovis - Gêmeos)
Sandro Polonio (Samuel - Câncer)
Carlos Lyra (Eduardo - Leão)
Paulo Hesse (Beto - Virgem)
Elza Tsugawa (Satiko - Libra)
Rodolfo Mayer (Professor Alex - Escorpião)
Maria Della Costa (Gilda - Sagitário) 

Imagem

Apassionata (1952) / MEGA Senha: cinebra

Após a consagração, ao interpretar Apassionata de Beethoven, a pianista Sílvia Nogalis é acusada da morte de seu marido, o maestro Walter Hauser. Após provar sua inocência, sai em viagem primeiro para repouso, depois numa grande turnê internacional. Conhece dois homens que se interessam por ela: Pedro, o diretor de um reformatório na praia, e Luiz Marcos, um pintor, com quem se casa, e que, após a volta ao Brasil, passa a duvidar da inocência de Sílvia, por causa das intrigas da antiga governanta.

Direção de Fernando de Barros

ELENCO

Tônia Carreiro (Sílvia Nogalis)
Ziembinski (Wlater Hauser)
Anselmo Duarte (Pedro)
Alberto Ruschel (Luiz Marcos)
Abílio Pereira de Almeida (Delegado)
Paulo Autran (Advogado)
Salvador Daki (Rogério)
Renato Consorte (Investigador)
Edith Helou (Governanta)
Jaime Barcelos
Xandó Batista
Elíseo de Albuquerque
Rubens de Falco

 12 HORAS (Gone, 2012) Dublado / MINHATECA

 Um filme de Heitor Dhalia com Amanda Seyfried, Daniel Sunjata, Jennifer Carpenter, Sebastian Stan

Jill (Amanda Seyfried) mora com sua irmã Molly em Portland. Ela trabalha em um restaurante de noite, e sua irmã está passando um tempo em sua casa, se recuperando do alcoolismo. Jill passa seus dias na Floresta, em busca da caverna aonde ela, a dois anos atrás, foi sequestrada por um serial killer. Jill conseguiu fugir do seu algoz, mas a polícia não acredita em sua história, achando que tudo é fruto de sua imaginação. Jill tem um histórico de tratamento psiquiátrico e internação em clínica, o que favorece a desconfiança por parte dos policiais. Uma noite, ao voltar do seu trabalho, Jill não encontra a sua irmã, e desconfia que o serial killer veio para pegá-la, mas como ela não estava em casa, acabou sequestrando sua irmã. Jill vai até a polícia, mas novamente, ninguém acredita em sua história, achando que Molly deve estar com o namorado em algum lugar. Jill resolve então ela mesma descobrir o paradeiro da irmã, seguindo todos os passos do possível serial killer.

barbara_paz_gato_mia_pelada

GATA VELHA AINDA MIA (2013) / MINHATECA

 Glória Polk (Regina Duarte) é uma escritora decadente, que resolveu voltar a escrever um livro de ficção após 17 anos de ausência. Um dia, ela resolve abrir sua casa para Carol (Bárbara Paz), uma jovem jornalista que mora em seu prédio e é casada com seu antigo esposo. Empolgada com a oportunidade, Carol logo se dá conta que Glória possui uma faceta obscura, que fez com que tivesse imensa dificuldade em se relacionar com outras pessoas ao longo dos anos.

 Direção: Rafael Primot  

Faca de dois gumes (1989)MEGA SENHA: cinecult

Advogado de família ilustre, marido apaixonado, é traído por sua bela mulher, amante de seu sócio e melhor amigo. Planeja, então, um crime perfeito, articulando meticulosamente todas as peças de sua ação, mas sua atitude passional e fatores imprevisíveis, envolvendo corrupção e o sequestro de seu filho, acabam por levá-lo a se envolver numa série de acontecimentos, que transformam sua vida numa faca de dois gumes, tudo se encaminhando para um final dramático.

Diretor: Murilo Salles

ELENCO
Paulo José ... Jorge Bragança
Marieta Severo ... Sônia J. Amado
José de Abreu ... Fontana
Flávio Galvão ... Marco Aurélio Amado
Ursula Canto ... Vera Lúcia
Pedro Vasconcelos ... Paulo Sérgio - Cuca
Paulo Goulart ... Delegado Olímpio Veloso
José Lewgoy ... Sr. Álvaro J. Amado

O INVASOR (2001) / Minhateca

Dirigido por Beto Brant

ELENCO:

Marco Ricca .... Ivan
Malu Mader .... Cláudia
Mariana Ximenes .... Marina
Paulo Miklos ... Anísio
Alexandre Borges .... Gilberto
George Freire ... Estevão
Chris Couto ... Cecília
Sabotage ... Sabotage

Estevão (George Freire), Ivan (Marco Ricca) e Gilberto (Alexandre Borges) são companheiros desde os tempos de faculdade e sócios de uma construtora de sucesso há mais de 15 anos. O relacionamento entre eles sempre foi muito bom, até que um desentendimento na condução dos negócios faz com que eles entrem em choque, com Estevão, sócio majoritário, ameaçando abandonar a empresa. Acuados, Ivan e Gilberto decidem então contratar Anísio (Paulo Miklos), um matador de aluguel, para assassinar Estevão e, assim, poderem conduzir a construtora do modo como bem entendem. Entretanto, Anísio tem seus próprios planos de ascensão social e aos poucos invade cada vez mais as vidas de Ivan e Gilberto. 

ALUCINADOS (2008) / Minhateca

Direção: Roberto Santucci

Júlia (Mônica Martelli) sofre um sequestro-relâmpago, realizado por Sapeca (Sílvio Guindane) e Casé (Cláudio Gabriel). Presa no carro blindado de janelas escuras de seu marido (Tarcísio Filho), ela acredita que eles estejam em busca de dinheiro fácil, para que possam consumir drogas. Porém, aos poucos, ela nota que a dupla não deseja apenas isto. 

Momentos de Prazer e AgoniaRossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e AgoniaRossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e AgoniaRossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e Agonia Rossana Ghessa in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e AgoniaFátima Leite in Momentos de Prazer e Agonia

Momentos de Prazer e Agonia (1983) Minhateca

Depositfiles

Conta a história de Marília, uma professora da capital que muda para o interior, buscando esquecer seu relacionamento amoroso com Renata, apaixonando-se por um fazendeiro da região. Tudo vai bem, até que terríveis homicídios acontecerão envolvendo pessoas próximas a ela.

Dirigido por Adnor Pitanga

Elenco:


Rossana Ghessa ... Marília
Anthony Steffen ... Rodolfo
Fernando Amaral
Helena Andrea
Leila Correia
Marlene Figueiró
Rinaldo Gines
Ismênia Kreis
Fátima Leite
Marcos Wainberg

Rua 6, s/ n.º (2003) / MEGA  Senha: cinebra

Em Brasília, um moribundo entrega a Solano um pacote de dinheiro que pertence à Maíra, mas só tem tempo de dizer que ela mora na rua seis, morrendo em seguida. Solano entra em um dilema: ao mesmo tempo que quer encontrar a tal Maíra, pensa na própria situação, desempregado e com a mulher grávida. Tenso e atormentado pelos seus próprios fantasmas, ele passa a vasculhar desesperadamente Brasília e seus arredores em busca da desconhecida Maíra, e da misteriosa Rua Seis.

Diretor João Batista de Andrade

ELENCO

Marco Ricca e Christine Fernandes
Luciana Braga (Lenira)
João Acaiabe (Pedro)
Henrique Rovira (Paulo)
Gracindo Jr. (Isidoro)
Umberto Mangnani (Dimas)
Movimento Nacional de
Meninos e Meninas de Rua - DF

Por um corpo de Mulher

Por Um Corpo de Mulher (1979) / MEGA

Direção: Hércules Breseghelo

ELENCO

Zélia Diniz (Denise)
Fátima Porto (Silvana)
Zélia Toledo (Luísa)
Carlos Fróes (Carlos)
Liana Duval (Faxineira)
Márcia Fraga (Secretária)
Cavagnolli Netto (Porteiro)

O fotógrafo Vítor(Armando Bógus) mantém encontros extra-conjugais com as modelos fotografadas por ele. Proíbe, porém, que sua esposa Mônica (Sílvia Salgado) pose para as fotos. Júlio (Roberto Miranda), assistente de Vitor, quer a todo custo fotografar Mônica e Vanda (Helena Ramos), irmã de Carlos (Carlos Fróes), o agenciador das modelos. Misteriosamente as modelos fotografadas são assassinadas, e Vitor, o principal suspeito, aceita que Mônica pose para fotos, e uma tragédia acontece.

 

A Dama do Cine Shanghai (1987) / MEGA / Minhateca

Dirigido por Guilherme de Almeida Prado

Elenco:

Maitê Proença .... Suzana

Antônio Fagundes .... Lucas

José Mayer .... Bolívar

Paulo Villaça .... Desdino

José Lewgoy .... Linus

Miguel Falabella .... Lana

Jorge Dória .... velho

Sérgio Mamberti .... Stan

Matilde Mastrangi .... secretária

Imara Reis .... Carmem / Sabrina / Lila Van / Inês Helena

John Doo .... Chuang

Numa noite quente e úmida de verão, Lucas, um corretor de imóveis, entra num velho cinema do centro de São Paulo. Na sala escura, conhece Suzana, muito parecida com a atriz do filme policial que está sendo projetado. O encontro desencadeia uma série de acontecimentos que envolvem Lucas numa aventura cheia de intrigas e suspense.

Condenado à Liberdade (2001) / Minhateca

Mauro Vilhena, personagem de Othon Bastos, e Beatriz Vilhena interpretada por Cássia Kiss foram um casal da alta burguesia de Brasília, que é encontrado morto em sua própria cama. Inicialmente se acredita que o caso nada mais é do que homicídio seguido de suicídio, mas após investigações mais detalhadas descobre-se que na verdade Mauro e Beatriz foram assassinados. Logo as suspeitas recaem sobre Maurinho, André Gonçalves, o filho mais velho do casal, que no momento está envolvido romanticamente com Ângela, personagem de Mylla Christie, uma jovem estudante de Medicina de origem pobre que vinha sendo sistematicamente rejeitada pela família do namorado.

Elenco:

Othon Bastos....Mauro Vilhena

Cássia Kiss....Beatriz Vilhena

André Gonçalves....Maurinho

Mylla Christie....Ângela

Odilon Wagner....Carlos Vilhena

Anselmo Vasconcellos....Detetive Osmar

Nathália Timberg....Dona Irene

Antônio Pompêo....Agente Lopes

Isabel Ampudia....Inês

Camila Amado

 Meu Tio Matou um Cara (2004) / Minhateca

Éder (Lázaro Ramos) é preso ao confessar ter matado um homem. Duca (Darlan Cunha), um menino de 15 anos que é sobrinho de Éder, quer provar a inocência do tio. Ele tem certeza que o tio está assumindo o crime para livrar a namorada, Soraya (Deborah Secco), ex-mulher do morto. Duca também quer conquistar o coração de Isa (Sophia Reis), uma colega de escola que parece estar mais interessada em seu melhor amigo, Kid (Renan Gioelli). Para conseguir provar sua teoria, Duca recebe a ajuda de Isa e Kid nas investigações e contrata um detetive para tirar fotos do apartamento de Soraya.

Elenco:

Lázaro Ramos .... Éder

Deborah Secco .... Soraya

Darlan Cunha .... Duca

Sophia Reis .... Isa

Renan Gioelli .... Kid

Aílton Graça .... Laert

Dira Paes .... Cléia

Sergio Lulkin .... Advogado Rogerio

Dirigido por Jorge Furtado

CONFIA EM MIM (2014) / Minhateca / MEGA

Diretor: Michel Tikhomiroff

ELENCO:

Mateus Solano - Caio
Fernanda Machado - Mari
Fernanda D'Umbra - Teresa
Bruno Giordano - Vicente
Clarisse Abujamra - Beatriz
Janaina Afhonso - Joana
Patrícia Pichamone - Paula
Geraldo Rodrigues - Dario
Fábio Herford - Edgar
Antônio Saboia PolícialF - Federal

Mari, uma promissora chefe de cozinha, trabalha duro e sonha em abrir seu próprio restaurante. Até que acaba se envolvendo com Caio, um carismático rapaz, que dará as condições para ela realizar o seu sonho. Porém, as coisas nem sempre são o que parecem ser. Às vezes, confiamos nas pessoas erradas.

ISOLADOS (2014) / Minhateca

Direção: Tomas Portella com Bruno Gagliasso, Regiane Alves

Conta a historia de Lauro, um residente de psiquiatria, e sua namorada Renata, artista plástica e ex-paciente da clínica onde ele trabalha. O casal sai de férias para uma casa no alto da região serrana carioca. No caminho Lauro ouve boatos sobre ataques violentos que vêm acontecendo na região. As vítimas são mulheres, que estão sendo barbaramente assassinadas. Lauro prefere esconder o fato de Renata, que é muito sensível e se impressiona facilmente. Sem saber do que está acontecendo, ela se torna mais vulnerável. Na mata ao redor Lauro percebe sinais de que os assassinos estão cada vez mais perto e a solução é manter Renata presa na casa. O isolamento torna a situação insustentável e a luta pela sobrevivência desencadeia uma trama repleta de suspense, onde a realidade e a loucura se misturam.

A FLORESTA QUE SE MOVE (2016) / Mega

Diretor: Vinicius Coimbra

Adaptar Shakespeare é tarefa arriscada, ainda mais quando a ideia é mudar a ambientação para algo moderno. Fica ainda mais complicado quando a intenção é manter o tom teatral e exagerado da peça, algo que, no cinema, costuma não funcionar – e é o que acontece aqui. Ainda assim, Floresta que se Move merece atenção por contar com o retorno de Ana Paula Arósio ao cinema e ser belo visualmente.

De cara, a abertura chama atenção: ao som de música clássica assustadora, paisagens europeias ajudam a criar a atmosfera sombria, até que chegamos à imagem de um castelo decadente. Até parece que essa adaptação de Macbeth se passa no século XI, mas não é o caso e o cenário logo muda para o agressivo mundo empresarial.

Inspirado no clássico Macbeth, A Floresta Que se Move acompanha Elias (Gabriel Braga Nunes), executivo do segundo maior banco do Brasil. Seu destino começa a mudar quando encontra uma misteriosa bordadeira que se diz vidente. Ela afirma que ele se tornará vice-presidente do banco e no dia seguinte seria o novo presidente. Quando Elias conta a história para Clara (Ana Paula Arósio), sua esposa, ela convida o atual presidente do banco para jantar, para que o marido possa subir de posição na empresa. No entanto, o plano arquitetado pelo casal culmina em uma série de assassinatos e numa busca desenfreada por poder.

ImageImage

A Grande Arte (1991) / 4Shared / Minhateca

O filme narra a busca do fotógrafo estadunidense Peter Mandrake pelo serial killer que assassinou sua amiga prostituta Gisela e estuprou sua namorada Marie. Para isso, ele se alia ao assassino profissional Hermes, perito na luta com facas, e se embrenha no submundo carioca e no deserto Boliviano atrás dos seus antigos algozes.

Elenco:

Peter Coyote .... Peter Mandrake

Tchéky Karyo .... Hermes

Amanda Pays .... Marie

Raul Cortez .... Lima Prado

Giulia Gam .... Gisela Martins

Eduardo Conde .... Roberto Mitry

René Ruiz .... José Zakkai (Nariz de ferro)

Tonico Pereira .... Rafael

Miguel Ángel Fuentes .... Camilo Fuentes

Cássia Kiss .... Mercedes

Iza do Eirado .... Zélia

Tony Tornado .... guarda-costas de José Zakkai

Eduardo Waddington ... Lemos, o vendedor de facas

Álvaro Freire

Maria Alves

Dirigido por Walter Salles 

[Onde+Andará+Dulce+Veiga.jpg]

ONDE ANDARÁ DULCE VEIGA? (2008) / Minhateca / MEGA Senha: cinebra

Dirigido por Guilherme de Almeida Prado

Elenco:

Maitê Proença .... Dulce Veiga
Eriberto Leão .... Caio
Carolina Dieckmann .... Márcia Felácio
Nuno Leal Maia .... Rafic
Christiane Torloni .... Layla Van
Cacá Rosset .... Castilhos
Oscar Magrini .... Alberto Veiga
Júlia Lemmertz .... Lídia
Carmo Dalla Vecchia .... Raudério
Maíra Chasseraux .... Patrícia
Francarlos Reis .... Pepito
Matilde Mastrangi .... Iracema
Imara Reis .... Teresinha

Fábio Daber .... Marco Antônio
Márcio Werneck .... Apresentador
Rennata Aírold .... Assistente
Airton Renô .... Oxumaré
Cleber Colombo .... Taxista de Dulce
Gabi Silvestri .... Baterista
Sura Sepúlveda .... Guitarrista
Ana Moori .... Baixista
Roberto Marques .... Estudante de Tango
Franklin Zapatta .... Professor de Tango
Giulia Barbosa Gayoso .... Márcia menina
Fernanda Eva .... Empregada
Elis Maia .... Mulata da foto
Tamayo Nazarian .... Policial 1
Ronaldo Oliva .... Policial 2
Bruno Perillo .... Policial 3
Rogério Bandeira .... Policial 4
Hermelino Neder .... Saxofonista
Luis Rossi .... Taxista de Caio
André Ceccato .... Claquetista

Nos anos de 1980, um jornalista decide descobrir o paradeiro de Dulce Veiga, uma atriz e cantora que desapareceu misteriosamente nos anos 1960. O que ele não sabe é o quanto terá que descobrir sobre si mesmo antes de encontrá-la. Nesta busca, atravessa o Brasil, do Rio de Janeiro à Floresta Amazônica, e fica cada vez mais obcecado pela personalidade intrigante da filha de Dulce, uma famosa roqueira lésbica.  

É PROIBIDO FUMAR (2009) / Minhateca

Baby (Glória Pires) vive sozinha no apartamento que herdou da mãe. Ela dá aulas de violão para alguns alunos e vive em atrito com as irmãs. Quando o músico Max (Paulo Miklos) se muda para o apartamento vizinho, Baby vê nele a grande chance de voltar à vida. Para que o romance dê certo ela está disposta a enfrentar qualquer ameaça, inclusive seu vício compulsivo por fumar.

Dirigido por Anna Muylaert

ELENCO:

Glória Pires como Baby
Paulo Miklos, como Max
Marisa Orth
Paulo Cesar Peréio
Antonio Abujamra
Fernanda Concon
Marcelo Mansfield
André Abujamra
Lourenço Mutarelli
Pitty
Lucas Machado Candeias 

 Imagem

Uma Fêmea do Outro Mundo (1979) MEGA

Márcia conhece empresários com problemas na justiça, relacionados às mortes de funcionários deles, e os chantageia fazendo-os acreditar que as vítimas eram irmãos dela. Após encontros amorosos, Márcia desaparece deixando sua roupa e uma rosa vermelha sobre a cama. Aos empresários que vão procurá-la, a avó de Márcia conta sobre a morte da neta acontecida há anos. No cemitério, eles encontram o túmulo de Márcia. O que teria acontecido?

Direção: Jorge Figueira Gama

ELENCO

Kate Lyra
Milton Villar
Roberto Pirilo
Anilza Leone
Wilson Grey

Imagem

A Noite da Fêmeas (Ensaio Geral, 1976) / Minhateca

Durante o ensaio de uma peça teatral, quatro atrizes são envenenadas. Um censor chama a polícia e um inspetor para dar início às investigações. No interrogatório, todos os depoentes demonstram ter motivos para o assassinato.

Diretor: Fauzi Mansur

ELENCO

Kate Hansen, Nádia Lippi, Marlene França, Maria Isabel de Lizandra, Antônio Fagundes, Ewerton de Castro, Dionísio Azevedo, Elizabeth Hartmann, Sérgio Hingst, Lola Brah, Liza Vieira, Kadu Moliterno (como Carlos Eduardo)