Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
AVENTURA
AVENTURA

 

Imagem 

Caçada Sangrenta (1974) Senha: cinebra

Ozualdo Ribeiro Candeias faleceu aos 84 anos de idade, em São Paulo, no dia 8 de fevereiro de 2007.

Difícil imaginá-lo preso a um leito de hospital, impossível cogitar a quantidade de impropérios que deve ter desferido a seu passado ou mesmo à ausência de seu futuro, principalmente se o considerarmos uma alma itinerante que -- a contragosto ou não -- tornou-se refúgio das expectativas sobre um determinado ideal cinematográfico.

Agricultor, motorista de caminhão, cafetão, crupiê, astronauta, todas as ocupações que teve e as que não teve somam-se à lenda urbana do realizador que, egresso do povo, retratou-o com conhecimento de causa polido à base de educação cinematográfica formal, já nos idos da década de 50 -- quando contava mais de 30 anos.

Esse contato direto com o meio acadêmico é possivelmente a primeira das diferenças sutis em relação a outro ícone do cinema nacional, José Mojica Marins -- com quem, aliás, dividiu os créditos da "Trilogia do Terror" (1968): Mojica dirigiu o episódio "Pesadelo Macabro"; Candeias, "O acordo"; Luiz Sérgio Person, "Procissão dos Mortos".

Quando rodou em 1974 "Caçada Sangrenta", primeiro filme produzido pela Dacar, de David Cardoso, Candeias via-se na posição pouco confortável de autor reverenciado, associado a estruturas minimalistas de produção -- os recursos financeiros eram parcos; as equipes, enxutas -- e à anti-linearidade narrativa. Não à toa, seu primeiro longa-metragem, "A Margem" (1967), passara a ser metonimicamente identificado com o advento do próprio Cinema Marginal.

Espectadores mais atentos o notarão, ainda, na faceta de ator -- pontas em "O Bandido da Luz Vermelha" (1968) e "O Ritual dos Sádicos" (1969) -- ou na equipe de produção de filmes atípicos a seu ethos paticular -- "O Quarto" (1968), de Rubem Biáfora; "Agnaldo, Perigo à Vista" (1969), comédia estrelada por Agnaldo Rayol, secundada por David Cardoso.

Apesar de improvável, a presença na picardia lollipop de "Agnaldo, Perigo À Vista" possibilitou uma parceria entre Candeias e Cardoso que viria a ser retomada em "A Herança" (1971) -- dirigida por Candeias, uma subversão do "Hamlet" shakesperiano, com o galã no papel de Omleto.

A dupla reencontra-se três anos mais tarde, a pedido de David, então cabeça da Dacar Produções. E se considerarmos o começo da Dacar -- com muito de brasilidade e encantamento pelo poder, numa tônica da gestão cultural no país --, os detalhes vistos acima e nem tanto os aspectos estéticos do filme em si, "Caçada Sangrenta" alcança fácil o status de cult.

Suposta ode ao estado natal de Cardoso, Mato Grosso, "Caçada Sangrenta" foi financiado grande parte por um belo patrocínio: através de amigos em comum, David contactou o governador José Fragelli, conseguiu uma audiência, prometeu a exposição das belezas naturais do pantanal e afins, e dali por diante bastou pouco tempo para terem às mãos, importada e tinindo, uma Arriflex novinha em folha.

A pobre coitada, sem saber, acabou sendo responsável por colocar no ar mais de cinco minutos seguidos de noticiário sobre a Transpantaneira, o Brasil grande, desfile de Sete de Setembro com direito a poster do General Garrastazu Médici, além do progresso em Corumbá e Ponta Porã, tudo em um tom de triunfalismo que deve ter "desagradado" -- para não usarmos outro termo mais incisivo -- o exigente Candeias.

E dessa disparidade entre uma concepção "autenticamente" candeística e outra "autenticamente" voltada para garantir nas bilheterias o retorno dos investimentos da Dacar e dos co-produtores (Gilberto Adrien e José Eduardo Rolim), o filme torna-se manco, preso pelas pernas, com momentos raros de inventividade.

Neco (David Cardoso), suspeito do assassinato de uma ex-amante, é o easy-rider que foge de São Paulo após se envolver com uma mecenas morta brutalmente por um amigo. Com a maleta cheia de dinheiro, cruza o interior matogrossense, distribui tapas, pancadas, se enrosca com mocinhas liberadas, até que na maré de azar acaba encontrando um triste fim.

Também autor do argumento e do roteiro, a impressão que se tem é a de que em determinado momento Candeias simplesmente decidiu deixar o barco correr solto e aproveitar, com o frêmito beatnik de sempre, a oportunidade de viajar pelo Brasil Central. Mesmo sem a observação do material bruto em si, os depoimentos dos envolvidos deixam clara essa combustão entre perspectivas diferentes que acabaram prejudicando a construção do filme.

Cite-se a costura rápida no início -- ainda no ambiente urbano de São Paulo, em que o diretor sentia-se mais à vontade --; o senso de humor aqui e ali -- o nome de Pedro Rovái aparece na caderneta de telefone do protagonista --; e, de resto, esporadicamente Candeias dava o ar da graça: as cenas de luta tentam fugir do bom-mocismo -- há chutes abaixo da linha da cintura -- e angulações constroem quadros que o público mais ortodoxo do "Amaral Netto Repórter" não acharia muito agradável.

Existem momentos, porém, em que Neco se aproxima por segundos de um simulacro de "El Topo"; e nestes instantes as andanças a cavalo previsíveis tentam demonstrar a solidão e a farsa do protagonista.

Passados mais de trinta anos, temos ao fim a constatação de que Candeias dirigiria apenas outros cinco longa-metragens -- "A Opção" ou "As Rosas da Estrada" (1981), "Manelão, o Caçador de Orelhas" (1982); "A Freira e a Tortura" (1983), novamente com Cardoso; "As Belas da Billings" e "O Vigilante" (1993) -- e, no total, onze curtas.

Avesso às badalações de praxe, trancou consigo uma fração considerável de nossa identidade fílmica. Silenciosa e feérica, sempre à espera de um próximo encontro com as telas. Reencontro desta vez frustrado, por nunca mais vir.

Direção: Ozualdo Candeias

ELENCO

David Cardoso (Nequinho)
Marlene França (Mecenas)
Walter Portella (Fídias)
Fátima Antunes (Índia)
Evelize Olivier (Namorada)
Heitor Gaiotti (Policial)
Munir Razuk (Gigolô)
Wosmarline Siqueira (Guarânia)
Carmen Angélica
Nicanor de Oliveira

Resultado de imagem para xuxa abracadabra filme

Xuxa Abracadabra (2003) / Depositfiles

 Direção - Moacyr Góes
Elenco - Xuxa Meneghel, Marcio Garcia, Heloísa Périssé, Claudia Raia, Eva Todor, Sergio Mamberti, Tom Cavalcante, Toni Garrido, Lucio Mauro Filho, Leandro Hassum, Luis Salem, Brunno Abrahão, Maria Mariana Azevedo, Bruna Marquezine

Sofia (Xuxa) é uma bibliotecária especializada em literatura infantil. Ela está de saída com sua melhor amiga, Patrícia (Heloísa Pérrissé), quando recebe um pedido de Matheus (Marcio Garcia), viúvo há três anos de uma prima de Sofia, para cuidar de seus filhos, Lucas (Bruno Abrahão) e de Júlia (Maria Mariana Azevedo). Ela concorda, pois, além de adorar as crianças, ela nutre uma paixão secreta por Matheus. Na casa do tio-avô de Matheus, que é um astrônomo-feiticeiro, ela e as duas crianças caem dentro de um livro mágico, indo parar na Floresta Encantada, onde todos os Contos de Fadas acontecem.  

Resultado de imagem para Parada 88, o Limite de Alerta 

Parada 88 - O Limite de Alerta (1977)

 Direção de José de Anchieta

Elenco:

  • Regina Duarte .... Ana
  • Joel Barcellos .... Joaquim Porfírio
  • Yara Amaral .... Maria
  • Cleyde Yáconis .... Preacher
  • Egídio Eccio .... Boca
  • Sérgio Mamberti .... Santana
  • Osmar Di Piere .... Dr.Pessoa
  • Terence Tullgren .... Angel Face
  • Maria Viana .... Margareth
  • Osly Delano .... Antônio
  • Clemente Viscaíno .... assistente do Dr. Pessoa

Os moradores da cidade de Parada 88, contaminada no ano de 1994 devido a explosão do reator de uma indústria química, vivem em túneis de plástico, único meio de vida que pode garantir sua sobrevivência, já que o oxigênio, que tornou-se um bem de consumo, utilizado precisa ser reaproveitado para não gerar mais gastos. Certo dia, Joaquim ganha um sorteio que lhe dá dinheiro suficiente para pagar pelo seu oxigênio e o de sua família; mas, para pegar o prêmio, ele precisará ir até as ruínas da fábrica para coletar notícias de um grupo de aventureiros especialistas em contaminação postados no local.

Resultado de imagem para O Homem do Pau-brasil

O Homem do Pau-Brasil - 1981

Dirigido por Joaquim Pedro de Andrade

Elenco:

  • Ítala Nandi...Oswald de Andrade 1
  • Flávio Galvão...Oswald de Andrade 2
  • Regina Duarte...Lalá
  • Cristina Aché...Dorotéa
  • Paulo Hesse...Mário de Andrade
  • Carlos Gregório...Menotti Del Pichia
  • Juliana Carneiro da Cunha...bailarina estrangeira (alusão a Isadora Duncan)
  • Dina Sfat...Branca Clara (alusão a Tarsila do Amaral)
  • Dora Pellegrino...Rosa Lituana (alusão a Pagu)
  • Grande Otelo...Príncipe africano Tourvalu de Blesi
  • Etty Fraser...Dona Azeitona
  • Othon Bastos...capitão do navio
  • Nelson Dantas...frade
  • Wilson Grey...frade
  • Sérgio Mamberti...Pedroso
  • Miriam Muniz...juíza
  • Marcos Plonka...governador
  • David José...militar rebelado
  • Antonio Pitanga...César, líder operário
  • Paulo José...mensageiro do navio
  • Riva Nimitz
  • Luis Linhares...Paulo Prado
  • Marcos Fayad...Blaise Sans Bras (alusão a Blaise Cendrars)
  • Xandó Batista
  • Antonio Pedro
  • Fábio Sabag
  • Renato Borghi
  • Patrício Bisso
  • Arduino Colasanti
  • Raymundo de Souza

O jornalista e escritor Oswald aparece como duas pessoas, um homem e uma mulher. Ele é casado com Lalá mas cai de amores pela jovem Doroteia, a quem tenta lançar a carreira de bailarina no cenário artístico. Com outros companheiros artistas ele agita a Semana de Arte Moderna de 1922. Conhecendo a artista milionária Branca Clara, parte com ela para Paris a bordo de um navio a vapor. Ao retornar, traz com ele o poeta francês maneta Blaise Sans Bras que deseja fazer um filme com financiamento do governo paulista mas os planos são interrompidos pela revolução militar. Ele inicia o movimento antropofágico e se envolve com o operariado comunista, quando conhece seu novo amor Rosa Lituana. Por fim ele adere ao naturismo. 

 

Didi, o Caçador de Tesouros (2006)

Dirigido por Marcus Figueiredo

Renato Aragão
João Paulo Bienemann
Cecil Thiré
Grazi Massafera
Francisco Cuoco
Miguel Thiré
Eduardo Galvão
Lívian Aragão

Didi é o mordomo de dr. Samuel Walker, o pai de Pedrinho, que é grande companheiro nas aventuras de Didi. Juntos, eles irão para um misterioso hotel abandonado, em busca de pistas sobre a história de tenente Lucas, o avô de Pedrinho. Lucas foi considerado um desertor da Força aérea britânica, porque estava entre os militares que fugiram para o Brasil com um carregamento de ouro roubado, quando o avião caiu em uma região próxima a São Paulo. Este acidente fez com que Lucas, os outros militares,e as outras pessoas que viram o ouro virassem fantasmas, presos entre a Terra e o céu, a espera de alguem de coração puro que encontrasse e devolvesse o ouro. Didi, que sempre sonhou em ser um caçador de tesouros, é a pessoa que pode achar o ouro, libertar a alma dos fantasmas e recuperar o status de herói do avô de Pedrinho.

 O-cavaleiro-didi-e-a-princesa-lili.jpg

O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili (2006)

Dirigido por Marcos Figueiredo

Didi (Renato Aragão) é um cavalariço da Landnóvia e melhor amigo de Lindolfo (Werner Schünemann), o rei deste rico país. A filha única do rei, a princesa Lili, está sendo ameaçada de ser sequestrada e vive escondida numa escola interna na Suíça. Seu sequestrador foi capturado e ela volta ao reino e se torna amiga de Didi. Lili se apaixona por Juan, um plebeu do palácio, mas quando puder se casar, não poderá escolher um plebeu. Seu Primo Galante quando tinha 7 anos (Eike Duarte) era bom e gostava muito de brincar com as outras crianças, porém quando cresce e fica com 20 anos (Paulo Nigro) ele fica mau, egoísta e metido.

O pai de Lili morre quando ela era criança e o duque Jaffar planeja que Lili se case com seu filho Galante. Antes de morrer, porém o rei Lindolfo pedira a Didi que cuidasse da rainha Valentina e da princesa além de revelar-lhe que ele era o Cavaleiro Misterioso herói o reino da Landnóvia a gerações e passando esse encargo a Didi.

14 anos se passam e Lili tem que escolher o noivo. Jaffar tem um plano e ela acaba escolhendo para noivo Galante. Porém, Juan, agora capitão da guarda, quer fazer de tudo para provar que Jaffar e Galante são maus. Juan consegue desmascarar Jaffar e Galante, com a ajuda de Didi como Cavaleiro Misterioso, e eles tentam fugir, mas Juan dá uma surra em Galante, que vai para a cadeia junto com Jaffar. Após isso a rainha Valentina nomeia o Cavaleiro Misterioso Sir Didi e renuncia em favor de sua filha que nomeia Juan Barão Valente e estes então se casam.

Lili e Juan tem uma filha, Galante tem um sobrinho de 7 anos (Eike Duarte), mas este não é mau, todos na escola são amigos dele e ele e a filha de Lili e Juan gostam um do outro.

  • O castelo que aparece no filme é o Castelo do Batel, que fica numa das mais movimentadas ruas de Curitiba, Paraná.

maiorturadaimagem

O Guerreiro Didi e a Ninja Lili (2008)

Dirigido por Marcos Figueiredo

Elenco:

Lívian Taranto Aragão
Renato Aragão
Danielle Suzuki
Vanessa Lóes
Marcello Novaes
Cadu Paschoal
Rodrigo Hilbert
João Vitor Silva

No início do século XX, Lili (Lívian Aragão) é a filha de um jovem oficial europeu convocado para a guerra. Um mestre oriental fica responsável pela educação dela, principalmente na milenar arte que deu origem aos ninjas. Ele envia Lili de volta à Europa para ser criada por sua única familiar viva, Morgana (Vanessa Lóes), sua milionária tia materna. Mas a menina não está sozinha: o mestre pede para que o atrapalhado Didi (Renato Aragão) cuide da pequena ninja.

 Resultado de imagem para um certo capitao rodrigo filme

Um Certo Capitão Rodrigo (1971)

Dirigido por Anselmo Duarte

Rodrigo Cambará é um cavaleiro boêmio e destemido que adentra a pacata cidade de Santa Fé e acaba conquistando os corações das mulheres e a admiração dos homens.

Elenco:

  • Francisco di Franco .... Rodrigo Cambará
  • Elza de Castro .... Bibiana Terra Cambará
  • Newton Prado .... Ricardo Amaral
  • Alvaro Alves Pereira .... Padre Lara
  • Pepita Rodrigues .... Helga
  • Paixão Côrtes .... Pedro Terra
  • Ronaldo Teixeira .... Juvenal Terra
  • Anita Esbano .... Arminda Terra
  • Sônia Dutra .... Paula
  • Paulo Brezolim .... Bento Amaral
  • Carlos Castilho .... Quirino
  • Iná Dornelles Vargas .... índia
  • Henrique Martins ... voz de Rodrigo (não creditado)
  • Lílian Lemmertz ... voz de Bibiana 

Imagem

Abrigo Nuclear (1981) / Senha: cinebra

Para preservar a espécie humana da radiação ionizante, a população é alocada em um abrigo subterrâneo. Chefiados sob forte regime pela Comandante Avo e seus fiéis, a geóloga Lix e um grupo de dissidentes desenvolvem um projeto que permitirá o retorno da raça humana a superfície, e a libertação do controle de Avo.

ELENCO

Conceição Senna
Roberto Pires
Sasso Alano
Norma Bengell
Rony Pires
César Pires

 Resultado de imagem para o 5 poder 1962

O 5º Poder (1962) / Senha: cinebra

Dirigido por Alberto Pieralisi

A trama gira em torno de espiões alemães que instalam clandestinamente, em antenas de rádio e TV no Rio de Janeiro, aparelhos que emitem ondas que alteram a percepção da população. Essas ondas, ou raios subliminares, transformariam o povo numa massa agressiva e imbecilizada, levando o país a um caos. Permitindo assim que forças estrangeiras tomassem conta facilmente do nosso governo para usurpar nossas riquezas naturais.

Caberá a um casal de jornalistas, Carlos (Oswaldo Loureiro) e Laura (Eva Wilma), desbaratar essa rede de lavagem cerebral e salvar nosso país das garras do imperialismo estrangeiro. Apesar de trabalharam para a impressa, nosso casal de heróis curiosamente não gosta de assistir TV e nem escutar rádio, sendo assim, eles são incólumes aos raios subliminares.

 Imagem

19 Mulheres e 1 Homem (1977) / MINHATECA

Direção: David Cardoso

ELENCO
David Cardoso (Rubens)
Helena Ramos (Tânia)
Carolina Lindsay (Kátia)
Aldine Müller (Jussara)
Patricia Scalvi (Cecília)
Cláudia Santos (Malú)
Paola Bianchi (Ruth)
Zélia Diniz (Maria)
Suely Gagliardi
Mara Prado
Ozualdo Candeias
Luis Carlos Braga
Participação Especial:
Sívlia Massari (Anfitriã)
Lisa Negri(Caseira)

Dezoito universitárias paulistas e uma professora resolvem fazer uma excursão ao Paraguai alugando um ônibus numa empresa, cujo diretor, Rubens, decide servir de motorista e gozar assim suas férias, junto com as moças. A viagem é interrompida por cinco criminosos que confinam o grupo numa fazenda do pantanal mato-grossense, após matar os empregados. Os marginais brutalizam as jovens e algumas que tentam fugir são eliminadas. Auxiliado por dois meninos, filhos do dono da fazenda, Rubens contacta alguns amigos, pilotos do Aeroclube, através de um rádio transmissor, simulando uma fuga para distrair os marginais, na tentativa de resgatar as moças sobreviventes.

 Image result for serra pelada o filme

MINHATECA Partes 01 / 02 / 03 / 04

"Serra pelada", de Heitor Dhalia (2013)

Cobiça, traição, casamento, prostitutas, forró, desilusão, paixão, violência... todos esses ingredientes, que fazem parte do roteiro do filme, já existiam, em suas devidas proporções, na comédia "Os Trapalhões na Serra Pelada", filme de 1982, filmado em loco na própria Serra Pelada. Aliás, muitos dos planos gerais foram cedidos do filme do Renato Aragão, uma vez que a produção de Heitor Dhalia sofreu um redimensionamento em seu orçamento que o impediu de filmar na locação real de Serra Pelada. No final do filme, tenho que confessar que o que me chamou mais atenção foi a trilha sonora de Antonio Pinto, que revisitou inclusive Gretchen, em uma releitura deliciosa, e pinçou clássicos do brega dos anos 80. O filme narra a história de Joaquim (Júlio Andrade) e Juliano (Juliano Cazarré), 2 amigos de infância que durante a crise financeira, resolvem abandonar família e São Paulo e seguir com o sonho de enriquecer na Serra Pelada. Porém, Juliano se transforma com a fortuna, ao passo que Joaquim tenta manter a sua dignidade, mas numa terra de mocinhos e bandidos, tudo pode acontecer. Obviamente que o forte do filme está no elenco, com destaque para Wagner Moura em papel caricato mas divertidíssimo, e para a caracterização (maquiagem e figurino). O roteiro não encontra novidades, e confesso, nos primeiros 10 minutos já entendi o filme inteiro. Aliás, a narração em OFF, óbvia associação a "Cidade de Deus", é redundante. É cinemão de qualidade, para quem busca um entretenimento acima da média. O que já é um enorme feito, visto que muitos filmes recentes têm frustrado bastante as expectativas.

 

Resultado de imagem para amazonia filme

Amazônia - 2013

Castanha (voz de Lúcio Mauro Filho) é um macaco prego, criado em cativeiro, que é liberado na Floresta Amazônica. Seguindo o ponto de vista do animal, o filme revela os mistérios da fauna e da flora da região, destacando dificuldades enfrentadas pelo animal e ainda algumas amizades, como a com a macaca Gaia (Isabelle Drummond).

Resultado de imagem para o escaravelho do diabo filme

O Escaravelho do Diabo - 2016

 Nem sempre a lembrança que se tem de algo saudoso corresponde à qualidade do mesmo. Truques da memória, que por vezes valoriza mais o prazer existente na situação vivenciada. É o que acontece com O Escaravelho do Diabo, sucesso literário junto ao público infanto-juvenil nos anos 1980 e 90 que, enfim, ganha uma adaptação para o cinema. Após ver o filme e reler o livro, agora sob o olhar adulto, fica a constatação: a nova versão é melhor. O que não significa que seja, necessariamente, boa.

Para início de conversa, é importante compreender as mudanças feitas pelos roteiristas Melanie Dimantas e Ronaldo Santos em relação ao livro escrito por Lúcia Machado de Almeida, em 1956. Se antes Alberto era um jovem adulto, quase formando na faculdade de Medicina, agora ele é uma criança em torno de 13 anos. A opção em rejuvenescer o protagonista tem fins comerciais, já que o longa-metragem busca atrair o mesmo público jovem de antigamente, mas também resolve problemas conceituais em torno do personagem, um notório paquerador. Agora criança, tal característica é eliminada por completo e a história encontra brecha para trabalhar o tema do primeiro amor, que costuma ser bem recebido pelo público em geral.

Outra mudança considerável se refere ao coprotagonista delegado Pimentel (Marcos Caruso, apático). Unidimensional no livro, onde segue o estereótipo do policial competente e dedicado, aqui ele ganha dificuldades de saúde que afetam sua capacidade. Na verdade, a intenção da dupla de roteiristas era criar deficiências que pudessem ser exploradas tanto em Alberto quanto em Pimentel, de forma que não fossem tão heróicos e sempre corretos, como o livro aponta. Há uma tentativa de humanizá-los, tornando-os mais próximos à realidade e, é claro, ao público atual. Também neste sentido, há várias referências às maravilhas modernas da tecnologia, como tablets, conversas online e videogames. Tudo para que o jovem de hoje se sinta perfeitamente ambientado.

Entretanto, por mais que haja esta nítida preocupação em situar a trama do livro para o mundo de hoje, o roteiro entrega também algumas falhas graves de desenvolvimento. Seja com diálogos bruscos ou conclusões precipitadas/sem terem sido bem fundamentadas, há lacunas relevantes na investigação conduzida por Alberto e Pimentel em busca do assassino dos ruivos. Uma delas é a própria descoberta desta conexão, conduzida através de uma simplicidade impressionante (no mal sentido). Outra é o "escaravelho do diabo vai voltar" solta aleatoriamente por Marcos Caruso, de forma até canhestra.

Apesar destes descuidos, que poderiam ter sido evitados caso o roteiro recebesse um maior apuro, é importante ressaltar o esforço e até a ousadia na proposta do longa-metragem. Mais do que investir na aventura juvenil, O Escaravelho do Diabo adota um tom sombrio que surpreende. Seja através da figura do enigmático vilão, intencionalmente apresentado nas sombras durante boa parte do filme, mas especialmente ao não poupar o espectador de cenas mais fortes. Apesar de jamais ser explícito, o filme traz cenas de violência pouco comuns ao gênero, bem conduzidas pelo diretor estreante (no cinema) Carlo Milani.

Outro ponto positivo é a forma como o roteiro reorganiza os ataques do vilão, até mesmo inserindo situações que não estão no livro. A sequência com o jornalista, interpretado com competência por Bruce Gomlevsky, é uma delas. Divertido e atual, traz ao filme agilidade e também um certo alívio cômico necessário, especialmente quando os problemas de Alberto e Pimentel ganham terreno. O mesmo vale para a cantora pop Rubi, representação cinematográfica da atriz de ópera presente no livro. Por outro lado, a exclusão da subtrama da pensão de Mrs. O'Shea retira do filme um peso excessivo decorrente dos personagens e ainda a paixão insossa existente entre Alberto e Verônica - além de alterar radicalmente o desfecho da história, o que também é uma melhoria.

Por mais que seja irregular, especialmente nas ausências mal explicadas de seus dois personagens principais em certos períodos, O Escaravelho do Diabo merece atenção pelo modo como recria uma história consagrada e até mesmo a melhora, retirando os clichês e vícios decorrentes da época em que foi escrito. Ainda assim, fica a incômoda sensação de que esta mesma história, melhor trabalhada, poderia render um filme bem mais envolvente. Destaque para o bom trabalho do jovem Thiago Rosseti, intérprete de Alberto, bem naturalista em cena.

Resultado de imagem para no meio da rua filme

No Meio da Rua - 2006

Leonardo é um garoto de 11 anos de família de classe média alta, que tem vários tipos de aula e carro com motorista. A caminho da escola, enquanto seu carro aguarda em um sinal de trânsito, ele conhece Kiko, um garoto de sua idade que faz malabarismos na rua para ganhar alguns trocados.

Logo os dois se tornam amigos, o que faz com que Leonardo empreste seu Game Boy para Kiko. Este ato faz com que Leonardo receba uma bronca de sua mãe, Márcia, que não vê com bons olhos esta amizade.

Decidido a recuperar o videogame, Leonardo falta uma aula para encontrar Kiko. Porém Kiko lhe diz que não está mais com o jogo, que foi pego por dois olheiros que trabalham para o traficante Baratão.

É quando os dois amigos decidem subir o morro para recuperar o Game Boy a todo custo.

Dirigido por Antonio Carlos da Fontoura, o infantil “No Meio da Rua” tem no elenco Flávia Alessandra, Tarcísio Filho e Leandro Hassum.

CARROSSEL, O FILME (2015) / Minhateca

Direção: Alexandre Boury, Mauricio Eça

A galera do Carrossel está de férias da Escola Mundial! E desta vez, a aventura acontece no acampamento Panapaná, do avô de Alicia. Juntos eles viverão dias incríveis, participando de uma gincana organizada pelo Senhor Campos, um velhinho muito simpático, que faz de tudo para que as crianças se divirtam ao máximo. Até a amarga diretora Olívia parece se divertir em meio à algazarra dos alunos. É nesse clima de diversão que chega Gonzáles, funcionário de uma incorporadora, que tem a missão de comprar o terreno do acampamento para transformá-lo em uma fábrica poluidora. Mesmo que para isso ele precise sabotar e difamar o Panapaná para obrigar Campos a fechá-lo. A tarefa é aparentemente fácil, mas Gonzales e seu fiel parceiro, Gonzalito, terão pela frente a turma esperta da Escola Mundial para atrapalhar os seus planos. Os meninos precisarão abandonar a rivalidade entre os times da gincana e se unir para tentar desmascarar os bandidos e salvar o acampamento.

Carrossel 2 - O Sumiço de Maria Joaquina (2016) / Minhateca

BR2SHARE / BRFILES Senha para descompactar: matias.tr

Direção: Mauricio Eça

Elenco:

Larissa Manoela – Maria Joaquina
Jean Paulo – Cirilo
Maísa Silva – Valéria Ferreira
Rosanne – Professora Helena
Paulo Miklos – Gonzalez
Oscar Filho – Gonzalito
Miá Mello – Didi Mel
Elke Maravilha – Mãe do Gonzalez

A trama do filme por si só já é suficiente para passar a impressão de que as crianças cresceram. O cenário do acampamento infantil Panapaná dá espaço para um outro, completamente urbano e desafiador: a cidade de São Paulo. Lá, elas vão encarar mais uma vez os divertidos e caricatos vilões Gonzales (Paulo Miklos) e Gonzalito (Oscar Filho).

A história começa quando a professora Helena (Rosanne Mulholland), que havia ficado de fora do primeiro filme, anuncia aos alunos que eles farão uma participação especial no show de uma amiga sua dos tempos do colégio: a famosa cantora Didi Mel (Miá Melo). Paralelamente a isso, a dupla de vilões sai da cadeia e prepara uma vingança contra as crianças. A chance deles de colocar o plano maléfico em prática vem exatamente durante os ensaios para a apresentação com a estrela pop, quando os malvados invadem o local e sequestram a protagonista Maria Joaquina (Larissa Manoela).

Com as crianças preocupadas com a amiga, a cantora decide que vai usar um de seus mais influentes contatos, o governador do Estado, para buscar ajuda, mas até que tudo esteja resolvido a turma deve obedecer às demandas dos vilões para evitar que algum mal aconteça a Maria Joaquina. Os pedidos, entretanto, não são parecidos com os de outros sequestradores: a dupla impõe às crianças uma série de provas e desafios pela cidade. O objetivo é fazer com que os pequenos enfrentem dificuldades parecidas com as que eles encararam quando tentaram destruir o acampamento no primeiro longa. Liderada pela professora, a turma aceita a provocação e parte para uma espécie de gincana pela capital paulista.

Com o desenrolar da história, o crescimento das crianças é explicitado não apenas nos rostos e tamanhos dos atores, mas em detalhes da trama. Grande parte das cenas tem a participação essencial do celular, como item de suma importância.  Os alunos se comunicam por mensagens, tiram fotos e fazem buscas na internet – além de usar uma linguagem moderna, como o uso do termo “hashtag” –, o que faz com que o enredo se aproxime mais do público pré-adolescente e também explore a influência das redes no cotidiano da nova geração.

Enquanto isso, no núcleo mais divertido do filme, Maria Joaquina e seus sequestradores protagonizam momentos cômicos no cativeiro. A menina mostra toda a sua birra aos dois vilões, que acabam ficando atordoados com a criança. Uma ótima mudança em comparação com o longa anterior acontece a partir daí. Gonzalito, ao contrário de Carrossel – O Filme – onde apenas balbucia coisas ininteligíveis – tem mais falas e participações. A interação com o chefe, Gonzales, que pouco aconteceu no anterior, soma muito aos malvados.

Outro ponto que acrescenta à história é o time de convidados especiais. Alguns chegam para participar das provas com as crianças, como o jogador de futsal Falcão e o apresentador Carlos Bertolazzi, do Hell’s Kitchen Brasil, que propõe um desafio culinário para os alunos. Mas a participação mais divertida é a de Elke Maravilha, que vive a mãe de Gonzales, em um dos melhores papéis da trama.

O grande lance do filme, entretanto, é mesmo saber se adequar à geração que cresceu com a novela. A produção até dá margem para que a história continue em um terceiro episódio.

Por Henrique Castro - http://veja.abril.com.br/

 Resultado de imagem para manobra radical filme

Manobra Radical - 1991 / Minhateca

Um filme de Elisa Tolomelli com Cecil Thiré, Glenda Kozlowsky, José de Abreu, Otávio Augusto.

Às vésperas de um importante campeonato de surf, um grupo de jovens viaja pela costa brasileira na intenção de treinar bastante e ter uma chance de profissionalização no esporte. Porém, no meio do caminho, Guel, um surfista vagabundo, apaixona-se por uma moça rica. No entanto, as coisas começam a sair fora do controle quando ela fica grávida, forçando Guel a abandonar sua antiga vida e a entrar em um novo caminho cheio de responsabilidades e longe do surf.

Resultado de imagem para acquaria 2003

Acquaria - 2003

O planeta Terra está devastado pela falta de água. Deserto e árido, restam neste lugar poucos seres vivos, que tiveram que se adequar ao novo bioma.

Isolados em pequenas comunidades, que vivem separadas por imensos desertos, está um grupo de pessoas que sobrevivem com a pesca e a água captada por um reservatório "ultra-moderno". Num passado não distante (cerca de 15 anos antes), este mesmo local era uma vila onde Bártok e Nara, dois importantes cientistas, trabalhavam no desenvolvimento de uma máquina que gerava água. Porém, seu plano foi abortado por um grupo de nômades mutantes que mataram o casal de cientistas e destruíram a vila, ficando nela somente o assistente do casal, Gaspar, e o filho do casal, Kim.

A vila se tornou ponto de referência entre viajantes e músicos (Bártok também construía instrumentos musicais muito bons) e, às vezes, algumas comitivas paravam por lá para descansar ou fazer trocas. Numa dessas comitivas, o pequeno Guili foi deixado por seus pais que estavam muito doentes.

Kim encontra Sarah no meio do deserto e a leva para casa. A aventura do filme acontece a partir daí.

Elenco:

  • Sandy Leah.......Sarah
  • Junior Lima.......Kim
  • Emílio Orciollo Neto.......Gaspar o cientista
  • Igor Rudolf.......Guily
  • Júlia Lemmertz.......Nara
  • Alexandre Borges.......Bártok
  • Daniel Ribeiro.......Ábadon
  • Milton Gonçalves.......Závos
  • Serafim Gonzalez.......Sárkis
  • Wind.......Mingus

Dirigido por Flávia Moraes

 

Brasil Ano 2000 -1968

Direção: Walter Lima Júnior

Elenco:

  • Afonso Stuart Prefeito
  • Aizita Nascimento Mulher
  • Alberto Prado Juíz
  • Anecy Rocha Filha
  • Arduíno Colassanti Motorista
  • Ênio Gonçalves Jornalista
  • Hélio Fernando Filho
  • Iracema de Alencar Mãe
  • Jackson De Souza Político
  • Manfredo Colassanti Indigenista
  • Raul Cortez Homem que protesta
  • Rodolfo Arena Padre
  • Zbigniew Ziembinski General

No ano 2000, com o país parcialmente devastado pela Terceira Guerra Mundial, uma família de imigrantes chega a uma pequena cidade a que dão o nome de “Me Esqueci”. O trio é recrutado por um indigenista para fingir-se de índios durante a visita de um general. No dilema entre integrar-se ao sistema ou preservar a liberdade individual, colaborar com a farsa ou denunciá-la, a família caminha para a desagregação enquanto a cidade se prepara para o lançamento de um foguete espacial. 

 Resultado de imagem

O Segredo dos Diamantes - 2013 / ISO

Um filme de Helvécio Ratton com Matheus Abreu, Rachel Pimentel, Alberto Gouvêa, Dira Paes, Rui Rezende.

Ângelo (Matheus Abreu) chega à casa da avó (Manoelita Lustosa), no interior de Minas Gerais, após passar por um imprevisto com os pais. A grande notícia das redondezas é a descoberta de um pequeno baú cheio de moedas e um manuscrito com um enigma, supostamente deixado por um padre que, 200 anos antes, teria escondido um punhado de diamantes. Decidido a encontrá-los para pagar a cara cirurgia que seu pai precisa fazer, Ângelo conta com a ajuda de seus amigos, Julia (Rachel Pimentel) e Carlinhos (Alberto Gouvêa).

Resultado de imagem para uirá um indio em busca de deus filme

Uirá, Um Índio em Busca de Deus (1973) / MINHATECA

O filme foca a trajetória de Uirá, um índio Urubu-Kaapor, na busca pela "terra sem males". A aventura começa após a morte de seu primogênito, quando ele e sua família decidem sair em busca de Maíra, o Herói criador nas culturas Tupi. Nesse processo, Uirá atravessa o interior do Maranhão e chega à capital, São Luís.

Dirigido por Gustavo Dahl

Elenco:

  • João Borges
  • Gustavo Dahl
  • Capitão João
  • Ana Maria Magalhães.... Maíra
  • Érico Vidal.... Uirá
  • Ana Zilda 

 

Uma Aventura do Zico (1998) / Minhateca

 Dirigido por Antonio Carlos da Fontoura

Elenco:

  • Zico como Zico / Zicópia
  • Jonas Bloch como Sérgio
  • Eri Johnson como Demétrius
  • Thierry Figueira como Marcão
  • Betty Erthal como Dra. Judith Bernstein
  • Íris Bustamante como Carol
  • Paulo Gorgulho como Edílson
  • César Filho como Gabriel[3]
  • Felipe Barreto Adão como Tuca
  • Rodolpho Fukamati como Kazuo
  • Carla Gomes como Luciana (Lula)
  • Dado Oliveira como Dida
  • Gabriel Gabriel como Fred Mondo

Uma emissora de televisão promove um concurso para selecionar 22 garotos para ter aulas de futebol com Zico. Entre os escolhidos estão um garoto carioca, Tuca (Felipe Barreto Adão), um nissei que mora na Liberdade, Kazuo (Rodolpho Fukamati), um auxiliar de feirante de Caruaru, Dida (Dado Oliveira) e uma garota gaúcha, Lula (Carla Gomes), que por fim terá que se disfarçar de garoto. Fred (Gabriel Gabriel), um menino rico e mimado, se enfurece por não ter sido um dos escolhidos. Com isso, seu pai Sérgio (Jonas Bloch) resolve contratar a cientista Dra. Judith Bernstein (Betty Erthal) para criar um clone do Zico, a fim do filho ter aulas particulares com ele.

AS CONFISSÕES DE FREI ABÓBORA (1971) / Minhateca

Dirigido por Braz Chediak

Elenco:

Tarcísio Meira
Norma Benguell
Jacqueline Myrna
Emiliano Queiroz
Nelson Xavier
Oswaldo Loureiro
Leda Valle
Amândio
Nena Oliveira

As aventuras amorosas de um padre desiludido com a religião e com a vida.

   

LANA, RAINHA DAS AMAZONAS (1964)

Mega / Dublado / Senha: cinebra

Direção: Cyl Farney, Géza von Cziffra

ELENCO:

Anton Diffring … Professor Van Vries (as Antony Diffring)
Catherine Schell … Queen Lana (as Catherina von Schell)
Christian Wolff … Peter van Vries
Michael Hinz … Mathias / Emmanuel
Yara Lex … Amazon #1
Dieter Eppler … Giovanni di Araúza / Gerónimo de Araújo
Haydee Pinto … Amazon #2
Átila Iório … Black guide / Casanova (as Átila Jorio)
Adalberto Silva … White guide (as Adalbert Silva)

Dedé Santana

Uma expedição científica, que procura vestígios de uma antiga civilização na Selva Amazônica, é sequestrada por bandidos que estão em busca de um lendário tesouro. Todos acabam prisioneiros de uma tribo de amazonas, liderada por uma rainha branca, Lana, única sobrevivente de um desastre de avião acontecido anos antes.

4SHARED    Parte01 / Parte02 / Parte03 / Parte04

Senha : www.cinespacemonster.blogspot.com.br

Iracema, A Virgem dos Labios de Mel (1979) / MINHATECA

Direção: Carlos Coimbra

ELENCO
Alberto Ruschel
Carlos Koppa
Dina Medeiros
Francisco Di Franco
Francisco Gomes
Helena Ramos
Ilma Conceição
José Mateus Lopes
Ladislene Paula
Lourdes de Souza
Lucy Furtado
Mário Benvenuti Filho
Stael de Almeida
Tony Correia

Guardiã do segredo do licor da Jurema, Iracema é filha do pagé da tribo Tabajara. Virgem, seu corpo pertence a Tupã, poderosa divindade indígena, e, caso se entregue a alguém, será castigada com a morte. Mas a chegada do guerreiro Martim, em missão de reconhecimento, desperta o amor de Iracema. Irapuã, cacique dos Tabajaras, apaixonado por Iracema, não contém o ciúme e decide eliminar o estrangeiro. Mas o amor entre Martim e Iracema é mais forte que a intolerância e as leis de Tabajara, e o casal, para defender a união, decide fugir.

ABRACADABRA /  DEPOSITFILES

Direção - Moacyr Góes
Elenco - Xuxa Meneghel, Marcio Garcia, Heloísa Périssé, Claudia Raia, Eva Todor, Sergio Mamberti, Tom Cavalcante, Toni Garrido, Lucio Mauro Filho, Leandro Hassum, Luis Salem, Brunno Abrahão, Maria Mariana Azevedo, Bruna Marquezine, entre outros.

Sofia (Xuxa) é uma bibliotecária especializada em literatura infantil. Ela está de saída com sua melhor amiga, Patrícia (Heloísa Pérrissé), quando recebe um pedido de Matheus (Marcio Garcia), viúvo há três anos de uma prima de Sofia, para cuidar de seus filhos, Lucas (Bruno Abrahão) e de Júlia (Maria Mariana Azevedo). Ela concorda, pois, além de adorar as crianças, ela nutre uma paixão secreta por Matheus. Na casa do tio-avô de Matheus, que é um astrônomo-feiticeiro, ela e as duas crianças caem dentro de um livro mágico, indo parar na Floresta Encantada, onde todos os Contos de Fadas acontecem. 

UMA HISTÓRIA DE AMOR E FÚRIA (2012) / Minhateca

Dirigido por Luiz Bolognesi

A trama situa-se em quatro datas na história do Brasil: 1500, quando o país foi descoberto pelos exploradores portugueses, 1800, em eventos durante a escravidão; 1970, durante o ponto alto da ditadura e no futuro em 2096, quando haverá uma guerra sobre a água. O filme narra o amor entre Janaína (Camila Pitanga) e guerreiro nativo (Selton Mello) que, quando morrer, terá a forma de um pássaro. Durante seis séculos, a história do casal sobrevive através desses quatro estágios na história do Brasil.   

31 MINUTOS, O FILME (2008) / MINHATECA

Dirigido por Álvaro Díaz e Pedro Peirano

A malvada multimilionária Cachirula está obcecada para completar sua coleção de animais estranhos e para isso encarrega a Tio Careca de trazer Juanín Juan Harry para a sua maléfica ilha. No dia do aniversário de Túlio Trivinho, Juanín tem tudo pronto para comemorar, mas os planos de Cachirula triunfarão com uma mentira que vai acabar com Juanín demitido e afastado de seus amigos. Como esperado, é então neste momento que Tio Careca convence Juanín a trabalhar com ele em seu canal e entrar rapidamente em um container e um barco vai em direção à ilha. Quando toda a equipe de 31 minutos se dá conta, começa uma viagem que estará isenta de risos, trovoadas e até vontade de voltar para casa, mas no final o valor da amizade será mais forte. 

Reza a Lenda (2016) / Mega / Minhateca

Senha: duca.therebels

Ara (Cauã Reymond) é um homem de poucas palavras, mas muita determinação. Ele vive em uma terra devastada e sem lei que espera ansiosamente por uma espécie de messias que devolva a justiça e a liberdade, usurpadas pelo cruel Tenório (Humberto Martins). Auxiliado por sua gangue de motoqueiros armados, o rapaz irá lutar contra o universo ao seu redor e seus próprios dramas - como os ciúmes de sua mulher, Severina (Sophie Charlotte).

Image result for o homem do futuro

Image result for o homem que copiava

O Homem que Copiava (2003) / MINHATECA

Diretor: Jorge Furtado

Elenco:
Lázaro Ramos ... André
Leandra Leal ... Silvia
Luana Piovani ... Marinês
Pedro Cardoso ... Cardoso
Julio Andrade ... Feitosa
Carlos Cunha ... Antunes

O filme, ambientado na zona norte da cidade de Porto Alegre, conta a história de André, um jovem operador de fotocopiadoras que precisa de 38 reais para se aproximar de sua vizinha Sílvia, por quem está apaixonado. Para isso, é ajudado por Cardoso, empregado de uma oficina, que topa qualquer coisa por dinheiro. Marinês é uma jovem que explora sua sensualidade para ascender na vida, e acaba se identificando com Cardoso. Ele tem uma ideia de copiar notas de 50 reais com a nova maquina colorida que ganha na empresa, mas não conformado e com medo de ser descoberto, decide assaltar um carro forte, conseguindo roubar 2 milhões de reais. Logo em seguida, para sua sorte, ganha na loteria. André vira um milionário, conquista o coração da sua amada Silvia, e juntos com Cardoso e Marinês, viajam para o Rio de Janeiro. 

HANS STADEN (1999) / MINHATECA

O filme conta a história do alemão Hans Staden, que foi mantido prisioneiro por uma tribo de canibais tupinambás no século XVI.

Através de alguns truques espertos, ele consegue convencer os índios de que o deus dele não quer que ele seja comido. E de que o deus dele vai ajudar os índios se pouparem a vida dele, mas vai mandar um terrível castigo se matarem e comerem ele.

Os tupinambás poupam a vida do Hans, mas mantêm ele prisioneiro na aldeia e deixam ele 100% pelado pra ter certeza de que ele não tá escondendo nenhuma arma no corpo (os índios, apesar de também andarem quase totalmente nus, têm sempre pelo menos algum enfeite amarrado nos braços e pernas, mas ele é obrigado a ficar sem NADA mesmo o tempo todo).

Depois de muitos meses nessa situação, ele é resgatado por um navio europeu que faz uma negociação com os índios, prometendo ao chefe da tribo que, se deixarem ele ir, um dia ele vai voltar (o que os próprios índios sabem que nunca vai acontecer, é claro).

O filme ganhou vários prêmios em festivais em que foi exposto.

Além do Carlos, outros atores famosos que apareceram em cenas de nu frontal foram o Beto Simas, Stênio Garcia... 

Imagem relacionada

JORGE, UM BRASILEIRO (1988)

4Shared Parte01 / Parte02 / Parte03 / Parte04

DIREÇÃO: Paulo Thiago

Elenco:

Carlos Alberto Riccelli …Jorge
Glória Pires …Sandra
Dean Stockwell …Mario
Denise Dumont …Fernanda
Antônio Grassi …Fefeu
Roberto Bonfim …Altair
Fábio Junqueira …Fabio
Paulo Castelli …Toledo

Baseado no romance homônimo de Oswaldo França Jr., Jorge, Um Brasileiro mostra o universo dos caminhoneiros que atravessam estradas, florestas e rios para chegar aos destinos mais distantes. Jorge (Carlos Alberto Riccelli) é um deles. Depois de brigar com a sua antiga companheira Sandra (Glória Pires), ele sai para mais uma viagem, lembrando-se dos fatos mais marcantes de sua vida, suas maiores aventuras e os melhores amigos de estrada. Por sua mente passam as figuras mais exóticas que já encontrou pelo folclórico interior do Brasil. São delegados, bêbados, profetas, policiais, fazendeiros, homens puros e gente desonesta. Mas os obstáculos devem ser vencidos para que Jorge cumpra a missão dada por seu carismático chefe Mário (Dean Stockwell). Em um mundo sem fronteiras e repleto de aventuras, Jorge verá o desenvolvimento de uma saga jamais imaginada por qualquer outro brasileiro.

COMO ERA GOSTOSO O MEU FRANCÊS (1971) / MINHATECA

No Brasil, em 1594, um aventureiro francês com conhecimentos de artilharia é feito prisioneiro dos Tupinambás. Segundo a cultura índigena, era preciso devorar o inimigo para adquirir todos os seus poderes: saber utilizar a pólvora e os canhões.

Elenco:

Arduíno Colassanti … o francês
Ana Maria Magalhães … Seboipepe
Gabriel Archanjo … Mbiratata
Eduardo Imbassahy Filho … Cunhambebe
José Kléber … Ipiraguaçu

A Onda Da Vida - Uma História De Amor E Surf (2013) / MINHATECA

Dirigido por: José Augusto Muleta

ELENCO

Caio Vaz Caio

Guilherme "tripa" de Souza Joel

Omar Docena Tiago

Thalena Pereira

Os amigos Caio, Tiago e Joel caem na estrada em rumo às belas praias de Itacaré, no sul da Bahia, para surfar. Após sete horas de viagem, o carro quebra e eles investem todo o dinheiro que têm no conserto do veículo, que só ficará pronto em dois dias. Nesse meio tempo, acabam descobrindo um paraíso ecológico no Espírito Santo, com belas praias e ondas perfeitas. Na comunidade simples, os meninos entendem o valor da amizade e aprendem com a solidariedade dos moradores, enquanto Tiago se apaixona pela filha de um mal encarado pescador e se depara novamente com os perigos do amor – que ele já havia encarado em uma outra viagem.

Imagem

J. S. Brown – O Último Herói (1978) / PCLOUD Senha: cinebra

Filme de estreia de José Frazão

ELENCO

Marcos Vinícius (J. S. Brown)
Helber Rangel (Major)
Maria Fernanda (Sandra)
Bete Mendes (Cris)
Álvaro Freire (Professor Furtado)
José Dumont (Zé Maria)

Morador de Salvador, João da Silva Brown é um fã de gibis, filmes e seriados de aventuras e super-heróis. Depois de diplomado em um curso de detetive particular, ele monta seu escritório. Sandra Carbucci, uma misteriosa mulher, o sequestra e o contrata para encontrar uma jovem chamada Cris, com quem o nosso herói se envolve. Um assassinato muda os rumos da história e coloca Brown no encalço do criminoso, até o embate final.

 

Faroeste Caboclo (2013) / MEGA

Na década de 1980, João resolve deixar o vilarejo baiano de Santo Cristo após a morte da mãe mas antes vai atrás do militar que executara seu pai quando era criança. É preso e quando termina a pena viaja até Brasília para se encontrar com um parente, o peruano e traficante Pablo. Lá, ele conhece a estudante Maria Lúcia, por quem se apaixona e com quem gostaria de viver um futuro melhor. Mas o envolvimento dele com o tráfico de drogas que o faz ficar conhecido como "João de Santo Cristo" pode colocar tudo a perder, também praticado por Jeremias que virá a se tornar seu grande rival.

Elenco:

Fabrício Boliveira como João de Santo Cristo

Ísis Valverde como Maria Lúcia

Antônio Calloni como Marco Aurélio

Felipe Abib como Jeremias

Cinara Leal como Teresa

César Troncoso como Pablo

Marcos Paulo como Ney

Rômulo Augusto como Saci

Juliana Lohmann como Cris

Max Lima como João de Santo Cristo (jovem)

Dirigido por René Sampaio

 

Menino do Rio (1981) / Minhateca

 Jovem que ganha a vida fazendo pranchas de surf se apaixona por uma garota da alta sociedade, mas sofre um choque ao descobrir que ela sentia uma forte atração pelo pai dele. Ela não sabia que um era pai do outro mas está decidida a ficar com filho, que agora não quer saber dela. Assim, ela decide se casar com um antigo noivo, por quem nunca foi apaixonada.

Direção: Antonio Calmon

ELENCO
• André de Biase... Ricardo Valente
• Cláudia Magno... Patrícia Monteiro
• Sérgio Mallandro... Zeca
• Ricardo Graça Mello... Pepeu
• Cissa Guimarães... Aninha
• Cláudia Ohana... Soninha
• Adriano Reys... Braga
• Evandro Mesquita... Paulinho

 

Garota Dourada (1984) /   Minhateca / MEGA

Depois de ser abandonado por sua esposa, o surfista Ricardo Valente decide ir para o litoral catarinense na companhia de sua filha e do astro de rock Zeca. Lá ele se apaixona por Diana e desperta fúria do inescrupuloso Betinho, também apaixonado pela moça. Os dois travarão uma emocionante disputa pelo coração de Diana, a "garota dourada".

Elenco:

André de Biase ... Valente

Bianca Byington ... Diana

Andréa Beltrão ... Gloria

Roberto Bataglin ... Betinho

Sergio Mallandro ... Zeca

Ricardo Graça Mello ... Kid

Geraldo Del Rey ... Águia

Cláudia Magno ... Patrícia

Alexandre Frota... Peninha

Felipe Martins

Marcos Palmeira

Fabianne Rocha ... Mali

Carlos Wilson ... Shangri-la

Marina Lima... Bel

Ritchie

Guilherme Arantes

Dirigido por Antônio Calmon

 

Seja o que Deus Quiser! (2002) / Minhateca

Após se envolver com uma VJ da MTV, um músico que vive na favela acaba sendo incriminado por ela, que o denuncia de ter armado um assalto o qual ele nada teve a ver. Decidido a limpar seu nome, ele parte rumo a São Paulo para encontrá-la, mas acaba se envolvendo com o mundo clubber da cidade.

Elenco:

Rocco Pitanga .... MC PQD

Caio Junqueira .... Nando

Ludmila Rosa .... Cacá

Débora Lamm .... Ruth

Marília Pêra .... Dona Fernanda

Marcelo Serrado .... Zé Henrique

Bárbara Paz .... Amiga

Nicete Bruno .... velha maluca

Antônio Pompeu .... vendedor

Elisa Lucinda .... mãe de PQD

Nildo Parente .... delegado

Márcio Vito .... taxista

Frejat

André Mattos

Sabrina Greve .... Fatinha

Jonathan Haagensen .... Cassú

Sílvio Guindane .... pivete no morro

Lúcio Andrey .... pivete no morro

Tânia Ripardo .... Clô

Paula Garcia .... Paulinha

Daniel Granieri .... Dany

Stela Prata .... Stela

Guti Fraga .... Cordernador

Fernando Fechio .... Marcelo

Rômulo Marinho Jr.

Dirigido por Murilo Salles

Resultado de imagem para o magnata filme

 O MAGNATA (2007) / Minhateca

Dirigido por Johnny Araújo

Elenco:

Paulo Vilhena - O Magnata (André)

Rosanne Mulholland - Dri

Maria Luíza Mendonça - Vilma (Mãe do Magnata)

Marcelo Nova - Consciência do Magnata

Priscila Sol - Rê

Chico Diaz - Dr. Ribeiro

Chorão - Chorão

Murilo Salles - Ricardinho

Juliano Cazarré - Cabeça

Chivitz - ele mesmo

Tiririca - Elvis Brown

Milhem Cortaz - Lúcio Flávio

Tubarão (vocalista do Conexão Baixada) - Ministro

Jaqueline Khury

Marcos Mion - Irmão da Rê

Bonito, rico, famoso, estrela do rock, popular entre os amigos e com as garotas aos seus pés. Magnata (Paulo Vilhena) tem tudo o que um jovem pode sonhar, e não conhece limites para aquilo que quer. Com a "irmandade" do skate – Chivitz, Cabeça, Ricardinho e Taroba – ou com a banda de punk rock (Ideal Stereo), ele é sempre o centro das atenções. Rebelde e prepotente, ele sabe o preço de tudo, mas não conhece o valor de nada.

Sua consciência é a de uma criança que sofreu durante a infância com a ausência dos pais, a atenção dos pais. Marcelo Nova, uma espécie de grilo falante que acompanha a história, não tem muito do que se ocupar e só sabe fazer ironias sobre as ações do seu dono.

Se existe um problema na sua vida, é a mãe, Vilma (Maria Luísa Mendonça), uma mulher desiludida que passa os dias a beber. O pai morreu quando ele ainda era criança, e o Magnata vive com ela entre brigas e discussões violentas, numa relação cheia de ódio e ressentimento. Ela mantém um caso com Ribeiro (Chico Diaz), um ex-advogado oportunista que aproveita da fortuna do falecido pai do Magnata provocando sua raiva.

Com o mundo na palma da mão, tudo parece ser permitido até que uma brincadeira perigosa entre amigos vira um grande pesadelo. Em quatro dias, a vida do Magnata vira um carro desgovernado que pode capotar a qualquer momento. Com sua mente de um adolescente de 15 anos revoltado, sem pai, ele faz tudo sem ordem .

Em meio a esta bomba relógio, o rock star descobre o amor. Enquanto mais uma das suas fãs, a Rê (Priscila Sol), tenta seduzí-lo, ele acaba conhecendo e ficando apaixonado pela prima, a Dri (Rosanne Mulholland), uma garota de boa família que acaba de voltar de Nova York para refletir sobre sua vida e realizar seu sonho de ser escritora.

Dri parece ser a única capaz de evitar a explosão, pois só ela poderá tornar o Magnata um cara menos egocêntrico e mais humano. Mas terá pouco tempo para isso. O Magnata tem nas mãos a chance de se redimir dos seus erros, mas quando as coisas saem do controle, pode ser tarde demais. Muito tarde.

Débora Nascimento

O Incrível Hulk (2008, Dublado) MEGA

Direção: Louis Leterrier

Elenco

Edward Norton
Liv Tyler
Tim Roth
Tim Blake Nelson
Ty Burrell
William Hurt

Vivendo escondido e longe de Betty Ross (Liv Tyler), a mulher que ama, o cientista Bruce Banner (Edward Norton) busca um meio de retirar a radiação gama que está em seu sangue. Ao mesmo tempo ele precisa fugir da perseguição do general Ross (William Hurt), seu grande inimigo, e da máquina militar que tenta capturá-lo, na intenção de explorar o poder que faz com que Banner se transforme no Hulk.

Resultado de imagem para geração bendita filme

Geração Bendita - É Isso Aí, Bicho! (1970) / MEGA

Um jovem advogado, desgostoso com problemas da profissão, junta-se a uma comunidade de hippies e mantém um idílio com uma jovem de classe média local. Quando o grupo é expulso da cidade, a eles se juntam a moça e um pregador que procurava trazê-los 'ao bom caminho'.

Elenco: Rita de Cássia, Carlos Bini, Charlote Garcia, Sebastião Gonçalves, Carl Kohler, Carlos Doady, João Carlos Teixeira

Direção: Carlos Bini

 

AVAETÉ, SEMENTE DA VINGANÇA (1985) / Minhateca 

Depositfiles Parte01 / Parte02 / Parte03 / Parte04 / Parte05

Criança índia sobrevive a terrível massacre e passa a ser protegida por cozinheiro branco arrependido de ter participado da expedição criminosa. Já adulto, e com o assassinato de seu protetor, ele inicia a solitária e eficaz vingança contra os matadores brancos.

Dirigido por Zelito Viana

ELENCO:

Hugo Carvana
Renata Sorrah
Milton Rodrigues
Macsuara Kadiweu
José Dumont
Cláudio Mamberti
Sérgio Mamberti
Cláudio Marzo
Nina de Pádua
Jonas Bloch
Chico Diaz
Marcos Palmeira

EU SOU A LENDA (2007) Dublado Minhateca HD / MEGA

Dirigido por Francis Lawrence

Elenco:

Will Smith
Alice Braga
Charlie Tahan
Salli Richardson-Whitfield
Willow Smith
Darrell Foster
Emma Thompson
April Grace
Dash Mihok
Joanna Numata

Um terrível vírus incurável, criado pelo homem, dizimou a população de Nova York. Robert Neville (Will Smith) é um cientista brilhante que, sem saber como, tornou-se imune ao vírus. Há 3 anos ele percorre a cidade enviando mensagens de rádio, na esperança de encontrar algum sobrevivente. Robert é sempre acompanhado por vítimas mutantes do vírus, que aguardam o momento certo para atacá-lo. Paralelamente ele realiza testes com seu próprio sangue, buscando encontrar um meio de reverter os efeitos do vírus.

 

300 - A ASCENSÃO DO IMPÉRIO (2013) Dublado Minhateca / MEGA

DIREÇÃO: Noam Murro

Elenco:

Sullivan Stapleton - Themistocles

Eva Green - Artemisia

Lena Headey - Queen Gorgo

Hans Matheson - Aeskylos

Callan Mulvey - Scyllias

David Wenham - Dilios

Rodrigo Santoro - Xerxes

Jack O’Connell - Calisto

 Após a morte do pai, Xerxes (Rodrigo Santoro) dá início a uma jornada de vingança e ruma em direção à Grécia, com seu exército sendo liderado por Artemisia (Eva Green). Enquanto os 300 espartanos liderados por Leonidas tentam combater o Deus-Rei, os exércitos do resto da Grécia se unem para uma batalha com as tropas de Artemisia no mar. Themistocles (Sullivan Stapleton) é o responsável por liderar os gregos.

300 (2007) Dublado Mega

DIREÇÃO: Zack Snyder

Elenco: 

Gerard Butler - King Leonidas

Lena Headey - Queen Gorgo

Dominic West - Theron

David Wenham - Dilios

Vincent Regan - Captain

Michael Fassbender - Stelios

Tom Wisdom - Astinos

Andrew Pleavin - Daxos

Andrew Tiernan - Ephialtes

Rodrigo Santoro - Xerxes

Grécia, 480 AC. Na Batalha de Termópilas, o rei Leônidas (Gerard Butler) e seus 300 guerreiros de Esparta lutam bravamente contra o numeroso exército do rei Xerxes (Rodrigo Santoro). Após três dias de muita luta, todos os espartanos são mortos. O sacrifício e a dedicação destes homens uniu a Grécia no combate contra o inimigo persa. 

O CURANDEIRO DA SELVA (1992) Dublado Minhateca / 1Fichier / Uptobox / Openload

Dirigido por: John McTiernan

Elenco:

Angelo Barra Moreira Medicine Man

Bec-Kana-Re Dos Santos Kaiapo Imana

Edinei Maria Serrio Dos Santos Kalana

Elias Monteiro Da Silva Palala

Francisco Tsiren Tsere Rereme Jahausa

José Lavat Government Man

José Wilker Dr. Miguel Ornega

Lorraine Bracco Dr. Rae Crane

Rodolfo De Alexandre Tanaki

Sean Connery Dr. Robert Campbell

Após se separar da sua esposa e parceira de pesquisa por um longo tempo, Robert Campbell (Sean Connery), um cientista, transfere seu laboratório para o interior da floresta amazônica. Depois de três anos de total silêncio, ele pede uma assistente e um cromatógrafo a gás, sem dar maiores explicações. Na verdade ele aparentemente encontrou a cura do câncer, mas não consegue duplicá-lo em laboratório. A chegada de Rae Crane (Lorraine Bracco), uma bioquímica que veio dos Estados Unidos para auxiliá-lo em seu trabalho e tentar entender o que acontece, pois o Laboratório Aston, que patrocina o projeto, nunca recebe um relatório de gastos e de descobertas e Crane é o juiz e júri, que pode acabar com a verba de Campbell. Esta situação provoca inicialmente um choque de personalidades, que gradativamente é transformado em respeito mútuo. Juntos eles tentam entender por qual motivo o soro, que aparentemente tem origem na bromélia, uma flor que só cresce lá há trinta metros do solo, não consegue ser sintetizado.

Imagem

Padre Pedro E A Revolta Das Crianças (1984)

Um padre chega à fictícia cidade de Serinhaém disposto a restabelecer o vínculo da população local com a Igreja. Oprimidos pelo domínio do bizarro Rodrigo Napu, os moradores abandonaram a fé cristã.

Diretor: Francisco Cavalcanti

 ELENCO

Pedro de Lara
Turíbio Ruiz
Wilza Carla
Fabricio Cavalcanti
Francisco Cavalcanti
Tatiana Dantas
Condessa Adelaide Di Nissa
Sebastião Grandim
Ruy Leal
Gugu Liberato
José Mojica Marins ... Rodrigo Napu
Petrúcio Melo
Ricardo Perez
Fernando Sanches Filho
Nadia Tell
Wanderley Tribeck
Fábio Vilalonga 

 

 

BLADE RUNNER: O CAÇADOR DE ANDRÓIDES (Dublado) – 1982

No início do século XXI, uma grande corporação desenvolve um robô que é mais forte e ágil que o ser humano e se equiparando em inteligência. São conhecidos como replicantes e utilizados como escravos na colonização e exploração de outros planetas. Mas, quando um grupo dos robôs mais evoluídos provoca um motim, em uma colônia fora da Terra, este incidente faz os replicantes serem considerados ilegais na Terra, sob pena de morte. A partir de então, policiais de um esquadrão de elite, conhecidos como Blade Runner, têm ordem de atirar para matar em replicantes encontrados na Terra, mas tal ato não é chamado de execução e sim de remoção. Até que, em novembro de 2019, em Los Angeles, quando cinco replicantes chegam à Terra, um ex-Blade Runner (Harrison Ford) é encarregado de caçá-los.

 

Resultado de imagem para allan quatermain e a cidade do ouro perdido

ALLAN QUATERMAIN E A CIDADE DO OURO PERDIDO (Dublado) – 1986

Allan Quatermain (Richard Chamberlain) e Jesse Huston (Sharon Stone) voltam a se encontrar nesta aventura. Desta vez, quem está desaparecido é Robeson (Martin Rabbett), irmão de Alain, que foi à floresta africana em busca de uma tribo perdida. É quando Quatermain descobre a Cidade do Ouro, dominada pelo terrível tirano Agon (Henry Silva).

 

AS MINAS DO REI SALOMÃO (720p/Dublado) – 1985

Allan Quatermain (Richard Chamberlain), Jesse Huston (Sharon Stone) e Umbopo, chegam a Tomgloa, perigoso antro de ladrões, a procura do arqueólogo Prof. Huston, pai de Jesus, desaparecido no interior da África. Na aldeia eles descobrem que o prof. Huston havia sido raptado pelo coronel Bockner e pelo Turco, que o torturaram várias vezes para que decifrasse a mensagem que indicava o caminho para as Minas do Rei Salomão, Canibais famintos, leões furiosos, Bocknet e Turco, muita traição, crocodilos e muito mistério cercam As Minas do Rei Salomão e tentam impedir Allan e Jesse de lá chegarem. Ação a aventura na medida certa.

DOWNLOAD Parte01 / Parte02 / Parte03 / Parte04 / Parte05 / Parte06

À PROVA DE MORTE (Dublado)

Ao cair da noite, Jungle Julia (Sydney Tamiia Poitier), a DJ mais sexy de Austin, pode enfim se divertir com as suas duas melhores amigas. As três garotas saem noite adentro, atraindo a atenção de todos os freqüentadores masculinos dos bares e boates do Texas. Mas nem toda a atenção é inocente. Cobrindo de perto seus movimentos está Stuntman Mike (Kurt Russell), um rebelde inquieto e temperamental que se esconde atrás do volante do seu carro indestrutível.

Imagem 

Lúcia McCartney (1994)

Garota de programa, fã dos Beatles, apaixona-se por cliente, e tenta realizar seu sonho de amor.

Direção: Roberto Talma

ELENCO

Fernanda Torres – Lúcia
Taumaturgo Ferreira – José Roberto
Guilherme Leme – Rene Sotto Mayor
Antonio Calloni – Antonio Paulo
Cláudia Lira – Isa
Virginia Cavnedish – Arlete
Marcelo Faria

Imagem

Lúcia McCartney, Uma Garota de Programa (1971)

Inspirado em dois de seus contos, “Lucia Mc Cartney” e “O Caso de F. A.”, Rubem Fonseca roteirizou e Davi Neves, embalado pela trilha sonora com hits das décadas de 1960 e 1970, compôs a estória de Lúcia, garota de programa e fã dos Beatles. O seu McCartney é uma homenagem ao contrabaixista da banda inglesa. Agentes amorosos marcam encontros nos quais ela passa a imagem de moça infeliz, e todos os seus amantes esperam tirá-la da lida da vida. F.A., um diplomata, tenta fazê-lo, e se defronta com o vício e o crime.


Direção: David Neves

ELENCO

Adriana Prieto (Lúcia)
Isabella (Isa)
Odete Lara (Giselle)
Márcia Rodrigues (Heloína)
Paulo Villaça (Paulo Mendes)
Nelson Dantas (Orlandino)
Maria Gladys (Prostituta)
Wilson Grey (Informante)
Roberto Bomfin (Lutador de caratê)