Sites Grátis no Comunidades.net Crie um Site Grátis Fantástico
Filmes brasileiros da década de 80
Filmes brasileiros da década de 80

 

 

 

 

 

 

Resultado de imagem para memórias de um gigolo minissérie

Memórias de um Gigolô (1986)

Disco 01 a-b-c / 02 a-b / 03 

Relata as memórias de Mariano, um aprendiz de gigolô criado por uma cafetina, Madame Yara, e que se apaixona loucamente por Lu, uma prostituta que é protegida de Esmeraldo, cafetão profissional. Está armado o triângulo amoroso, que gera grandes confusões: Mariano ama Lu, que ama Esmeraldo, que ama Lu, que também ama Mariano.

A história se passa no auge do ciclo do café em São Paulo dos anos 20 e retrata uma sucessão sem fim de golpes e malandragens aplicadas pelos dois protagonistas para seduzir sua amada, que por não conseguir se decidir, troca entre os dois amantes constantemente.

Diretor Walter Avancini

Elenco:

Ator/Atriz Personagem
Lauro Corona Mariano
Bruna Lombardi Lu
Ney Latorraca Esmeraldo
Elke Maravilha Madame Yara
Zilka Salaberry Bianca Perla
Ida Gomes Zizi de La Rocha
Selma Egrei Valentina
Oberdan Júnior Mariano (criança)
Zé Trindade Buster Keaton
Luiz Guilherme Nicola
Silveirinha Gu
Marco Antônio Pâmio Silva
Renato Coutinho Baron
Riva Nimitz Madame Janete
Lutero Luiz Lucas
Walter Forster Valentino
Castro Gonzaga Botelho
Serafim Gonzalez Dr. Franco
Lolita Rodrigues Antonieta
Arlete Salles Ester
Ileana Kwasinski Alaíde
Umberto Magnani Bezerra
Cidinha Milan Diva
Wilma de Aguiar Dona Leda
Linda Gay Dona Formosinha
Carla Daniel Aurélia
Annik Malvil Nanete
Newton Prado Haroldo
Tim Rescala Epitacinho
Bárbara Fazzio Dona Lola
Leiloca Albina
Daniel Barcellos Nicanor
Suzy Arruda Lavínia
Bentinho Calhau
Tião D'Ávila Adolfo
Kenny Castro Tereza
Paulo Fortes Barelli
Débora Fuchs Consuelo
Tereza Mascarenhas Simone
Felipe Wagner Comandante
Vera Setta Julieta
Dênis Derkian Tavinho
Cristina Medeiros Gaúcha
José Steinberg Agostinho
Nicole Puzzi Francesa
Eduardo Abbas Coronel Niquinha
Paulo Guarnieri Marino
Glória Rabaça Arlete
Abrahão Farc Diretor do Presídio
Totia Meirelles  

 

DOIDA DEMAIS (1989) / Minhateca

Direção: Sérgio Rezende

Elenco: Vera Fischer, Paulo Betti, José Wilker, Manfredo Bahia, Luca de Castro, Chico Expedito, Álvaro Freire, Carlos Gregório, Gílson Moura, Ítalo Rossi

Letícia (Vera Fischer), uma falsificadora de quadros, avisa para Noé (José Wilker), seu cúmplice e amante, que não quer mais fazer este "serviço" e que de agora em diante eles são apenas sócios. Esta posição desagrada Noé, que não quer perdê-la de jeito nenhum. Letícia não queria participar de uma venda feita para um fazendeiro de Mato Grosso, mas mais uma vez Noé conseguiu convencê-la. Ela viajou para fechar negócio mas nem tudo saiu como Noé planejou, pois ela conhece Gabriel (Paulo Betti), o piloto de um avião de aluguel em que ela viajava. Logo ela se envolve com Gabriel, mas os dois passam a ser perseguidos por Noé em uma fuga desesperada.  

Claudia Ohana in Luzia Homem Claudia Ohana in Luzia Homem Claudia Ohana in Luzia Homem Claudia Ohana in Luzia Homem

LUZIA HOMEM (1988) / Minhateca

ELENCO:

Cláudia Ohana .... Luzia
José de Abreu .... Raulino
Thales Pan Chacon .... Alexandre
Luiza Falcão .... Tereza
João Leite .... Pai de Luzia
Ivonete .... Mãe de Luzia
Luiz Cruz de Vasconcelos .... Juiz
Ary Sherlock .... Silvestre
Djalma Veríssimo .... Janjão
Antônio Freire .... Delegado
Jefferson de Albuquerque Jr. .... Prefeito
Ruy Polanah
Chico Díaz
Ednardo 

Direção: Fábio Barreto

O filme Luzia homem do produtor Fábio Barreto, se passa no sertão nordestino e mostra a realidade de vários trabalhadores rurais do séc XVIII, que moravam em casas simples, de difícil acesso e com pouca infra-estrutura. Nos dias de hoje, ainda há muitas pessoas que vivem nessa situação de pobreza.
Por outro lado, o filme nos mostra o abuso de poder que o dono da fazenda exercia (um problema também encontrado hoje em dia). Ele subornava a todos, para que estes fizessem suas vontades e fazia justiça com as próprias mãos, sem se importar com o mal que causava as pessoas.
Esse filme é baseado na vingança, uma busca incansável pela justiça, onde ocorre todo um drama baseado na vida real, por isso, é um filme naturalista, ou seja, não exclui os aspectos feios e repugnantes da natureza e da vida. O comportamento do ser humano é comparado ao do animal, que age por instinto.
O romance retratado no filme é um "amor patológico", ou seja, é um amor carnal no qual a ação importa mais do que o interior dos personagens. No caso de capriúna e Luzia homem, o que capriúna sentia era essa atração carnal e uma obsessão doentia, pois ele almejava possuir Luzia de qualquer forma.
Em minha opinião o filme é bem interessante, pois relata um romance que não envolve sentimentos. A maioria dos filmes abrange um romance sentimental que não é visto no filme Luzia homem. Além do romance o filme se trata da realidade, pois vários aspectos dele podem ser vistos no cotidiano dos trabalhadores rurais do séc XXI, e o dono da fazenda pode ser comparado aos burgueses que utilizam o poder para cometer injustiças. A paisagem seca com ossadas de animais, também mostra a ausência de chuva nas pequenas cidades do sertão onde muitos animais morrem de sede.